conecte-se conosco


Economia - ES1.com.br

Prefeitura de São Gabriel realiza Seminário de Educação Tributária

Publicado em

Na tarde desta quarta-feira, 28, a prefeitura de São Gabriel da Palha, por meio da Secretaria Municipal de Finanças realiza o Seminário de Educação Tributária nas finanças do Município, no Centro de Eventos Palácio Café Conilon, na praça Aurélio Bastianello, de 13 às 17 horas. O Seminário de Educação Tributária é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ) com o município, e tem por objetivo mostrar à sociedade local o impacto do Programa de Educação Tributária nas finanças do Município e ainda estreitar uma relação de parceria com os contribuintes.

A partir dessa ação inicial, poderá se desenvolver Projetos de Consciência Tributária com toda a sociedade gabrielense abrangendo os empresários do comércio local, os produtores rurais, os contadores e em especial as escolas públicas e privadas, levando aos estudantes temas relacionados com cidadania e gestão pública, com cidadãos conscientes e capazes de exercer a força plena de sua cidadania.

Nesse Seminário serão proferidas duas palestras: “A Educação tributária contribuindo positivamente na Administração Municipal”, com o palestrante Arthur Sérgio Rangel Viana, Coordenador EAD (Disseminadores de Educação Fiscal/PEETESAF) e “IPM (Índice de participação dos Municípios) e IPVA uma receita de sucesso para os municípios capixabas”, com o palestrante Francisco Costa de Andrade, Coordenador do Grupo Estadual de Educação Tributária da SEFAZ.

leia também:  Veja os calendários dos novos pagamentos do auxílio emergencial

Editora Hoje

Economia - ES1.com.br

BB e agência francesa liberam 100 mi de euros para energia renovável

Os desenvolvedores de energia renovável ganharão um incentivo para terem acesso a recursos. O Banco do Brasil (BB) e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) assinaram, nesta semana, um contrato para viabilizar a liberação de 100 milhões de euros em financiamentos para projetos no setor.

Segundo o Banco do Brasil, a parceria ajuda no cumprimento de metas da Agenda 2030, plano de ação global com 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas de erradicação da pobreza.

O acordo permitirá que o BB expanda a oferta de empréstimo para projetos de energia renovável para as pessoas físicas e para as pessoas jurídicas na categoria varejo pelos próximos dez anos. A AFD também destinou 300 mil euros para financiar projetos de cooperação técnica.

O Banco do Brasil calcula que os 100 milhões de euros, que equivalem a R$ 555 milhões no câmbio atual, gere 3,1 mil empregos. Esse investimento, informa a instituição financeira, evitará a emissão de cerca de 113 mil toneladas de gás carbônico por ano.

Atualmente, o BB aplica cerca de R$ 300 bilhões em projetos de sustentabilidade ambiental e social. Em relação ao setor de energia renovável, o banco destina cerca de R$ 10 bilhões para essa finalidade e tem como meta emprestar R$ 15 bilhões até 2025.

leia também:  Consumo aparente de bens industriais tem alta de 0,4% em fevereiro

Ampliação

A instituição pretende ampliar as parcerias com a AFD nos próximos anos. Em maio, durante o congresso Mercado Global de Carbono, o BB e a AFD firmaram um memorando de entendimentos que prevê novas oportunidades de financiamentos a estados e municípios.

As linhas de crédito para os governos locais se concentrarão em projetos de infraestrutura de saneamento, incluindo o tratamento de esgoto e resíduos sólidos, energia renovável e eficiência energética, transporte limpo, mobilidade urbana, transição da infraestrutura para cidades inteligentes e adaptação a mudanças climáticas, saúde e educação.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Economia

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!