conecte-se conosco


Saúde

URGENTE: Conheça os detalhes do novo decreto publicado por Céia Ferreira

Publicado em

A prefeita de São Gabriel da Palha, Céia Ferreira, considerando a gravidade do novo coronavírus (COVID-19) PARA A POPULAÇÃO, publicou um novo decreto com novas medidas de enfrentamento da pandemia do COVID-19 em São Gabriel, válidas a partir de HOJE.

CONFIRA AS MEDIDAS:

– Fica suspenso, no âmbito do Município de São Gabriel da Palha, o funcionamento de academias de esporte de todas as modalidades e o funcionamento dos estabelecimentos comerciais pelo prazo de 15 (quinze) dias, ou enquanto o Governo do Estado do Espírito Santo mantiver a suspensão;

– Excetuam-se entre os estabelecimentos comerciais disposto no caput o funcionamento de farmácias, comércio atacadista, distribuidoras de gás de cozinha e água, supermercados, padarias, alimentação, lojas de cuidados animais e insumos agrícolas.

– A suspensão prevista no caput não impede que o estabelecimento comercial realize entrega de produtos (delivery).

– Para o funcionamento das farmácias, devem ser adotadas medidas que impeçam a aglomeração, devendo os estabelecimentos permitirem a entrada de até 3 (três) pessoas concomitantemente ou, preferencialmente, realizar o atendimento através da janela do estabelecimento, pelo prazo de 7 (sete) dias. OBS.: É de responsabilidade da empresa a disposição de funcionário ou segurança na entrada para controlar o fluxo de pessoas dentro de estabelecimento e evitar a aglomeração pelo lado externo.

– Os supermercados, mercados, mercearias e açougue poderão estender seu funcionamento até as 20:00 horas, porém, deverão controlar o fluxo de pessoas a fim de garantir que não haja aglomeração, limitando a permanência de até 5 pessoas no estabelecimento por caixa que estiver operando, pelo prazo de 7 (sete) dias. OBS.: É de responsabilidade da empresa a disposição de funcionário ou segurança na entrada para controlar o fluxo de pessoas dentro de estabelecimento e evitar a aglomeração pelo lado externo.

– As padarias deverão controlar o fluxo a fim de garantir que não haja aglomeração, limitando a permanência concomitante de até 5 pessoas no estabelecimento, pelo prazo de 7 (sete) dias. OBS.: É de responsabilidade da empresa a disposição de funcionário ou segurança na entrada para controlar o fluxo de pessoas dentro de estabelecimento e evitar a aglomeração pelo lado externo.

– Os bares, lanchonetes, espetinhos e similares (estabelecimento de venda de bebidas alcoólicas ou não com fornecimento de lanches e petiscos) poderão funcionar em regime de delivery (Sistema de entrega em domicílio), ou de portas parcialmente fechadas de modo que o cliente não consuma o produto no estabelecimento comercial ou nas proximidades dele (Cliente opta por recolher o produto no estabelecimento), no prazo de 7 (sete) dias. OBS.: Ficam imediatamente suspensas as atividades desta natureza que são realizadas em vias públicas.

– Os estabelecimentos agropecuários e veterinários, incluindo as clinicas, deverão controlar o fluxo de pessoas, a fim de garantir que não haja aglomeração no interior do estabelecimento, limitando a permanência concomitante de até 2 (duas) pessoas, pelo prazo de 7 (sete) dias. OBS.: É de responsabilidade da empresa a disposição de funcionário ou segurança na entrada para controlar o fluxo de pessoas dentro de estabelecimento e evitar a aglomeração pelo lado externo.

– Os restaurantes poderão funcionar apenas até as 14 (catorze horas), devendo limitar o atendimento em apenas 30% de sua capacidade total, ainda assim impedindo que as pessoas se sentem com distancia inferior a 1 (um) metro. É de responsabilidade da empresa a disposição de funcionário ou segurança na entrada para controlar o fluxo de pessoas dentro de estabelecimento e evitar a aglomeração pelo lado externo. Não existem restrições nos casos de atendimento em regime de Delivery.

– Ficam suspensas as audiências, reuniões e certames realizados pelos órgãos dos poderes do Município, inclusive das comissões permanentes de sindicância, licitação e outras da mesma natureza, durante a vigência do Decreto Municipal nº 1.290/2020.

– O embarque e desembarque de passageiros dos ônibus de transporte interestadual e intermunicipal ocorrerão apenas na rodoviária do Município, oportunidade em que o Município disponibilizará de profissionais para realização de triagem de passageiros.

– Ficam suspensas as atividades em veículos coletivos destinados a passeios turísticos e para fins comerciais, principalmente com destino a municípios e estados com casos confirmados de coronavírus.

Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação no Quadro de Publicações desta Prefeitura Municipal (hoje) e vigorará enquanto perdurar o Estado de Emergência causado pelo COVID-19.

leia também:  Novo tratamento para câncer de rim avançado ou metastático chega ao Brasil

Saúde

São Gabriel tem novo caso suspeito de COVID-19

A Prefeitura de São Gabriel da Palha, por meio da Secretaria de Saúde de São Gabriel da Palha informou na tarde desta segunda-feira, 30, que a cidade possui um novo caso suspeito de COVID-19. A informação é de que uma equipe devidamente preparada está se deslocando para a residência do novo caso para coletar material que será enviado para análise no Laboratório Central (LACEN), ele será mantido em isolamento até o resultado do exame.

Mais informações em breve.

leia também:  Tipo sanguíneo de recém-nascidos poderá ser informado na certidão de nascimento no ES
Visualizar

MAIS LIDAS DA SEMANA

error: O conteúdo está protegido !!