conecte-se conosco


Policial

PCES e PMES deflagram operação em São Gabriel da Palha e Vila Valério

Publicado em


Quatro homens de 25, 39, 42 e 56 anos foram detidos, nesta quinta-feira (29), na zona rural de Vila Valério, durante uma operação integrada da Delegacia de Polícia (DP) de São Gabriel da Palha e da 3ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar (PMES).

A operação foi deflagrada por volta das 6 horas da manhã, nas cidades de São Gabriel da Palha e Vila Valério, e teve o objetivo de cumprir seis mandados de busca e apreensão. 

Segundo o titular da DP de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman, as diligências fizeram parte das investigações de uma tentativa de homicídio que ocorreu no último dia 14 de abril. “O suspeito de 56 anos é gerente de uma propriedade rural, localizada no interior de Vila Valério e, como tal, contrata mão de obra para a colheita de café. Segundo as investigações, ele trouxe indivíduos envolvidos com o comércio de entorpecentes para trabalharem na propriedade, dentre eles um dos chefes do tráfico de drogas na região”, contou o delegado. 

Segundo o delegado, um dos chefes do tráfico de drogas na região e os comparsas passaram a causar problemas, como, por exemplo, a efetuar disparos de arma de fogo na região. “Um outro gerente do tráfico de drogas acabou reportando o que acontecia ao dono da fazenda, que ordenou ao suspeito de 56 anos que retirasse do local o gerente do tráfico do local”, explicou Caliman. 

 

Durante as investigações, foi apurado que o detido de 56 anos possivelmente informou a esse gerente que teriam que sair por causa desse segundo gerente, o que teria gerado descontentamento e, então, foi tentado contra a vida do segundo gerente, no último dia 14. “A vítima permaneceu internada por um período considerável de tempo. Um projétil atravessou seu abdômen e ficou alojado”, relata o delegado.

Durante a operação, foram apreendidos um revólver taurus calibre .22,  municiado com seis cartuchos intactos, 29 munições calibre .22 intactas, quatro munições cal. .380 intactas, seis buchas de maconha; 11 cartuchos deflagrados de diversos calibres, um coldre de revólver e uma caderneta contendo anotações relacionadas ao tráfico.

O comandante do 2° Batalhão, tenente-coronel Mário Marcelo Dal Col, disse que as operações e o trabalho integrado com a Polícia Civil têm surtido um resultado positivo e que as ações continuarão para levar mais segurança para a comunidade. 

“Continuaremos com as operações integradas em toda a área do Batalhão e contamos com o apoio das comunidades com informações imprescindíveis para o nosso trabalho. Estamos obtendo ótimos resultados, mas precisamos de cada vez mais do apoio dos munícipes para desenvolver um trabalho cada vez melhor”, frisou Dal Col.

Contra o suspeito de 56 anos, foi cumprido o mandado por tentativa de homicídio, além de ter sido autuado, em flagrante, pelo crime de posse de arma de fogo. Ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Domingos do Norte. 

Os suspeitos de 25, 39 e 42 anos foram ouvidos e liberados, após a autoridade policial entender que não haviam elementos suficientes para lavrar auto de prisão, em flagrante, naquele momento.

Texto: Olga Samara e Priscila Barcelos

  

leia também:  Equipe da Cioc apreende entorpecente na Serra

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna(27) 3137-9024

[email protected]

Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Camila Ferreira

(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Assessoria de Comunicação da Polícia Militar

Matheus Zardini / Priscila Barcelos

(27) 3636-1574 / 99862-4006

(27) 3636-1573 / 98802-3244

[email protected]

Policial

Adolescente é apreendido suspeito de matar homem a facadas na rodoviária de Castelo


Um adolescente de 17 anos foi apreendido, no último sábado (08), no bairro Nossa Senhora de Aparecida, em Castelo, suspeito de esfaquear um homem, no dia 30 de abril, no banheiro da rodoviária, localizada no bairro Independência, no município. A prisão foi realizada por uma equipe do 9º Batalhão da Polícia Militar (PMES). 

No dia do crime, a vítima chegou a ser socorrida ao Hospital Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito logo após dar entrada no hospital.

“O autor já foi internado diversas vezes. Já tentou matar a mãe, já furtou e roubou. Dessa vez, por conta de um suposto comentário pejorativo da vítima, o autor resolveu matá-lo”, disse o delegado Marcelo Meurer, titular da Delegacia de Polícia (DP) de Castelo.

Segundo o delegado, a investigação foi desafiadora devido à falta de câmeras. “Descobrimos o autor, fizemos a oitiva, ele confessou, representamos pelo mandado, saiu o mandado e foi feito o cumprimento. Em depoimento, ele não demonstrou arrependimento e confessou o delito”, disse Meurer. 

leia também:  Equipe da Cioc apreende entorpecente na Serra

O adolescente responderá por ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado e foi conduzido ao Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) Sul, em Cachoeiro de Itapemirim.

Texto: Olga Samara

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

[email protected]

 Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Camila Ferreira

(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

INFORMATIVO

Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma