conecte-se conosco


Ananias F. Santiago - ES1.com.br

SOMOS COMO UM LÁPIS

Publicado em

Em sentido por obvio metafórico, mas ao mesmo tempo com intima relação com a realidade, somos como um lápis. Sim, aquele lápis de escrever. Lembra? Aquele da época de escola. Uns verdes, Outros pretos, alguns coloridos, mas todos lápis.

Pois bem, tudo tem qualidades e defeitos, a propósito, todos temos. Tal condição, entre qualidades e defeitos, vícios e virtudes, temos dentro de nós uma heterogênea gama de sentimentos e formas que não se misturam, mas se completam.

Voltando a metáfora do lápis, me faço entender. Este instrumento tem muitas qualidades, elenquemos algumas traçando um paralelo com o que guardamos de relação com ele.

Tal como um lápis, podemos traçar planos grandiosos e esboçar no menor pedaço de papel um mundo inteiro de sonhos, mas nunca esqueçamos que acima de nós sempre haverá uma “mão” guiando nosso traçado. Que sempre lembremos que tal como o lápis, vez ou outra precisaremos parar o que estamos fazendo, não importando a grandiosidade daquele projeto, precisaremos nos afiar novamente, precisaremos de um apontador, sim perderemos algumas coisas para nos afiarmos, mas ao final retornaremos mais argutos e capazes de melhor desenvolver nossos planos. Tal como o que é desenhado pelo lápis, que nos permitamos apagar o que está errado, o que não nos faz bem. Tal como o lápis, muitas são as formas exteriores, cores, texturas e tamanhos, tudo isso pouco importa, o segredo do bom desenho consiste no grafite que está dentro do lápis, assim somos nós, o mais importante é a qualidade e beleza do que trazemos dentro de nós, e principalmente a quão habilidosa nós permitimos ser a “mão” que nos guia.

leia também:  O SEGREDO DA VITÓRIA É NÃO DESISTIR?

Desse modo, às vezes é mais importante refletirmos se estamos nos afiando para os desafios vindouros, se estamos apagando os erros e reescrevendo nossa história os tomando como exemplo. Pare e reflita se estás a permitir que a mão de Deus lhe guie pelo correto caminho. Seja como um lápis escreva a sua história, reescreva sua trajetória, não desista com as derrotas, colecione vitórias.

Ananias Ferreira Santiago
OAB/ES 29.206

Ananias F. Santiago - ES1.com.br

Tchau querida

A expressão é conhecida, aliás já virou jargão, repetida como um mantra. Mas o tchau aqui é mais profundo do que uma mera expressão, não é dirigido a uma pessoa ou a um partido político, tampouco à direita, esquerda ou qualquer tipo de classificação política. Aqui o tchau é a um modo de agir, a uma maneira de pensar, a uma cultura nefasta.

A nação brasileira há tempos vem demonstrando uma insatisfação contra uma cultura de atraso que tem se abatido sobre ela há décadas, e isso não diz respeito a partido ou a lado político, isso diz respeito ao modus operandi, isto é, a maneira de agir e de governar que até então era quase que padrão pelos nossos “representantes”.

O povo vem dizendo não a corrupção, não aos privilégios, não a impunidade já há algum tempo. Porém desta vez é diferente, desta vez a voz foi firme, uníssona e veemente. Um grito… Ou melhor, um brado de protesto. Mas não daquele protesto de se opor e não lutar, de falar e não fazer. O povo saiu às ruas, o povo pediu justiça o povo se cansou de mais do mesmo.

leia também:  O SEGREDO DA VITÓRIA É NÃO DESISTIR?

Nunca antes no passado recente se viu tanta gente se importando com os rumos da nação. Os jovens… Há os jovens, esses sim, saíram do conforto da alienação para discutir bravamente qual rumo tomaremos, ainda que de seus caros iphones, ainda que pelo conforto da internet. Mas discutiram, argumentaram, apontaram o que queriam, e isso faz diferença.

O Tchau aqui simboliza muito, simboliza um adeus a cultura da alienação, simboliza que a grande maioria está antenado no que ocorre no país, e melhor, está disposto a argumentar e lutar para ver melhorar, para ver mudanças.

Uma nação cujo povo tem opinião e faz questão de externá-la e defendê-la, jamais ficará refém de um Estado agigantado, jamais se submeterá a uma desgovernança.  O tchau é um adeus, o tchau é um encontro com nosso futuro, o tchau é um novo Brasil.

 

Ananias Ferreira Santiago
OAB/ES 29.206

Visualizar
error: Conteúdo protegido!!