conecte-se conosco


Estado

Secont entrega piloto do Repositório Digital de Conhecimento ao Conselho Nacional de Controle Interno

Publicado em

Crédito: Divulgação
.

A Secretaria de Controle e Transparência (Secont) entregou ao Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) o piloto do Repositório Digital de Conhecimento. A ferramenta foi apresentada na manhã esta sexta-feira (13), durante a 34ª Reunião Técnica do Conaci, que acontece em Vitória.

O gestor de Tecnologia da Informação da Secont, Emerson Couto de Moura, que está à frente do projeto, fez uma demonstração do funcionamento do Repositório, que permite a preservação, o acesso remoto, o gerenciamento, a busca, a recuperação e o reuso da produção intelectual das instituições da área de controle interno em todo o País.

O secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata, observou que a ferramenta tornará mais acessível o compartilhamento de boas práticas para o fortalecimento da transparência, do combate à corrupção e do trabalho de auditoria. “A informação é o grande ativo hoje, é o diferencial”, lembrou.

Já o presidente do Conaci, Leonardo Ferraz, exemplificou alguns documentos que poderão ser colocados no Repositório, como as decisões em Processos Administrativos de Responsabilização e relatórios de auditoria. “A nossa intenção é criar um círculo virtuoso do conhecimento”, disse.

leia também:  Sesa divulga 12º boletim de Covid-19

Funcionamento

O Repositório utiliza a ferramenta  DSpace, pacote de software de código aberto que permite a captura de conteúdo em qualquer formato (vídeo, texto, áudio de dados) e a busca dos conteúdos por meio de pesquisas temáticas.

A plataforma é totalmente gratuita e utilizada por mais de 3 mil instituições em todo o mundo. No Brasil 110 organizações já aderiram à solução, incluindo a Controladoria Geral da União (CGU) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A CGU utilizou a ferramenta na construção do seu repositório, a Base de Conhecimento.

Além de elaborar o projeto, a Secont vai fornecer a infraestrutura tecnológica para o projeto-piloto, com o apoio do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Prodest).

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secont
Cintia Bento Alves
(27) 3636-5354 | (27) 98895-1695
[email protected]

Fonte: Governo ES

Estado

Secretaria da Saúde divulga 32º boletim da Covid-19

.

O Espírito Santo tem 84 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até esta segunda-feira (30). Um novo caso, que totalizaria 85, pertence a um paciente morador do Rio de Janeiro que possui empresa em solo capixaba e procurou serviço de saúde local. A confirmação desse paciente já foi repassada ao seu estado de origem pelo Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância em Saúde (CIEVS), da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O Espírito Santo já registra casos de transmissão comunitária da doença, ou seja, quando não há como identificar a origem da contaminação.

Após investigação de três casos confirmados do novo Coronavírus em Vila Velha, a Sesa declara a transmissão comunitária em solo capixaba. A definição para transmissão comunitária, conforme o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes,  é quando há confirmações por exame de PCR (proteína C-reativa), definido como padrão ouro de diagnóstico, e que não possui nexo com casos conhecidos.

“O Espírito Santo utilizou também como critério para definição de casos de transmissão comunitária um protocolo de investigação com um prazo de 36 horas às vigilâncias do Estado e municipais. Estabelecemos internamente na Sesa que, após as confirmações dos casos, diante de algum caso que não tivesse nexo esclarecido, o prazo de 36 horas para que as vigilâncias do Estado e dos municípios pudessem fazer a investigação fina de potenciais contatos de comunicantes que possam ter sido a fonte primária de infecção desses casos que não tinham na ficha de notificação a clareza de qual era o contato”, disse.

Diante da confirmação, o Espírito Santo passa a entrar na mesma fase já detectada nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, onde, segundo o secretário, é possível detectar um aumento maior da curva de transmissão. “Temos expectativas de que as medidas restritivas de circulação da população que tomamos há duas semanas possam impactar no próximo período de crescimento de novos casos”, informou. O secretário destacou a importância de reforçar o alerta à população: “não há nenhuma tranquilidade, nenhuma situação confortável, e razão que justifique a flexibilização das medidas de isolamento social e do isolamento de contato entre as pessoas”, afirmou.

leia também:  Secretaria da Saúde divulga 20º boletim de Covid-19

Dos casos confirmados, 13 pacientes já estão curados, 59 estão em isolamento residencial e 12 estão internados, sendo sete em UTI.

A Sesa lembra que os dados pessoais dos pacientes são invioláveis de acordo com a Constituição Federal, estando protegidos por sigilo pela Lei 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), sendo vedada inclusive a divulgação de bairros em que se localiza a residência dos casos suspeitos ou confirmados. A violação destes direitos está sujeita a responsabilização administrativa, cível e criminal.

Município de

Residência

Caso

confirmado

Caso

Descartado

Caso

suspeito

Total

Afonso Cláudio

1

1

Água Doce do Norte

1

2

3

Alegre

2

1

3

Alfredo Chaves

4

2

6

Anchieta

1

5

6

Apiacá

18

18

Aracruz

7

6

13

Atílio Vivácqua

2

2

Barra de São Francisco

3

2

5

Boa Esperança

1

1

Bom Jesus do Norte

11

11

Cachoeiro de Itapemirim

1

17

22

40

Cariacica

3

51

98

152

Castelo

1

4

7

12

Colatina

11

13

24

Divino de São Lourenço

1

1

Domingos Martins

5

6

11

Dores do Rio Preto

1

1

Ecoporanga

1

1

Fundão

16

16

Guaçuí

4

1

5

Guarapari

1

15

7

23

Ibiraçu

1

1

Iconha

1

5

6

Itaguaçu

1

1

Itapemirim

1

2

1

4

Itarana

1

1

2

Jaguaré

2

1

3

Jerônimo Monteiro

1

1

2

João Neiva

3

3

Laranja da Terra

1

1

Linhares

4

51

95

150

Mantenópolis

1

1

Marataízes

3

2

5

Marechal Floriano

3

3

Marilândia

5

5

Mimoso do Sul

1

5

6

Montanha

4

4

Muniz Freire

2

2

Muqui

1

1

Pancas

1

2

3

Pedro Canário

1

2

3

Pinheiros

2

7

9

Piúma

3

11

14

Ponto Belo

1

1

Rio Bananal

2

2

4

Rio Novo do Sul

1

1

2

Santa Maria de Jetibá

5

1

6

Santa Teresa

1

1

2

São Gabriel da Palha

1

1

São Mateus

1

8

6

15

São Roque do Canaã

1

1

2

Serra

13

66

275

354

Vargem Alta

1

1

2

Venda Nova do Imigrante

3

2

5

Viana

7

39

46

Vila Pavão

1

1

Vila Velha

31

167

226

424

Vitória

26

139

118

283

Nova Venécia

4

2

6

São José do Calçado

1

1

Governador Lindenberg

1

1

Caso do Rio de Janeiro identificado em Vitória*

1

Total

84 + 1*

611

1.045

1.741

leia também:  ES: Março deve ser de mais chuva e temperaturas amenas

Como prevenir

Até o momento não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

– Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;

– Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

– Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

 

 

Informações à imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes

[email protected]

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS DA SEMANA

error: O conteúdo está protegido !!