conecte-se conosco


Economia - ES1.com.br

Medicamentos podem ficar mais caros a partir deste domingo

Publicado em

A partir deste domingo (31), medicamentos ficarão mais caros. O percentual oficial de reajuste ainda não foi divulgado pelo governo, mas a indústria farmacêutica estima um aumento de 4,3% para o ano de 2019. Se confirmado o reajuste, os remédios passarão a ser vendidos com valor acima da inflação do ano passado, que fechou em 3,75%. 

O preço dos remédios são reajustados anualmente pelo governo, no último ano o reajuste foi de 2,83%. O novo índice deve passar a valer a partir de abril, mas o aumento só deverá ser percebido gradualmente nas farmácias, à medida que os estoques são renovados. 

 

Folha Vitória

leia também:  Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro

Economia - ES1.com.br

Dólar cai para R$ 5,46 e fecha no menor valor em dois meses


Num dia de alívio no mercado externo e interno, o dólar teve queda expressiva e fechou abaixo de R$ 5,50 pela primeira vez desde novembro. A bolsa teve forte alta e voltou a superar os 108 mil pontos.

O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (19) vendido a R$ 5,466, com recuo de R$ 0,094 (-1,7%). A moeda operou em baixa durante toda a sessão, mas acelerou a queda a partir do fim da manhã.

Essa foi a primeira queda após duas altas seguidas. A cotação está no menor nível desde 12 de novembro, antes da votação da emenda constitucional que parcelou os precatórios (dívidas do governo reconhecidas definitivamente pela Justiça). Com o desempenho de hoje, a divisa acumula baixa de 1,97% nos primeiros dias de 2022.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela trégua. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 108.013 pontos, com alta de 1,26%. O indicador foi puxado por ações de empresas varejistas, que tinham caído muito nas últimas semanas e ficaram baratas, e por empresas ligadas a commodities (bens primários com cotação internacional).

leia também:  Dólar cai para R$ 5,21 e fecha no menor valor em duas semanas

O Ibovespa descolou-se das bolsas norte-americanas, que fecharam em queda. Em relação ao mercado de câmbio, o dólar teve um dia de trégua em todo o planeta, após ter subido ontem (18). Paralelamente, houve uma alta global no preço das commodities que beneficiou países emergentes, como o Brasil.

* Com informações da Reuters

Edição: Fábio Massalli

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma