conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Inscrições para cursinho pré-Enem gratuito vão até dia 14

Publicado em

A Secretaria de Educação do Espírito Santo anunciou na segunda-feira, 05, a abertura das inscrições para o curso de pré-Enem. Serão 2.060 vagas na modalidade presencial, ofertadas em 37 municípios (veja lista no final da matéria). As inscrições devem ser feitas pelosite da Sedu de terça-feira, 06, até o dia 14 de março.
Os alunos serão selecionados para a modalidade presencial com base nas notas de Português e Matemática do ano anterior. Mesmo quem não obtiver vaga, poderá acessar o pré-Enem digital, disponível para todos os alunos da rede pública estadual. A plataforma disponibilizará aulas de Português e Matemática além de uma plataforma de redação, onde os textos serão analisados por um sistema de inteligência artificial, chamado Letrus, que já vai perceber imediatamente erros gramaticais e repetições de palavras, por exemplo.
 
Como serão as aulas

Na Grande Vitória, nos polos Cariacica, Serra, Vitória e Vila Velha, a partir deste mês de março, os estudantes terão aulas da seguinte forma: terça, quarta e quinta-feira serão de aulas presenciais e segunda e sexta-feira estudos orientados (plataforma online).
No interior, ainda neste mês de março, serão realizadas aulas presenciais de Matemática e Redação, distribuídas em aproximadamente 33 municípios. Já a partir de junho, além das aulas de Matemática e Redação, serão ofertadas as aulas dos outros componentes curriculares.
Dois aulões também estão previstos: um no primeiro semestre e outro segundo, em todos os polos do Estado, destinados aos cursistas e para os demais estudantes concluintes do Ensino Médio.
Para as aulas presenciais serão contratados professores da rede estadual de ensino, e também de fora, com experiência em curso preparatório para Enem/Vestibulares para atuarem nos polos selecionados. Os profissionais serão credenciados pela Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), por meio de edital próprio. Atualmente, 500 profissionais já estão credenciados para participar do projeto.
 
As cidades com pré-Enem presencial
 
– Afonso Cláudio
– Água Doce do Norte
– Alegre
– Anchieta
– Aracruz
– Baixo Guandu
– Boa Esperança
– Cachoeiro de Itapemirim
– Cariacica
– Castelo
– Colatina
– Domingos Martins
– Fundão
– Guaçuí
– Guarapari
– Itaguaçu
– Iúna
– Jaguaré
– Linhares
– Mantenópolis
– Marataízes
– Marechal Floriano
– Marilândia
– Montanha
– Muqui
– Pancas
– Santa maria de Jetibá
– Santa Teresa
– São Gabriel da Palha
– São Mateus
– Serra
– Sooretama
– Vargem ALta
– Venda Nova do Imigrante
– Viana
– Vila Velha
– Vitória

Gazeta Online

leia também:  Merenda escolar de qualidade para os alunos da rede municipal de Vila Valério

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Merenda escolar de qualidade para os alunos da rede municipal de Vila Valério

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!