conecte-se conosco


Esportes

Neymar supera Ronaldo e se torna 2º maior artilheiro da seleção

Publicado em

© Paolo Aguilar/Pool via REUTERS


Neymar ultrapassou Ronaldo “Fenômeno” e chegou ao segundo lugar, atrás apenas de Pelé, na lista de artilheiros da seleção brasileira de todos os tempos, depois de marcar três gols na vitória por 4 x 2 sobre o Peru na noite de terça-feira (13), em partida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, na capital em Lima.

O atacante do Paris Saint-Germain tem agora 64 gols, dois a mais que Ronaldo e 13 atrás de Pelé, que encabeça a lista com 77, de acordo com a contagem da Fifa.

O técnico da seleção brasileira, Tite, estava relutante em comparar sua estrela atual com grandes nomes do passado.

“É injusto fazer comparações”, disse ele. “O que posso dizer é que o Neymar tem essa imprevisibilidade. Ele é o arco e a flecha, ele é um jogador que tanto faz como se arrisca. E ele fica cada vez melhor e mais maduro.”

Ontem (13), Neymar igualou e depois ultrapassou Ronaldo com dois pênaltis, antes de marcar o 64º gol durante os acréscimos no Estádio Nacional de Lima.

leia também:  Coritiba perde de 2 a 0 para o Atlético MG

O jogador de 28 anos comemorou segurando o número nove com as mãos no que parecia ser uma homenagem a Ronaldo, ex-atacante do Barcelona, ​​Real Madrid e Corinthians.

Neymar, que estreou pela seleção brasileira 2010, marcou 64 gols em 103 jogos.

Confira a tabela de classificação das Eliminatórias da Copa do Catar 2022.

Esportes

Brasil de Pelotas e CSA empatam em 1 a 1 pela 37ª rodada da Série B


No estádio Rei Pelé, em Maceió, o Brasil enfrentou, na noite de sexta (22), o CSA, em partida válida pela 37ª rodada da Série B do Brasileiro. O time comandado pelo técnico Cláudio Tencati saiu na frente, mas acabou sofrendo o gol de empate, finalizando o jogo no placar de 1 a 1. Para finalizar a competição, o Xavante entra em campo na próxima sexta (29), enfrentando o Vitória. A partida inicia às 21h30, no Bento Freitas.

Na primeira etapa, o rubro-negro criou várias oportunidades de finalizações, jogando com o time totalmente ofensivo. Aos 31 minutos, Matheus Oliveira dominou a bola e chutou com força para o gol, quase abrindo o placar. Mas foi aos 37 que as redes balançaram. Bruno José, com classe, chutou de fora da área e tirou o primeiro zero do marcador. Brasil 1 a 0.

Nos 45 finais, o Brasil seguiu com maior domínio do jogo. Logo no início, Matheus Oliveira chegou perto de fazer o segundo, mas o chute acabou triscando a trave. Porém, quando o relógio marcava 10 minutos, o time da casa acabou empatando com um gol de Rafinha, em cobrança de falta que desviou na barreira e tirou as chances de defesa do goleiro Marcelo. Os donos da casa seguiram pressionando até o apito final da partida, mas o placar ficou mesmo no empate.

  Sampaio Corrêa perde duelo para o Náutico

leia também:  Pancas realiza 1º Encontro dos Jogadores de Vôlei da Década de 90

Com o resultado, o Brasil chega aos 49 pontos e ocupa da 11º posição na tabela. O último compromisso do Brasil na Série B está marcada para próxima sexta (29), às 21h30, no Bento Freitas, quando recebe o Vitória.

Ficha técnica:

Brasil: Marcelo, Felipe Albuquerque (Rodrigo Ferreira), Heverton, Diego Ivo, Mateus Mendes, Cazonatti, Bruno Matias (Rafael Vinicius), Pablo, Matheus Oliveira (Dellatorre), Bruno José (Jarro) e Matheuzinho. Técnico Cláudio Tencati.

CSA: Matheus Mendes, Diego Renan (Norberto), Cleberson, Luciano Castán, Rafinha, Geovane, Yago (Pedro Júnior), Nadson (Rafael Bilú), Gabriel, Rodrigo Pimpão (Andrigo) e Pedro Lucas (Roni). Técnico Mozart.

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma