conecte-se conosco


Saúde - ES1.com.br

Regras de higiene sem data para vigorar na feira livre

Publicado em

A coordenadora do Departamento de Vigilância Sanitária da Prefeitura de Barra de São Francisco, Indiara, disse ontem ao jornal Notícia Certa e site ES1, que ainda não existe uma previsão de quando será feita a reunião com os feirantes para orientar sobre as regras de higiene na Feira Livre. 

No início de dezembro do ano passado nossa reportagem flagrou a equipe da Vigilância Sanitária multando um barraqueiro que vendeu carne de porco deteriorada a um cliente. Na oportunidade, ficou acordado com o presidente da Associação de Feirantes e Pequenos Agricultores, Geraldo Fiscal, que dirige a feira livre, que os feirantes seriam chamados para uma reunião na semana seguinte.

Uma lei aprovada recentemente e já sancionada pelo Executivo, determina que os feirantes não poderão mais manusear alimentos e dinheiro ao mesmo tempo e terão que usar equipamentos de higiene, como luvas e outros para atender aos clientes. No entanto, a lei não está sendo respeitada pelos feirantes.

Além do manuseio incorreto de alimentos, a lei previne também a ocupação de espaços adjacentes aos demarcados na feira livre, por feirantes clandestinos, principalmente de outros municípios.

leia também:  Conheça o cardápio que garante a saúde da próstata

 

Editora Hoje

Saúde - ES1.com.br

Covid-19: Brasil tem 361 óbitos e 77,1 mil casos em 24 horas

As secretarias estaduais e municipais de saúde registraram 77.166 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas em todo o país. De acordo com os órgãos, foram confirmadas também 361 mortes por complicações associadas à doença no mesmo período. 

Os dados estão na atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta quarta-feira (6), em Brasília. Segundo a pasta, o estado do Mato Grosso do Sul não enviou o balanço do dia.

Com as novas informações, o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus durante a pandemia é de 32.687.680.

O número de casos em acompanhamento de covid-19 está em 937.352. O termo é usado para designar ocorrências notificadas nos últimos 14 dias que não tiveram alta, nem resultaram em óbito.

Com os números de hoje, o total de óbitos alcançou 672.790 desde o início da pandemia. Ainda há 3.255 mortes em investigação. As ocorrências envolvem casos em que o paciente faleceu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demanda exames e procedimentos complementares.

Até agora, 31.077.538 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 95,3% dos infectados desde o início da pandemia.

leia também:  Fim de semana tem mutirão do PAD em Laginha de Pancas

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (171.306), Rio de Janeiro (74.246), Minas Gerais (62.287), Paraná (43.898) e Rio Grande do Sul (40.131).

Boletim epidemiológico da covid-19 Boletim epidemiológico da covid-19

Boletim epidemiológico da covid-19 – Ministério da Saúde

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia continuam sendo Acre (2.005), Amapá (2.141), Roraima (2.153), Tocantins (4.168) e Sergipe (6.363).

Vacinação

Até o momento, foram aplicadas 451.676.921 doses de vacinas contra a covid-19, sendo 177,4 milhões como primeira dose, 157,8 milhões como segunda dose e 4,9 milhões como dose única. Outras 95,7 milhões de pessoas já receberam a dose de reforço e 11,3 milhões ganharam segunda dose extra, ou quarta dose da vacina.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2