conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Policiais civis localizam esconderijo de produtos roubados usado por suspeito de assassinar vereador em Presidente Kennedy

Publicado em


A equipe da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Cachoeiro Itapemirim conseguiu localizar uma propriedade rural, no bairro Cachoeira Grande, no município de Castelo, que era usada para armazenar produtos e veículos provenientes de furto e roubo. A ação foi em continuidade às investigações acerca do homicídio do vereador Marcos Augusto Costalonga, de 49 anos, assassinado a tiros no dia 27 de maio deste ano, em Presidente Kennedy, no litoral sul do Estado, e sobre roubos recorrentes nas cidades de Castelo, Cachoeiro de Itapemirim e Presidente Kennedy.

O local foi descoberto, na última sexta-feira (30), na segunda fase da Operação Thives Den, realizada pela equipe da Deic. O suspeito, de 33 anos, já está preso por mandado de prisão preventiva, no Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim (CDPCI). O homem é investigado como autor de roubos em empresas de Cachoeiro de Itapemirim, além do homicídio do vereador e do duplo homicídio, em Atílio Vivácqua.

As investigações apontam que a propriedade rural foi alugada pelo suspeito para guardar, exclusivamente, os produtos oriundos dos crimes. No local, os policiais encontraram várias ferramentas, botijas de gás, cilindros de oxigênio, cintas de amarração, cilindros pneumáticos, bateria de caminhão, furadeiras, diversas chaves de oficina e vários produtos furtados de empresas de granito e posto de gasolina. Também foi apreendido e removido da propriedade, um caminhão com a numeração de chassi adulterada.

leia também:  Agência dos Correios é roubada em São Domingos do Norte

Segundo o delegado Rafael Amaral, titular da Deic, as operações são realizadas em conjunto com a Delegacia de Polícia (DP) de Presidente Kennedy. “Na primeira fase da Operação, ocorrida no último dia 28, também foram apreendidos materiais como televisor, dois notebooks, entre outros, que passarão por analise”, explicou o delegado.

O caminhão foi levado para o pátio credenciado do Estado, e passará por perícia para descobrir a origem do furto. As investigações continuam.

Texto: Matheus Zardini

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

[email protected]

Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Matheus Zardini

(27) 3636-1536(27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Policial - ES1.com.br

PCES e PMES prendem quatro suspeitos de tráfico de drogas durante operação em Vitória



A equipe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic) realizou, nessa terça-feira (25), uma ação com policiais militares do 1º Batalhão. A ação aconteceu no bairro Ilha do Príncipe, em Vitória, e, na ocasião, quatro indivíduos foram presos com arma, drogas e munições. 

Por meio dos trabalhos de inteligência, os policiais receberam a informação de que, durante a madrugada, um grupo de indivíduos estava abordando veículos em duas ruas do bairro Ilha do Príncipe, com o objetivo de identificar os condutores e, em alguns casos, efetuando roubos aos ocupantes dos carros.

Chegando no local, os policiais encontraram um grupo de indivíduos, sendo que dois deles, usando máscaras e de posse de arma de fogo, fugiram assim que avistaram as viaturas. Entretanto, a equipe de policiais conseguiu seguir os suspeitos até entrarem em uma casa amarela.

Diante do flagrante delito, as equipes entraram no imóvel e encontraram dois homens de 22 e 25 anos. Dando continuidade às diligências, outro suspeito de 37 anos foi localizado tentando se esconder debaixo da cama. Com ele, os policiais encontraram um carregador de pistola calibre 9mm, municiado com nove munições do mesmo calibre. 

Ainda na residência, em outro quarto, um suspeito de 29 anos foi encontrado escondido no guarda-roupa, com uma máscara do pânico e uma pistola de cor preta. Durante as buscas pessoais, os policiais ainda localizaram com o suspeito uma pistola da marca CZ, modelo P-09, calibre 9mm, com carregador de capacidade para 19 munições, municiada com 19 munições e alimentada pronta para uso.

Na sala da residência ainda foi encontrada uma caixa contendo 14 pedras de substância similar a crack, 23 pinos de substância similar à cocaína, 26 buchas de substância similar à maconha. Além de um frasco de lidocaína, usado para o preparo de cocaína, selos adesivos para droga, um pedaço de substância similar a crack, aproximadamente do tamanho de um sabonete.

Durante a operação, as equipes contaram com o apoio do serviço de inteligência com agentes em viaturas descaracterizadas e do equipamento drone, que monitorava em tempo real toda a movimentação no local. Dessa forma, os policiais puderam observar quando outro suspeito correu pelo beco, nos fundos da igreja Assembleia de Deus, com algo em mãos.

De imediato, os policiais foram até o local, uma edificação de três pavimentos, e localizou no térreo do imóvel um tablete de, aproximadamente, 300g de uma substância similar à maconha e uma balança de precisão. O suspeito acabou se evadindo do local, não sendo localizado.

“A operação teve o objetivo de reprimir crimes patrimoniais e outros conexos, como roubo a transporte coletivo no bairro Ilha do Príncipe”, destacou o titular da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), delegado Gabriel Monteiro.

Os suspeitos foram autuados por tráfico e associação para o tráfico, sendo encaminhados para o Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanecem à disposição da Justiça.

Texto: Victória Meireles, estagiária da Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected] 

 

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
[email protected]

leia também:  Batalhão de Trânsito da PMES capacita militares para alterar restrições veiculares eletronicamente
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma