conecte-se conosco


Esportes

Último jogo de Marcelinho Carioca com camisa do Corinthians completa 11 anos

Publicado em


No dia 13 de janeiro de 2010, há exatos 11 anos, um dos maiores ídolos da história do Corinthians realizava sua última partida com a camisa alvinegra. Jogando no estádio do Pacaembu, Marcelinho Carioca se despedia da torcida corintiana em amistoso contra o Huracán (ARG).

A partida foi a primeira da equipe na temporada, e Marcelinho atuou com equipe que iniciava a preparação para o ano do centenário do clube. O time entrou em campo para enfrentar o time argentino com Felipe; Alessandro, Paulo André, William e Escudero; Marcelo Mattos, Jucilei, Morais e Marcelinho; Defederico e Souza. O Timão venceu por 3 a 0, com gols de Souza, Morais e Dentinho.

Marcelinho Carioca não vestia a camisa do Corinthians desde o fim de 2006, ano de sua última temporada como atleta corintiano. O ex-meia é o quinto maior artilheiro da história do clube, com 206 gols marcados em 433 jogos pelo time do Parque São Jorge.

leia também:  Espírito Santo Futebol Clube sai de campo

Esportes

Com um jogador a menos Vasco é superado pelo Coritiba


Com um a menos desde os 30 minutos do primeiro tempo, o Vasco foi superado pelo Coritiba, no sábado (16/01)  pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo permanece na 15ª posição, com 32 pontos. O próximo compromisso do Gigante da Colina, será diante do Bragantino na próxima quarta-feira (20), às 21h30, no Estádio Nabi Abi Chedid.

A partida começou bem equilibrada, com as duas equipes se estudando muito. A primeira boa chegada do Vasco veio aos 11 minutos, Léo Matos avançou pela direita, achou um belo cruzamento na entrada da pequena área, procurando Talles Magno. Antes do camisa 11 chegar a zaga adversária cortou e por pouco não sobrou para Germán Cano, que antes de chegar na bola a zaga adversária conseguiu afastar novamente. Aos 14, Yago Pikachu achou um belo lançamento para Germán Cano, que dominou invadiu a área e acabou sendo travado pela defesa adversária na hora do chute.

A partida ficou paralisada por três minutos, para uma análise no VAR. O árbitro da partida foi chamado para checar uma possível cotovelada do lateral vascaíno Henrique, no meia do Coritiba Sarrafiore. No final, o árbitro optou por expulsar o lateral. O Vasco voltou a incomodar a defesa adversária aos 35, Germán Cano recebeu pela direita, invadiu área e quase sem ângulo chutou sob a meta adversária. Aos 43, o Coritiba abriu o placar com um chute de longa distância de Hugo Moura: Coritiba 1 a 0. Aos 48 minutos, Léo Gil cobrou a falta na entrada da pequena área e achou Germán Cano livre, o argentino testou firme e acabou parando na boa defesa do goleiro Wilson.

  Léo Mattos, treina por conta e se apresenta ao Vasco nesta segunda

leia também:  Hoffenheim demite técnico a quatro rodadas do fim da Bundesliga

O Vasco começou a segunda etapa, tentando incomodar a zaga adversária e com uma postura mais ofensiva. A primeira boa investida vascaína veio aos 21 minutos, Léo Matos recebeu pela direita, cortou para o meio e engatilhou um forte chute, que acabou parando na defesa do goleiro adversário. Aos 28, Léo Matos recebeu, levantou a cabeça e achou Martin Benítez na entrada da área, o camisa 10 chegou batendo de primeira e mandou para fora.

Tentando um último suspiro aos 50 minutos, Werley levantou para a área na direção de Leandro Castan, o zagueiro desviou para trás e achou Germán Cano livre, o argentino dominou, encheu o pé e parou na boa defesa do goleiro Wilson.

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma