conecte-se conosco


Política Estadual - ES1.com.br

Paulinho questiona publicação de Teco sobre diárias na Câmara

Publicado em

A novela do pagamento das diárias aos vereadores de Barra de São Francisco teve mais um capítulo esta semana, depois que o vereador George Stefferson, o Teco Ferreira, postou nas redes sociais, um texto afirmando que “alguns” vereadores estariam travando o projeto de lei que regulariza o pagamento de diárias ao pessoal da saúde.

Ferreira lembrou que os vereadores, no mandato de sua função fora do município, ganham R$ 300 de diária e, se estiver “cansado” o valor dobra pra R$ 600, usando assim uma pernoite. 

“Ao contrário de um motorista da Secretaria de Saúde que sai a uma da manhã pra Vitória e volta só a noite, largando sua família em casa e às vezes, nem consegue acompanhar o crescimento de seus filhos e conviver com sua esposa, e ainda fica lutando para ganhar uma diária de R$ 100, totalmente incompatível com a dos representantes do Executivo, que chegam a ganhar seis vezes mais”, criticou Teco.

“Meu amigo prefeito e meus amigos vereadores, vamos olhar com carinho para essa classe de motoristas que dão o seu melhor para servir a população de Barra de São Francisco”, conclamou o vereador.

leia também:  Robinho acompanha trabalhos no interior do município

O post de Ferreira foi questionado pelo colega Paulo Roberto dos Reis, o Paulinho que chamou o colega de demagogo. “Ele (Teco) sabe onde o projeto está parado: Na Comissão de Justiça e Redação, que é presidida pelo líder do Governo, José Valdeci. Porque então ele não dá nome aos bois”, reclamou Paulinho.

 

Editora Hoje

Política Estadual - ES1.com.br

Marcelo Santos comemora redução de carga horária para servidor com filho deficiente

Projeto encaminhado pelo Governo foi amplamente debatido e defendido por Marcelo. Texto foi aprovado em plenário e agora segue para sanção governamental

O deputado estadual Marcelo Santos comemorou a aprovação, no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado (Ales), nesta quarta-feira (6), do Projeto de Lei Complementar 28/2022, de autoria do Governo do Estado. O texto garante regime especial de trabalho a servidores do Poder Executivo que tenham cônjuge, filho ou dependente com deficiência.

“Uma vitória para aquele servidor que precisa dar uma atenção especial ao seu cônjuge, filho ou dependente, que vai ter sua jornada de trabalho semanal reduzida em 30%. Vinha dialogando com o governador Renato Casagrande sobre a relevância desse tema e que vai ter um resultado social muito importante para as famílias desses servidores”, comemorou o parlamentar, lembrando sua atuação para que o assunto pudesse ser aprovado. “Batalhei muito para que pudéssemos chegar nesse resultado positivo, dialogando, colaborando para que a matéria não se perdesse no tempo e pudéssemos ter um servidor dando mais atenção àquele familiar que tanto precisa dele.”

A proposta do governo do Estado abrange servidores da administração direta, além de autarquias e fundações e foi aprovado em Plenário com 22 votos a favor e nenhum contra.

leia também:  Estadualização de estrada no norte é objeto de PL

O regime especial será concedido sem a necessidade de compensação de horário e sem prejuízo da remuneração. Para ter direito, o servidor deverá atender a requisitos, entre outros, como estabilidade no serviço público e comprovação de necessidade de acompanhamento da pessoa com deficiência.

Fonte: Assessoria

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2