conecte-se conosco


Policial

Operação conjunta prende autor de tentativa de homicídio que ocorreu no Natal

Publicado em


Na tarde dessa terça-feira (12), policiais civis de Guaçuí, com apoio do serviço reservado da 2ª Cia da Polícia Militar, prenderam um homem de 23 anos, suspeito de tentar matar duas pessoas no dia 25 de dezembro de 2020, no bairro João Ferraz de Araújo, em Guaçuí. A prisão aconteceu no bairro Manoel Monteiro Torres.

Segundo o chefe da 6ª Delegacia Regional de Alegre, delegado Ricart Teixeira, no dia de Natal, por volta das 19 horas, o autor chegou em um veículo na frente da residência das vítimas e efetuou pelo menos três disparos de arma de fogo, sendo que uma das vítimas chegou a ser atingida de raspão no pescoço.

“A Polícia Civil investigou o caso e localizou o veículo usado no dia do crime, desta forma, conseguiu identificar o autor da tentativa de homicídio, que já tinha passagens pela Polícia, inclusive por tentativa de homicídio”, explicou o delegado. 

Ainda de acordo com a autoridade policial, esta é mais uma ação de combate à criminalidade local. “Essa foi mais uma ação das polícias de Guaçuí no combate aos crimes contra vida ocorridos na cidade, sendo que diversas pessoas já foram presas”, disse Teixeira.

leia também:  BPTran realiza operação em Vila Velha

Após o cumprimento de mandado de prisão, o preso foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim.

Texto: Olga Samara

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024

[email protected]

Atendimento à Imprensa:

Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Policial

Festa clandestina termina com morte em Vila Valério

Na madrugada deste domingo, 17, um homem de 56 anos foi morto em uma festa clandestina no Córrego Lambari, interior de Vila Valério. As informações divulgadas pela Polícia Militar dão conta de que o homem foi alvejado com um tiro na cabeça.

No início da noite, o organizador do evento já teria sido advertido verbalmente para que o evento não fosse realizado, caso contrário, estaria praticando crime contra a saúde pública devido à pandemia da COVID-19.

À Polícia Militar, o organizador teria relatado que o evento seria para seu aniversário, mas, havia cartazes de divulgação do evento nas redes sociais.

Na madrugada, a PM foi acionada, pois um homem havia sido alvejado por arma de fogo na cabeça e estaria caído no local do evento musical. Ao chegar ao local, os militares identificaram que a vítima já havia sido socorrida por populares para o Pronto Atendimento da cidade e não foi encontrado nenhuma testemunha para esclarecer o ocorrido.

No hospital, os policiais tiveram a informação do médico plantonista, que foi constatado o óbito da vítima, sendo relatado que a vítima apresentava uma perfuração de entrada na cabeça e outra de saída acima do olho esquerdo.

leia também:  Denarc prende suspeitos de abastecer tráfico de drogas na Serra

O caso será investigado pelas autoridades competentes.

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma