conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Profissionais da Educação Municipal motivados em Valério

Publicado em

Os profissionais da Rede Municipal de Educação de Vila Valério se reuniram nesta sexta-feira, 02, no auditório da EMEF VIVA Kaio Fred Daré Grigoleto, no evento “Abertura do Ano Letivo”. Aproximadamente 200 pessoas participaram do encontro que contou com professores da educação infantil e fundamental, coordenadores e supervisores, além de autoridades como o Prefeito Municipal Robson Parteli, o Secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer Rogério Sergio Ferrari e a Secretária de Educação Eluziani Boni Fontana.

A Mestre em Educação Giselda dos Santos Álvaro, de Cachoeiro de Itapemirim, ministrou a palestra “Ética Profissional na Educação” com intuito de orientar e motivar os profissionais. 

Para a Secretária de Educação Eluziani é fundamental esse evento de abertura para motivar e preparar os professores. “É muito importante que os professores comecem o ano com amor pelo que fazem e se sintam valorizados pelo trabalho que desempenham. O meu foco sempre são eles, faço tudo pensando no bem comum, dessa forma o reflexo é visto na sala de aula com os alunos”, afirmou animada.

leia também:  Alunos dão show no Projeto Quarentena em Ação ‘Pintando Vila Valério’

O Prefeito Robson Parteli demonstrou muita alegria em começar o ano letivo com a maioria das escolas reformadas e com condições de dar todo o suporte necessário no transporte dos estudantes, compra de merenda e contratação de professores. “Agradeço muito aos professores pelo bom trabalho desempenhado com os alunos, pela dedicação e competência de cada um. Vocês são muito importantes e fundamentais na formação das pessoas, então precisam ser valorizados. Os alunos são educados em primeiro lugar em casa pelos pais, e em segundo lugar pelos professores.”

Robson Parteli agradeceu a Secretária Eluziani e a toda equipe da Secretaria de Educação, e afirmou que pretende avançar com as reformas e ampliações das escolas, trabalhando para melhorar cada vez mais o ensino no município.

 


camera_enhance “Vocês são muito importantes e fundamentais na formação das pessoas, então precisam ser valorizados. Os alunos são educados em primeiro lugar em casa pelos pais, e em segundo lugar pelos professores”, afirmou o prefeito Robson Parteli (Crédito: reprodução/Facebook)



camera_enhance Para a Secretária de Educação Eluziani é fundamental esse evento de abertura para motivar e preparar os professores (Crédito: reprodução/Facebook)

leia também:  Começa ano letivo 2020 nas escolas da Rede Estadual


camera_enhance A Mestre em Educação Giselda dos Santos Álvaro, de Cachoeiro de Itapemirim, ministrou a palestra “Ética Profissional na Educação” (Crédito: reprodução/Facebook)


Editora Hoje

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Governo do Estado anuncia a reestruturação do Plano de Carreira do magistério  

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

cartaz apae