conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Polícia Militar realiza a solenidade de instalação do BAC e o encerramento da 7ª edição do Curso de Cinotecnia

Publicado em


A Polícia Militar promoveu uma solenidade de instalação do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e o encerramento da 7ª edição do Curso de Cinotecnia. O evento foi na tarde desta segunda-feira (22), na sede do BAC.

O Batalhão de Ações com Cães foi criado com o advento do Decreto nº4970-R de 27 de setembro de 2021, quando novas diretrizes para a organização da PMES foram definidas. O BAC foi então incorporado à estrutura organizacional do Comando de Polícia Ostensiva Especializado.

Em posição de destaque e diante do comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus, o tenente-coronel Marcelo Tavares de Souza assumiu o comando do BAC.

Na sequência, para materializar o ato de instalação do Batalhão de Ações com Cães foi efetuado o descerramento de uma placa comemorativa. Nela foram transcritos os nomes do atual efetivo da Unidade.

Como parte do encerramento da 7ª edição do Curso de Cinotecnia os formando promoveram diversas demonstrações do emprego operacional dos cães na atividade policial, para os familiares e amigos que prestigiavam a solenidade.

leia também:  3º Batalhão inicia as obras de reforma da Unidade

O curso teve inicio em 27 de setembro e concluído hoje com 28 alunos, sendo 25 da PMES, um oficial da PM da Bahia e dois servidores da Sejus. Os discentes tiveram um total 20 disciplinas, somando 320h/a de curso.

Após as oito semanas de formação, nesta data, os formandos receberam das mãos dos padrinhos e madrinhas o brevê de Cinotecnia. Símbolo que coroa a honra e valores conquistados. Pela primeira vez os concludentes deste curso passam a ostentar o listel de “Operações com Cães”.

Os alunos e seus respectivos cães que se destacaram na capacitação também receberam premiações. Destaque Detecção, Destaque Obediência, Destaque Proteção/Focinheira, Destaque Guarda/Proteção e Equipe Destaque.

Durante sua fala, o tenente-coronel Tavares homenageou os antecessores do BAC. “São bases sólidas de valores éticos e morais. O BAC já nasce em berço esplêndido. É nosso dever cuidar desse Batalhão”, destacou o primeiro comandante do BAC.

Com uma frase de Sun Tzu: “A vitória está reservada para aqueles que estão dispostos a pagar o preço”, o comandante do CPOE, coronel Carlos Ney de Souza Pimenta deu inicio ao seu discurso homenageado a garra e competência dos alunos formandos. O coronel Pimenta também destacou que o “BAC já nasce como uma das melhores unidades da PMES”. Citou também os esforços de várias pessoas na estruturação do Batalhão.

leia também:  BPMA apreende arma e munições após denúncia anônima

Corrobora com esse pensamento o comandante-geral quando diz que: “O BAC foi uma das melhores decisões administrativas e operacional que a PMES tomou”. O coronel Caus destacou que o curso foi possível já que existiu planejamento para que fosse realizado. Em seu discurso, também lembrou dos veteranos do canil. “Vocês continuam sendo a família policial militar”, pontuou. O comandante-geral também salientou a escolha do tenente-coronel Tavares para comandar o BAC. “Entregamos o comando do BAC nas mãos de um oficial proativo e competente”.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da PMES:
Tenente-coronel ANDERSON LOUREIRO BARBOZA
Tels. (27) 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
Tel. (27) 3636-8715
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

Policial - ES1.com.br

DHPM prende suspeita de matar mulher e ferir outra em Vila Velha


A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), prendeu em flagrante uma mulher de 23 anos, suspeita de ser a autora dos disparos que vitimaram outras duas mulheres, na manhã dessa quinta-feira (13), no bairro Aribiri, em Vila Velha. A suspeita foi presa também nessa quinta-feira (13), na Rodoviária de Vitória, no momento que tentava fugir para a Bahia.

As diligências que culminaram na prisão contaram com a participação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha, Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Delegacia Regional (DR) de Colatina e tiveram início assim que a Polícia Civil tomou conhecimento do crime. Na manhã dessa quinta-feira (13), duas mulheres foram vítimas de disparos de arma de fogo, sendo que uma delas foi a óbito ainda no local do fato e a outra foi socorrida.

Por volta das 21h30, a autora dos disparos foi localizada e presa. Segundo os levantamentos da DHPM, o crime foi motivado por desacertos relacionados ao tráfico de drogas na região, pois as vítimas estavam comercializando entorpecentes e tinham que prestar contas à autora, que atua como uma espécie de gerente do tráfico. No entanto, ao contabilizar, elas constataram que faltava droga e não havia dinheiro suficiente para fazer o pagamento.

“Durante o dia todo, o agente colheu informações de que a autora estava sendo ameaçada pelo tráfico local e não poderia retornar ao bairro, pois ela cometeu o homicídio sem ‘consentimento’ e ainda tinha sumido com a arma do crime. Nós descobrimos que ela ia tentar fuga para a Bahia. Contamos com o apoio da PRF para montar pontos de bloqueio, bem como minha equipe se deslocou ao interior do Estado. Contudo, ela foi presa à noite, quando tentava embarcar em um ônibus para Eunápolis (BA)”, relatou a titular da DHPM, delegada Raffaella Aguiar.

Ainda na manhã do crime, outra suspeita, de 40 anos, foi presa e conduzida à DHPM. “Durante todo o dia, foram realizadas diligências no intuito de obter indícios palpáveis quanto ao envolvimento dela nos crimes. Entretanto, não foi possível neste primeiro momento. Porém, ficou constatado o envolvimento dela com o tráfico, o que gerou a autuação em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas”, informou a delegada. 

As duas mulheres foram encaminhadas ao Sistema Prisional. As investigações continuam, a fim de apurar as circunstâncias e a autoria dos crimes em sua totalidade.

Texto: Camila Ferreira

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157 

leia também:  PCES recupera em Jaguaré carro furtado em Cachoeiro de Itapemirim
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma