conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Operação das polícias capixaba e mineira prende, em menos de 24 horas, suspeito de feminicídio em Mucurici

Publicado em


Uma operação das Polícias Civil e Militar de Mucurici, no Espírito Santo, e da Polícia Militar de Nanuque, em Minas Gerais, que teve início na manhã dessa quinta-feira (13), prendeu, em menos de 24 horas, o homem de 56 anos suspeito de matar a esposa, de 43 anos, e tentar matar o enteado, de 25 anos.

O crime ocorreu no distrito de Água Boa, em Mucurici, e as vítimas chegaram a ser socorridas e levadas para Montanha, mas a mulher morreu no hospital.
Assim que tomou conhecimento do fato, a Delegacia de Polícia (DP) de Montanha deu início à investigação, contando com o apoio da Polícia Militar do Espírito Santo. A arma do crime foi apreendida ainda na manhã dessa quinta-feira (13), próximo ao local dos fatos.

Como havia suspeitas de que o homem tinha fugido para a casa de parentes, no município de Nanuque (MG), foi realizada a troca de informações com a Polícia Militar mineira, o que culminou na prisão do suspeito na casa de um dos irmãos dele.

Segundo as investigações, o homem usou uma espingarda para matar a esposa e ferir o enteado. “Ele foi na casa da mulher para buscar seus pertences. Os dois discutiram e, nesse momento, o filho dela chegou. O suspeito então pegou arma, atirou contra o enteado, o atingindo no braço. A mulher tentou proteger o filho, mas o suspeito virou na direção dela e disparou diversas vezes”, relatou o delegado.  

O suspeito foi autuado em flagrante por feminicídio consumado e tentativa de homicídio qualificado, sendo encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Domingos do Norte.

Texto: Camila Ferreira

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157 

leia também:  Policiais militares apreendem drogas e cumprem mandado de busca e apreensão em Cachoeiro

Policial - ES1.com.br

Polícia Civil conclui apuração sobre mulher encontrada em telhado em Nova Venécia


A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Venécia encerrou a investigação sobre a mulher de 50 anos encontrada desacordada no telhado de uma residência no bairro Altoé, em Nova Venécia, no dia 04 de janeiro deste ano. A investigação apontou que a mulher se jogou da janela da residência do segundo andar, vindo a cair sobre o telhado do primeiro andar. Portanto, não há crime relacionado ao fato.  O levantamento teve início assim que o caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil.

“Determinei que a equipe da Deam realizasse um levantamento inicial, por meio de Verificação de Procedência da Informação, que nada mais é do que verificar os dados iniciais relacionados ao fato, antes mesmo da instauração do Inquérito Policial. Após a coleta de informações, incluindo declarações da suposta vítima, ficou claramente constatado que não houve crime, a mulher se jogou da janela sozinha, vindo a se machucar”, relatou o delegado Wilian Dobrovosk, respondendo da Deam de Nova Venécia.

Na ocasião do fato, ela estava na casa da filha e se aproximou da janela com o intuito de se jogar. Ao perceber que a mãe estava alcançando a janela, a filha, grávida de 7 meses, a conteve, segurando pela blusa, o que amorteceu, mas não evitou a queda. A mulher acabou se chocando contra o telhado e precisou ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

Com a constatação, o caso foi encerrado e encaminhado para apreciação do Ministério Público.

leia também:  DRCC prende suspeito de praticar cyberpedofilia

Texto:  Camila Ferreira

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
[email protected]

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma