conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Nomeados no concurso da Polícia Civil iniciam suas atividades em 1º de dezembro

Publicado em


No próximo dia 1º de dezembro, o efetivo da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) será reforçado com a chegada de 373 profissionais. Os novos integrantes foram aprovados no concurso de 2018 e atuarão em diferentes cargos da instituição.

Na última quarta-feira (17), a Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger) iniciou os procedimentos para posse dos cargos pelos candidatos. Nesta etapa, que segue até o dia 26 de novembro, eles apresentam as documentações que comprovam os requisitos do cargo, certidões, declarações e os dados necessários para o preenchimento de formulários.

O secretário de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Marcelo Calmon, destacou que a Seger, em parceria com a PCES, o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Espírito Santo (IPAJM) e a Fundação de Previdência Complementar do Estado do Espírito Santo (Preves), realizou melhorias na gestão dos processos organizacionais de posse e exercício e esquematizou um atendimento coletivo, para garantir celeridade a esta fase.   

“Os procedimentos para posse estão sendo realizados com o auxílio do sistema de processo eletrônico do Governo do Estado, o e-Docs. Além de reduzir o uso de papel, a medida confere agilidade e simplificação aos trâmites processuais, contribuindo para a modernização da Administração Pública e para o atendimento”, disse Calmon. 

leia também:  Motociclista é atropelado por caminhão e morre ao parar após acidente na BR-470, diz PRF

Ao todo, tomarão posse 78 novos escrivães, 139 investigadores, cinco psicólogos, além de 72 peritos criminais, 48 auxiliares de perícia médica legal, 26 médicos legistas e cinco assistentes sociais. A medida integra a reestruturação das forças da Segurança Pública, que vem sendo feita desde o início da gestão, em 2019.

A reestruturação das forças de Segurança Pública do Estado é uma das diretrizes do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. O secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou a importância desse reforço para o efetivo da Polícia Civil.

“Somos profundamente gratos ao governador Renato Casagrande pela atenção que ele dedica à pasta de Segurança Pública, pois todo assunto relacionado à segurança dos capixabas é recebido de portas abertas, e tratado diretamente no gabinete do governador. A reestruturação das forças policiais não é diferente e a posse desses novos servidores é prova disso. O que vemos hoje são novos policiais civis que vão melhorar o atendimento à população nas delegacias, reforçar as equipes de investigação e atuar em diversas atividades inerentes à Polícia Civil. Da mesma forma, temos visto, desde 2019, a reestruturação do efetivo da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, bem como o reequipamento das instituições”, declarou o secretário.

leia também:  Polícia prende ex-militar do Exército suspeito de cárcere privado e apreende 75 armas em sua residência

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Seger
Vitor Possatti Rodrigues
[email protected]

Assessoria de Comunicação da Sesp
Victor Muniz
(27) 3636-1572 / 99284-3303
[email protected]

Policial - ES1.com.br

DHPM prende suspeita de matar mulher e ferir outra em Vila Velha


A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), prendeu em flagrante uma mulher de 23 anos, suspeita de ser a autora dos disparos que vitimaram outras duas mulheres, na manhã dessa quinta-feira (13), no bairro Aribiri, em Vila Velha. A suspeita foi presa também nessa quinta-feira (13), na Rodoviária de Vitória, no momento que tentava fugir para a Bahia.

As diligências que culminaram na prisão contaram com a participação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha, Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Delegacia Regional (DR) de Colatina e tiveram início assim que a Polícia Civil tomou conhecimento do crime. Na manhã dessa quinta-feira (13), duas mulheres foram vítimas de disparos de arma de fogo, sendo que uma delas foi a óbito ainda no local do fato e a outra foi socorrida.

Por volta das 21h30, a autora dos disparos foi localizada e presa. Segundo os levantamentos da DHPM, o crime foi motivado por desacertos relacionados ao tráfico de drogas na região, pois as vítimas estavam comercializando entorpecentes e tinham que prestar contas à autora, que atua como uma espécie de gerente do tráfico. No entanto, ao contabilizar, elas constataram que faltava droga e não havia dinheiro suficiente para fazer o pagamento.

“Durante o dia todo, o agente colheu informações de que a autora estava sendo ameaçada pelo tráfico local e não poderia retornar ao bairro, pois ela cometeu o homicídio sem ‘consentimento’ e ainda tinha sumido com a arma do crime. Nós descobrimos que ela ia tentar fuga para a Bahia. Contamos com o apoio da PRF para montar pontos de bloqueio, bem como minha equipe se deslocou ao interior do Estado. Contudo, ela foi presa à noite, quando tentava embarcar em um ônibus para Eunápolis (BA)”, relatou a titular da DHPM, delegada Raffaella Aguiar.

Ainda na manhã do crime, outra suspeita, de 40 anos, foi presa e conduzida à DHPM. “Durante todo o dia, foram realizadas diligências no intuito de obter indícios palpáveis quanto ao envolvimento dela nos crimes. Entretanto, não foi possível neste primeiro momento. Porém, ficou constatado o envolvimento dela com o tráfico, o que gerou a autuação em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas”, informou a delegada. 

As duas mulheres foram encaminhadas ao Sistema Prisional. As investigações continuam, a fim de apurar as circunstâncias e a autoria dos crimes em sua totalidade.

Texto: Camila Ferreira

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157 

leia também:  Polícia prende ex-militar do Exército suspeito de cárcere privado e apreende 75 armas em sua residência
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma