conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Oficial da PMES participa de Curso de Polícia Comunitária com Japão e outros 19 países

Publicado em


O capitão Bruno Portela da Polícia Militar do Espírito Santo participa de Curso de Polícia Comunitária com Japão e outros 19 países. A participação brasileira faz parte dos trabalhos desenvolvidos em parceria com a Polícia Nacional do Japão, com acordos de cooperação para co-criação de conhecimentos em Polícia Comunitária.

O evento será realizado entre os dias 23 e 25 de novembro, na sede da Agência de Cooperação internacional Japonesa (JICA), em Brasília. Será mais uma edição do Knowledge Co-Creation Program (Group & Region Focus). O principal objetivo deste programa é desenvolver a capacidade dos participantes, a fim de realizar medidas para fortalecer o policiamento comunitário em cada país.

O curso é voltado para policiais do Japão, Timor Leste, Filipinas, Camboja, Butão, Quirguiz, Sri Lanka, Maldivas, Paquistão, Sudão do Sul, Moçambique, Malawi, Benin, Congo, Costa do Marfim, Gana, Haiti, Guatemala, Honduras, Kiribati e Brasil. Os representantes foram selecionados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública como representantes brasileiros no evento.

Os representantes brasileiros são o major da Polícia Militar do Tocantins e atualmente na Secretaria Nacional de Segurança Pública, Gleidison Carvalho e o Capitão da Polícia Militar do Espírito Santo, Bruno Portela.

leia também:  Polícia prende guarda municipal de Anchieta suspeito de furto, roubos e adulteração de veículos

Espera-se ao final do curso que os participantes tenham compartilhado as experiências brasileiras em Polícia Comunitária, bem como tenham uma visão mais completa sobre os modelos desenvolvidos pelos países representados. O curso é todo em inglês e os participantes apresentarão o cenário nacional de polícia comunitária aos países presentes.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da PMES:
Tenente-coronel ANDERSON LOUREIRO BARBOZA
Tels. (27) 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
Tel. (27) 3636-8715
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

Policial - ES1.com.br

DHPM prende suspeita de matar mulher e ferir outra em Vila Velha


A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), prendeu em flagrante uma mulher de 23 anos, suspeita de ser a autora dos disparos que vitimaram outras duas mulheres, na manhã dessa quinta-feira (13), no bairro Aribiri, em Vila Velha. A suspeita foi presa também nessa quinta-feira (13), na Rodoviária de Vitória, no momento que tentava fugir para a Bahia.

As diligências que culminaram na prisão contaram com a participação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha, Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Delegacia Regional (DR) de Colatina e tiveram início assim que a Polícia Civil tomou conhecimento do crime. Na manhã dessa quinta-feira (13), duas mulheres foram vítimas de disparos de arma de fogo, sendo que uma delas foi a óbito ainda no local do fato e a outra foi socorrida.

Por volta das 21h30, a autora dos disparos foi localizada e presa. Segundo os levantamentos da DHPM, o crime foi motivado por desacertos relacionados ao tráfico de drogas na região, pois as vítimas estavam comercializando entorpecentes e tinham que prestar contas à autora, que atua como uma espécie de gerente do tráfico. No entanto, ao contabilizar, elas constataram que faltava droga e não havia dinheiro suficiente para fazer o pagamento.

“Durante o dia todo, o agente colheu informações de que a autora estava sendo ameaçada pelo tráfico local e não poderia retornar ao bairro, pois ela cometeu o homicídio sem ‘consentimento’ e ainda tinha sumido com a arma do crime. Nós descobrimos que ela ia tentar fuga para a Bahia. Contamos com o apoio da PRF para montar pontos de bloqueio, bem como minha equipe se deslocou ao interior do Estado. Contudo, ela foi presa à noite, quando tentava embarcar em um ônibus para Eunápolis (BA)”, relatou a titular da DHPM, delegada Raffaella Aguiar.

Ainda na manhã do crime, outra suspeita, de 40 anos, foi presa e conduzida à DHPM. “Durante todo o dia, foram realizadas diligências no intuito de obter indícios palpáveis quanto ao envolvimento dela nos crimes. Entretanto, não foi possível neste primeiro momento. Porém, ficou constatado o envolvimento dela com o tráfico, o que gerou a autuação em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas”, informou a delegada. 

As duas mulheres foram encaminhadas ao Sistema Prisional. As investigações continuam, a fim de apurar as circunstâncias e a autoria dos crimes em sua totalidade.

Texto: Camila Ferreira

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157 

leia também:  Polícia Militar prende chefe do tráfico em São Gabriel
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma