conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Profissionais da educação se encontram em Jornada Pedagógica em São Gabriel

Publicado em

Os profissionais do magistério da Rede Municipal de Ensino de São Gabriel da Palha deram início ao ano letivo de 2018 nesta quinta-feira, 1º, no Centro de Eventos Palácio Café Conilon com uma Jornada Pedagógica. O objetivo do encontro foi fomentar a qualidade da educação no Município e preparar gestores e professores para o ano letivo.  O momento contou com a participação da Prefeita Céia Ferreira, da Secretária Municipal de Educação Rosa Maria Caser Venturim e de todos os profissionais da educação. Evento que também foi marcado por uma apresentação cultural com Cacá e Renan e pela palestra “Maestria na arte de ensinar”, com o professor Jair Passos. 

 

camera_enhance Secretária de Educação Vera Caser participou da Jornada (Crédito: divulgação)

A Secretária de Educação, Rosa Maria, lembrou que a Jornada Pedagógica é um momento importante para todos os profissionais. “É um momento muito marcante para o ano letivo porque além do aprendizado, da reflexão, é a integração dos profissionais, dos diversos níveis de ensino e também das várias categorias. Participaram professores, pedagogos, auxiliares de educação infantil, cuidadores, monitores, enfim, as pessoas que lidam diretamente com o aluno. O nosso entendimento é que além do professor, precisamos capacitar todo o profissional. O momento que proporcionamos hoje é para motivar, incentivar, dizer para os profissionais da educação que nós precisamos e temos que estudar e estudar sempre, o professor não pode perder de vista a ciência como base principal do aprendizado na educação”, afirmou.

leia também:  Escolas da Rede Estadual terão apoio psicossocial e orientação interativa

“Esta temática será abordada durante todo o ano para que os educadores se apropriem dessas ideias, pois por meio delas buscamos obter melhores resultados, principalmente relacionados a qualidade da educação”, enfatizou Céia Ferreira, Prefeita Municipal.

 


camera_enhance O momento também foi marcado por uma apresentação cultural com Cacá e Renan e pela palestra “Maestria na arte de ensinar” com o professor Jair Passos (Crédito: divulgação)


Editora Hoje

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Prefeito Pedro Pão visita obra de reforma e ampliação da EUM Santa Helena em São Domingos

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

cartaz apae