conecte-se conosco


Estado - ES1.com.br

Vacinação contra Covid-19 em escolas de samba nesta quinta-feira (02) e no sábado (04)

Publicado em


Considerada uma das maiores manifestações culturais do Brasil, o Dia Nacional do Samba, lembrado nesta quinta-feira (02), será comemorado com uma campanha de vacinação contra a Covid-19. Por meio de uma ação das secretarias da Saúde (Sesa) e de Turismo (Setur), em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde e Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesge), a campanha de vacinação em comunidades carnavalescas ocorrerá nesta quinta-feira e no sábado (04) – Dia D.

Na ocasião, serão disponibilizadas doses para aplicação da primeira, segunda e dose de reforço aos integrantes das agremiações e população geral apta à vacinação. 

Para o secretário de Estado da Saúde em exercício, José Maria Justo, mobilizar e enfatizar a importância da vacinação com a sociedade é fundamental para o controle da pandemia de Covid-19 e proporciona um aumento na cobertura vacinal em todo Estado.

“Essa ação traz uma mensagem muito importante de apoio, mobilização e parceria em prol da vacinação e, consequentemente, da vida. O controle da pandemia é fundamental para que os eventos, como o carnaval, possam ser realizados posteriormente no Espírito Santo. A parceria do Governo do Estado com as demais organizações possibilita um maior acesso à população, sendo essencial para diminuir o número de casos, internações e óbitos pela doença”, relatou José Maria Justo.

leia também:  Governo do Estado inaugura unidade prisional em São Mateus

A secretária Estado de Turismo, Lenise Loureiro, reforça o envolvimento das agremiações neste momento. “O papel dessas lideranças comunitárias no incentivo à vacinação é estratégico, dado o envolvimento que têm com a população do entorno das escolas de samba. É fundamental que todos se engajem para atingirmos a maior cobertura vacinal possível”.

Nesta quinta-feira, a vacinação ocorrerá na quadra da Independentes de São Torquato, em Vila Velha, das 08h às 15 horas, e na Praça Ubaldo Ramalhete, Centro de Vitória, das 16h às 20h.

No sábado, Dia D de Vacinação, a ação acontecerá na Mocidade Unida da Glória, em Vila Velha, das 09h às 16h, e na Independente de Boa Vista, em Cariacica, das 08h30 às 16h.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais / Ana Cláudia dos Santos
[email protected]

Assessoria de Imprensa da Setur
Simone Diniz
(27) 3636-8006 / 99805-1308
[email protected]

Fonte: Governo ES

Estado - ES1.com.br

Procon-ES notifica Uber por recusa em transportar cão-guia


O Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) notificou, esta semana, a Uber do Brasil Tecnologia Ltda. Isso porque o Procon-ES recebeu denúncias de que alguns motoristas do aplicativo estariam se negando a transportar cães-guias que acompanham pessoas com deficiência visual, ferindo, assim, a Lei nº. 13.146/2015, que instituiu a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência).

Segundo informações trazidas pelos consumidores, os motoristas aceitam a viagem, mas ao se deparar com a presença do cão-guia recusam a viagem e alegam não serem obrigados a transportar o animal. Tal prática viola os direitos básicos do consumidor.

De acordo com o diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, proibir o transporte de cão-guia pelos motoristas do Aplicativo Uber é uma prática abusiva e desleal, sendo dever do Instituto zelar pelo direito desses consumidores.

“Essa atitude fere o respeito à dignidade do consumidor, um princípio a ser observado mirando preservar e garantir a harmonia na relação de consumo. Além disso, o consumidor é considerado vulnerável diante do fornecedor de produtos e serviços. Desta forma, é obrigação do Procon-ES proteger os consumidores em geral, bem como coibir quaisquer práticas que atentem contra os direitos básicos dos consumidores”, pontuou.

leia também:  Semana Nacional de Trânsito começa no Espírito Santo com foco em motociclistas

Além disso, prosseguiu Athayde, a recusa em transportar os animais se torna uma barreira à acessibilidade e à inclusão da pessoa com deficiência visual. “A prática de recusar transportar o cão-guia, além do ato de discriminação, é uma barreira que impede o exercício do direito da pessoa com deficiência à acessibilidade. Tal prática deve ser veementemente combatida, derrubando as barreiras que impedem as pessoas com deficiência de exercerem com gozo seus direitos à acessibilidade, liberdade, locomoção e à informação”, informou.

O Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor requer que, no prazo de 10 dias úteis, a partir do recebimento da notificação, que a empresa apresente os devidos esclarecimentos quanto à recusa dos motoristas em transportar pessoas com deficiência visual acompanhadas de cão-guia, devendo informar a política em relação a esses clientes.

A empresa também deve apresentar as ações adotadas para que pessoas com deficiência tenham direito à igualdade de acesso, além da resposta às queixas de consumidores que tenham sofrido discriminação ao usar seus serviços.

leia também:  Governo do Estado inaugura unidade prisional em São Mateus

O Procon-ES recomenda ainda que a Uber do Brasil informe aos motoristas do aplicativo quanto à obrigatoriedade em transportar pessoas com deficiência visual acompanhadas de cão-guia, conforme determinação legal prevista no artigo 1º, da Lei nº. 11.126/2005.

Caso não sejam cumpridas as ações requeridas na notificação, será instaurado procedimento administrativo de ofício para constatação da prática infrativa perpetrada e posterior aplicação de sanção.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Procon-ES
Amanda Ribeiro/Renata Alves (respondendo)
[email protected]

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma