conecte-se conosco


Saúde

São Gabriel, Vila Valério e outras 8 cidades continuam no Risco Alto no novo Mapa de Gestão de Risco do ES

A população das cidades, e principalmente os comerciantes esperavam pelo retorno ao Risco Moderado

Publicado em

O Governo do Estado anunciou, hoje, sábado (1º), o 16º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (3) e domingo (9). Ao todo, 22 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo, outros 46 estão em Risco Moderado e 10 em Risco Alto.

RISCO ALTO: Águia Branca, Anchieta, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Colatina, Ibiraçu, Mucurici, Presidente Kennedy, São Gabriel da Palha e Vila Valério.

A população e principalmente os comerciantes de algumas cidades, como o caso de São Gabriel da Palha, esperavam pelo retorno ao Risco Moderado, uma vez que os números de casos ativos divulgados vem caindo ou se estabilizando com o passar dos dias, no entanto, devido a estratégia de risco adotada, a cidade não recuou no Mapa de Gestão de Risco.

Águia Branca por exemplo, tem a maior taxa de isolamento do Estado (69,18%) e 34 casos ativos da doença (dado divulgado pela prefeitura da cidade ontem, 31) e também permanece no Risco Alto. Outro exemplo é Pancas que tem a segunda melhor taxa de isolamento com 68,27%, e 49 casos ativos da doença (dado divulgado pela prefeitura da cidade ontem, 31) e continua em Risco Moderado.

leia também:  Espírito Santo registra 94 novos casos confirmados de COVID-19 - 14/04

Logo, cabe a população a continuar adotando os protocolos com o intuito de continuar reduzindo ainda mais o número de casos ativos e de novos casos, e também aumentar o isolamento social saindo de casa somente se for necessário e principalmente utilizando máscara e manter mãos higienizadas.

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, levando em consideração o coeficiente de incidência da doença. No dia 04 de maio, o Mapa de Risco passou a contar a taxa de ocupação dos leitos de UTI. No dia 18 de maio, a Matriz de Risco Ampliada entrou na terceira fase com a inserção da taxa de letalidade, do índice de isolamento social e a porcentagem da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco. A nova Matriz de Risco Ajustada entrou em vigor no último dia 13, permitindo que todas as cidades capixabas fossem classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

leia também:  No Rio, quase 16 mil voluntários se apresentam para reforçar saúde

Veja o mapa atualizado:

Fonte: Governo do ES

Fonte: Editora Hoje/Governo do ES

Saúde

Trevo de Xapetuba inaugura novo trecho de rodovias interestaduais


.

A divisa entre os municípios mineiros de Uberlândia e Monte Alegre de Minas, conhecida como Trevo de Xapeutuba, inaugurou hoje (07) mais um trecho – a segunda fase concluída -, coordenada pelo governo federal. A rodovia, que corta os estados de Minas Gerais e Goiás, possui cerca de 437 quilômetros.

Segundo Marcelo Sampaio, secretário executivo do Ministério da Infraestrutura (Minfra), mais de R$ 190 milhões serão investidos no entrocamento entre as BRs 365 e 452. “Essa é uma obra muito aguardada pela população. Também vamos liberar, nos próximos dias, centros de apoio aos usuários, que oferecerão serviços como guinchos e ambulâncias”, afirmou durante a cerimônia.

Segundo nota divulgada pelo Minfra, 1.200 empregos foram gerados com a obra e 300 postos permanentes serão criados. O segundo trecho foi finalizado em menos de 1 mês. A previsão é que o todo o Trevo de Xapetuba seja entregue em janeiro de 2021, facilitando o acesso à BR-365 para quem trafega pela BR-452.

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

leia também:  Laboratório descarta morte por coronavírus em Brasília
Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma