conecte-se conosco


Saúde

MP, PM e PC ampliarão combate contra a COVID-19 em São Gabriel e Vila Valério

Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar estão constatando a necessidade de ampliar as ações de combate ao coronavírus

Publicado em

Fotos: Editora Hoje/divulgação

É de ciência de toda a população que a pandemia da COVID-19 que avança cada vez mais nos municípios tem tirado o prumo e o controle emocional das pessoas, as vezes alimentadas com informações tendenciosas e que causam ainda mais pânico na sociedade. E segundo informações, considerando o agravamento político em meio a pandemia, entidades como o Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar vão ampliar o combate contra o novo coronavírus em São Gabriel da Palha e Vila Valério nos próximos dias, a fim de punir, aqueles que colocam em risco a saúde pública não cumprindo as medidas sanitárias adequadas afim de desacelerar a disseminação do vírus, como por exemplo o uso da máscara ao sair de casa (somente quando necessário) e o isolamento social (para aqueles que são suspeitos ou casos confirmados e ativos com o vírus).

E como as medidas de orientação feitas na cidade nas últimas semanas tem surtido pouco efeito, a informação obtida por nossa equipe, é que aquelas pessoas que não estiverem cumprindo os decretos que já são de conhecimento da sociedade, forem flagradas desrespeitando e colocando em risco a saúde pública serão encaminhadas a delegacia, e através disso, o Ministério Público tomará as medidas cabíveis na área criminal, uma vez que o descumprimento dos mesmos caracteriza crime de menor potencial ofensivo.

leia também:  Enap tem inscrições abertas para propostas de combate a covid-19

Ainda é importante ressaltar que o Executivo Municipal, neste caso o Chefe do Executivo (Prefeito) não pode intervir nos decretos Estaduais.

A orientação continua sendo a mesma: só sair de casa nos casos de real necessidade (uma única pessoa da família); não lotar fila de supermercados, feiras livres e farmácias; evitar aglomerações de qualquer tipo; e reforçar as medidas de higiene (como lavar as mãos com água e sabão e o uso de álcool em gel 70%).

Além disso, a pessoa que flagrar qualquer tipo de ato que desrespeite o bem comum (o não uso de máscara, por exemplo) poderá registrar por meio de fotos ou vídeos, incluindo fotos de tela de stories e status das redes sociais como WhatsApp, Facebook e Instagram, e encaminhar o conteúdo a Ouvidoria do Ministério Público com o maior número de informações possíveis, como nome, contato, endereço. Ainda segundo informações, não será poupado esforços por parte do Ministério Público, Polícia Militar e Polícia Civil para atuar nesta operação.

Se cada um fizer a sua parte, a pandemia será contida e vencida.

leia também:  Pancas lança consultas online de psiquiatria, psicologia e nutricionista

Audiência Pública Virtual – MPES

Em entrevista a rádios do Espírito Santo, na última terça-feira, 23, a procuradora-geral de Justiça, Luciana Andrade, convocou os cidadãos para o “Pacto pela Vida” contra a transmissão da COVID-19 e para a participação na audiência pública virtual que será realizada nesta sexta-feira (26). A audiência tem o objetivo de discutir, debater e encaminhar medidas para o combate eficaz e eficiente à proliferação do novo coronavírus.

Fonte: Editora Hoje

Saúde

Amaro Neto destina mais R$ 9 milhões em recursos para a saúde no ES

"Neste momento de união de esforços, buscamos ampliar a ajuda para que os capixabas tenham acesso à atendimento de qualidade na saúde pública e possamos salvar o máximo de vidas  possível”, afirmou o deputado. Foto: Reprodução/Facebook

O combate à pandemia do novo coronavírus nos municípios capixabas vai receber reforço com o envio de recursos financeiros extras de R$ 9 milhões para custeio e ações de enfrentamento à Covid-19. O dinheiro, que será transferido do Ministério da Saúde para os fundos municipais, foi destinado pelo deputado federal Amaro Neto.

“Mesmo antes da pandemia, nosso mandato já tinha a saúde como prioridade, tanto que enviamos recursos aos 78 municípios capixabas para atenção à saúde básica. Neste momento de união de esforços, buscamos ampliar a ajuda para que os capixabas tenham acesso à atendimento de qualidade na saúde pública e possamos salvar o máximo de vidas  possível”, explica o deputado.

De acordo com a portaria do Ministério da Saúde, os valores recebidos pelos municípios poderão ser utilizados no financiamento de serviços de saúde na atenção básica e de média e alta complexidade, aquisição e distribuição de medicamentos e insumos, aquisição de equipamentos, realização de pesquisas, contratação de serviços de saúde, contratação temporária de pessoal, divulgação de informações à população, bem como outras despesas necessárias para o enfrentamento do coronavírus.

leia também:  Pesquisa identifica medicamentos que podem combater o coronavírus

No Espírito Santo, o número de contaminados, de acordo com o Painel Covid do Governo do Estado, até a data de hoje (03/07) já chega a mais de 50 mil casos confirmados e 1.727 óbitos.

Com base nos critérios de números de casos e capacidade de atendimento em leitos hospitalares, a distribuição dos recursos ficou dividida da seguinte forma: Aracruz (R$ 500 mil); Cachoeiro de Itapemirim (R$ 500 mil); Cariacica (R$ 1 milhão); Colatina (R$ 500 mil); Guarapari (R$ 500 mil); Linhares (R$ 500 mil); São Mateus (R$ 500 mil); Serra (R$ 1,5 milhão); Viana (R$ 1 milhão); Vila Velha (R$ 1,5 milhão) e Vitória (R$ 1 milhão).

Fonte: Assessoria de Comunicação

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma
Powered by