conecte-se conosco


Economia - ES1.com.br

Semana começa com vagas de emprego em Barra de São Francisco

Publicado em

camera_enhance Os interessados devem ir a unidade do Sine na Rua Vereador Vantuil Ribeiro Fagundes, 100 – Centro, e apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência. (Crédito: divulgação)

Quem está à procura de um novo emprego neste início de ano encontra 18 oportunidades na agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Barra de São Francisco.  São 04 vagas para mecânico de manutenção, 03 para marmorista/acabador e também há oportunidades para eletricista de manutenção, resinador, entre outras.
Os interessados devem ir a unidade do Sine na Rua Vereador Vantuil Ribeiro Fagundes, 100 – Centro, e apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência. Com os documentos é elaborado um cadastro com informações pessoais, qualificação e experiência profissional do candidato.
A agência do Sine seleciona os profissionais de acordo com o perfil exigido pela empresa, e os candidatos que atendem aos requisitos recebem uma carta de recomendação e são encaminhados para fazer entrevista com o empregador. Para mais informações sobre as exigências para concorrer às oportunidades anunciadas é necessário entrar em contato com o Sine. As vagas são atualizadas diariamente e podem sofrer alterações sem aviso prévio.
Para conferir horário de funcionamento da unidade acesse: https://setades.es.gov.br/agencias

leia também:  Produção industrial inicia o ano em ritmo menor, aponta CNI

Assessoria/ PMVP

Economia - ES1.com.br

Indicador Antecedente de Emprego da FGV sobe 1 ponto

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve alta de 1 ponto de maio para junho. Com isso, ele registrou a terceira alta consecutiva e atingiu 81,9 pontos, o maior nível desde novembro do ano passado (83 pontos).

Em médias móveis trimestrais, o Iaemp avançou 2,3 pontos e atingiu 80,8 pontos. O indicador busca antecipar tendências do mercado de trabalho nos próximos meses, com base em entrevistas realizadas com consumidores e com empresários da indústria e dos serviços.

Cinco dos sete componentes do Iaemp contribuíram para a alta, com destaque para tendência dos negócios da indústria. Pelo lado negativo, a principal contribuição veio do indicador de situação atual dos negócios de serviços.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Economia

leia também:  Governo pode usar excesso de arrecadação para corrigir tabela do IR
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2