conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Inscrições abertas em cursos on-line para profissionais da Educação

Publicado em

Estão abertas as inscrições para dois cursos on-line voltados para profissionais da educação das escolas públicas estaduais, Superintendências Regionais de Educação (SREs) e Unidade Central. Os cursos estão sendo ofertados pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu), por meio do programa Sedu [email protected], em parceria com a Fundação Telefônica Vivo/Escolas Conectadas.
A ação tem como objetivo reorganizar os espaços escolares promovendo, assim, o desenvolvimento da fluência digital na comunidade escolar, com foco no fortalecimento da cultura de inovação e no desenvolvimento de competências para formar a nova geração de jovens protagonistas.
Para se inscrever, os interessados devem acessar a ficha de inscrição por meio do link http://curriculointerativo.sedu.es.gov.br/, até o dia 28 de março de 2018. Vale destacar que a inscrição somente será validada após confirmação, por e-mail, da equipe responsável.
Os cursos são de curta duração, 100% on-line e o certificado será gerado em formato digital, disponível na própria plataforma.  A previsão é iniciar as formações no dia 16 de abril.
Os cursos serão ofertados para todas as escolas estaduais a cada dois meses, até novembro de 2018. Caberá aos interessados planejarem suas inscrições, escolhendo apenas um dos cursos mensais, de acordo com a proposta pedagógica da sua escola.

leia também:  INEP divulga gabarito preliminar e caderno de provas do Enade 2018

Sedu [email protected]

O Sedu [email protected] – http://sedudigital.sedu.es.gov.br/ – tem como objetivo facilitar o acesso de educadores a materiais educativos de base tecnológica, de forma a enriquecer e dinamizar as práticas pedagógicas. Além disso, ferramentas também irão apoiar os estudantes que querem aprofundar seus estudos e os pais preocupados em acompanhar a educação de seus filhos.
Dentre as ações propostas pelo Sedu [email protected] estão: desenvolvimento de metodologias ativas, criação de plataformas e conteúdos digitas para Reforço Escolar, EJA e Ceeja Digital, Pré-Enem Digital, e disponibilização da plataforma Currículo Interativo contendo um banco de objetos de aprendizagem curados e catalogados de acordo com o currículo estadual.
A proposta é desenvolver cultura/experiência digital integrada ao desenvolvimento e fortalecimento do currículo escolar, por meio de formação e assessoramento, metodologias ativas, estímulo ao engajamento e produção de conhecimento e valorização das produções escolares.

Confira os cursos disponíveis

Inova Escola: Espaços Diferenciados – Carga horária – 20 horas

Este curso pretende expandir a visão dos educadores sobre espaços e ambientes de aprendizagem, mostrando quais são as tendências em termos de infraestrutura escolar e como se inova em tais espaços com ações desde as mais simples até as mais complexas. Os participantes são convidados a refletir sobre espaços de aprendizagem e ampliam seus repertórios em contato com alguns casos reais. São ainda estimulados a compreender como as atividades dentro da escola, bem como extramuros, podem ser otimizadas com um simples repensar desses espaços.

leia também:  Merendeiro dá o toque especial no sabor da merenda em escola da Rede Estadual

Mudança de tempos e espaços para a inovação pedagógica – Carga horária – 15 horas

Neste curso, será feita uma análise do modelo de escola tradicional para que sejam colocadas em prática ações e estratégias que permitam romper com o ensino engessado, tornando o ambiente escolar mais dinâmico e atrativo para os estudantes. Os profissionais conhecerão, ainda, diversas experiências inspiradoras que os ajudarão nesta importante missão como educadores.

Assessoria de comunicação/ Sedu

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Ifes divulga lista de aprovados para Especialização em Administração Pública

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2