conecte-se conosco


Esportes

Sesi paulista demite mais 250 professores de esportes

Publicado em


.

A assessoria de impresa do Sesi de São Paulo confirmou à Agência Brasil que a entidade demitiu metade do quadro de professores de esporte. O total de profissionais desligados em 53 cidades paulistas foi de 250.

Em nota, o Sesi-SP explicou a decisão à Agência Brasil e disse que “a crise do coronavírus tem castigado todos os setores da economia. O Sesi-SP tem feito todos os esforços para preservar seu quadro funcional. Entretanto, é impossível ignorar a queda de arrecadação causada pela desaceleração da economia, a redução compulsória de 50% da receita nesses meses e o nível de inadimplência, que é imprevisível. Além disso, estamos impossibilitados de manter funcionando as áreas esportivas e culturais. É um momento difícil para todos e até lá o Sesi-SP trabalhará com afinco para que o impacto seja o menor possível”.

Segundo a assessoria de imprensa da entidade,  os desligamentos foram em sua maioria de funcionários das academias e das aulas de ginástica e não só professores do esporte/modalidades. A assessoria também garantiu, mesmo sem informar o valor da bolsa, que cerca de 740 atletas das categorias de base/formação (idade limite de 21 anos) seguem recebendo uma ajuda de custo.

leia também:  Campeonato Italiano volta em 20 de junho, diz ministro do esporte

É importante destacar, que no departamento de esportes, o Sesi-SP fez os primeiros ajustes financeiros logo no início da pandemia da covid-19.  Após a decisão do encerramento antecipado da Superliga de Vôlei masculino 2019/2020, nenhum contrato da tradicional equipe paulista foi renovado, inclusive o técnico Rubinho. O único que permanece no clube é o atual líbero Murilo. O medalhista olímpico e campeão mundial pela seleção brasileira aceitou um contrato com uma remuneração reduzida até a volta das competições. 
Ainda segundo a assessoria, outras equipes de destaque como a de basquete masculino, sediada em Franca, e a de vôlei feminino, que atua em Bauru, não tem definição sobre cortes e terão os casos tratados individualmente por terem parcerias locais.

As fortes equipes de modalidades individuais de alto rendimento mantidas pelo Sesi não foram afetadas até o momento.  A entidade mantém fortes equipes de karatê, Wrestling, natação, judô, entre outras. O departamento paralímpico, que tem destaques com a equipe de goalball e de vôlei sentado, também segue sem alterações até o momento.

leia também:  MP-RJ recomenda a suspensão de possível retorno do Campeonato Carioca

Edição: Narjara Carvalho

Esportes

Campeonato Espanhol e Copa da Inglaterra retornam em junho


.

O futebol já tem data marcada para voltar na Espanha e na Inglaterra após paralisação provocada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). Nesta sexta (29) foi confirmado para o próximo mês o retorno no do Campeonato Espanhol e da Copa da Inglaterra. A La Liga, suspensa há três meses, retoma as partidas no dia 11 de junho com o confronto entre Sevilla e Bétis.

O Campeonato Espanhol está suspenso desde 12 de março e ainda precisa de 11 rodadas para chegar ao fim. O Barcelona lidera a corrida pelo título com 58 pontos, seguido de perto pelo Real Madrid, com 56. Desde o início da pandemia na Espanha, foram registrados mais de 236 mil casos de covid-19 e 27.121 mortes.

Copa da Inglaterra

Um dia após a Premier League anunciar seu reinício em 17 de junho, nesta sexta foi a vez da Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) bater o martelo em relação ao retorno da Copa da Inglaterra: os jogos das quartas de final serão nos dias 27 e 28 de junho, com os jogos das semifinais em 18 e 19 de julho, e a grande final em 1º de agosto.

Outras ligas europeias já retornaram também, mas com portões fechados. O Campeonato Alemão voltou no último dia 16. Já o Português recomeça neste final de semana. Em junho, a partir do dia 20, também haverá jogos pelo Italiano. Já na França, o campeonato nacional foi encerrado com o PSG declarado campeão.

leia também:  Campeonato Espanhol e Copa da Inglaterra retornam em junho

No Japão, a J League terá jogos a partir de 4 de julho com portões fechados, e a partir do dia 11 de julho com público presente nos estádios.

América do Sul

Na América do Sul, o Paraguai anunciou a volta dos treinos para o próximo dia 10 de junho. A previsão é de que os jogos sejam realizados a partir do dia 17. Vizinho do Brasil, o país soma 900 infectados e 11 mortes por covid-19.

Edição: Fábio Lisboa

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma
Powered by