conecte-se conosco


Esportes

Melhor da Série D, Gama recebe o Bahia de Feira

Publicado em

© Gabriel L. Mesquita/Ascom S.E Gama/Direitos Reservados


Com 16 pontos em seis rodadas, o Gama (DF) tem a melhor campanha geral da Série D do Campeonato Brasileiro. Líder do Grupo 6, a equipe do Distrito Federal recebe o Bahia de Feira (BA) neste sábado (17), às 16h (horário de Brasília). O duelo no estádio Bezerrão, no Gama (DF), terá transmissão ao vivo da TV Brasil.

Um dos únicos invictos da Série D, ao lado de Rio Branco (AC), Salgueiro (PE), Central (PE), Bangu (RJ) e Novorizontino (SP), o Gama possui o terceiro melhor ataque do torneio, com 13 gols marcados, ao lado de Altos (PE) e Bragantino (PA) e superado apenas por Ferroviária (SP), que foi às redes 14 vezes, e pelo rival Brasiliense (DF), com 15 gols. Já a defesa é a segunda mais eficiente, com apenas dois tentos sofridos em seis jogos, só atrás do Salgueiro, vazado uma vez (mas em cinco partidas).

Para encarar o Bahia de Feira, o Alviverde terá a volta do meia Andrei Alba, que cumpriu suspensão na vitória por 3 a 0 sobre o Palmas (TO) na última quarta-feira (14). Poupados pelo técnico Vilson Tadei, os zagueiros Gustavo Henrique e Emerson, o meia Everton e o atacante Nunes estão novamente à disposição. Destaque a Nunes, de 38 anos, artilheiro da equipe na temporada com 16 gols.

Já o Tremendão inicia a rodada em quarto lugar, com nove pontos, embalado pelo 3 a 0 aplicado na Caldense, também na última quarta-feira, em Feira de Santana (BA). A partida marcou o retorno do atacante Deon, vice-artilheiro do Campeonato Baiano, após três semanas se recuperando de uma lesão muscular. Outra novidade no duelo foi o também atacante Chael, recém-contratado e que é feirense de nascimento. Ele foi revelado em um projeto realizado na cidade chamado Acorda Para Vencer.

leia também:  CBF sinaliza que abertura do Brasileirão 2020 pode ser em 9 de agosto

O técnico Arnaldo Lira tem problemas para escalar o time diante do Gama. Além das contusões do lateral Angelo, do volante Diones e do atacante Pelé, o clube informou na última sexta-feira (16), pelas redes sociais, que seis jogadores testaram positivo para o novo coronavírus (covid-19) em exames feitos na segunda-feira (12). Segundo a postagem, os jogadores estão assintomáticos e isolados.

Regulamento

A primeira fase da edição 2020 da Série D reúne 64 clubes, abrange os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. Sob critérios regionais, as equipes foram divididas em oito grupos com oito times em cada. Os quatro melhores de cada chave avançam ao mata-mata. Os quatro classificados para a semifinal ganham o direito de disputar a Série C em 2021.

leia também:  Grande final do Campeonato Municipal de Vila Valério acontece amanhã (26)

Confira a classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Esportes

Inter vence Atlético Goianiense e tem vantagem na Copa do Brasil


Na noite desta quarta-feira (28), Atlético Goianiense e Internacional estrearam na Copa do Brasil em situações opostas na temporada. Enquanto os gaúchos lideram o Campeonato Brasileiro, os goianos estão na zona de rebaixamento.O jogo ocorreu no Estádio Olímpico em Goiânia.

Por isso, o Inter poupou vários dos atletas considerados titulares. E, mesmo assim, começou a partida em um ritmo intenso. Antes dos 10 minutos da etapa inicial, já havia perdido três oportunidades, com Nonato, William Pottker e Marcos Guilherme. Até que a pressão surtiu efeito aos 12 minutos. Marcos Guilherme foi no fundo e cruzou para o argentino Leandro Fernández. O atacante cabeceou para marcar o primeiro gol com a camiseta colorado e abrir o placar no Estádio Olímpico.

À frente no placar, o Inter diminuiu o ritmo e correu algum risco. O Atlético Goianiense chegou a ter um pênalti marcado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique aos 22 minutos. Mas, depois da reclamação intensa dos jogadores do Inter, ele foi ao VAR e anulou corretamente a marcação, já que o atacante da equipe da casa se atirou depois de driblar o goleiro Marcelo Lomba. Depois disso, a partida se arrastou até o intervalo sem maiores emoções.

leia também:  Coronavírus faz UEFA adiar jogos da Liga dos Campeões

Os anfitriões partiram com tudo na busca da igualdade. Mas não criaram grandes oportunidades. Por exemplo, aos sete minutos, Hyuri chegou a cabecear na área do Inter. Só que a bola subiu demais. Depois, aos 10, Hyuri, novamente, ganhou dos defensores pelo alto. Dessa vez a bola passou perto da trave. Mas foi para fora.

Insatisfeito com a lentidão da equipe rubra, o técnico argentino Eduardo Coudet colocou em campo dois titulares, Edenílson e Patrick, aos 12. Logo depois, as mudanças surtiram efeito. Aos 15, em bela troca de passes, Leandro Fernández deixou o lateral-esquerdo Moisés de frente com o goleiro Jean. O atleta colorado não desperdiçou a chance. Concluiu forte e rasteiro. A bola ainda bateu na trave e entrou.

Aos 44 minutos, o atacante Wellington Rato entrou na área do Inter com a bola dominada e foi derrubado por Abel Hernández. Pênalti para o Atlético. Jean, o goleiro da equipe da casa, cobrou e fez para o Dragão. Placar final: 2 a 1 para o Internacional.

O jogo de volta acontece na próxima terça-feira (3), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, às 21h30. O Internacional avança às quartas de final vencendo ou empatando. Ao Atlético Goianiense resta vencer por um gol de diferença para levar a decisão aos pênaltis ou fazer dois gols de diferença e avançar diretamente à próxima fase da Copa do Brasil.

leia também:  Projeto Campeões de Futuro de São Gabriel coloca atletas em atividade e realiza jogo amistoso

Edição: Liliane Farias

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma