conecte-se conosco


Saúde

Hospital São Gabriel divulga 2º boletim de COVID-19 (Coronavírus)

Publicado em

O Hospital São Gabriel, divulgou o 2º boletim informativo sobre pacientes confirmados com COVID-19 (Coronavírus) em São Gabriel da Palha.

Havia um paciente em regime de “quarentena”, em sua residência em São Gabriel da Palha, mas o teste para o COVID-19 foi dado como negativo. Portanto, até o momento não foi confirmado nenhum paciente com a doença na cidade.

O hospital reforça que está seguindo rigorosamente os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde durante o atendimento ais usuários, como repouso/quarentena aos pacientes que apresentarem resfriado, gripe e outros que não caracterizarem a necessidade da internação/isolamento hospitalar.

A direção do hospital confirmou ainda que a unidade se encontra preparada para o recebimento de pacientes com suspeita (seguindo os protocolos) e a casos de confirmação do novo Coronavírus.

 

BOLETIM 2 – 19/03 – 19h58

Hospital São Gabriel

Nenhum caso de COVID-19 confirmado

 

Quando ir a unidade de saúde?

Apenas em caso de urgência/emergência.

 

Medidas administrativas do Hospital São Gabriel: 

• Só será permitido visita a pacientes internados exclusivamente no horário de 13 às 14 horas. Visitantes com estado de gripe, resfriado e febre não poderão entrar;

leia também:  Associação diz que não há necessidade de corrida aos supermercados

• A troca de acompanhantes deverá ser realizada apenas e exclusivamente no horário de visita;

• Para atendimentos no Pronto-Socorro, será permitido a entrada de acompanhantes, exceto em casos de crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais.

 

Como prevenir

Até o momento não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

– Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;

– Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

– Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

 

Fonte: Editora Hoje/SESA

Saúde

Covid-19: 500 mil kits de teste rápido chegam ao Brasil

Exame permite que se tenha um resultado em apenas 15 minutos

.

O primeiro lote com 500 mil kits de testes rápidos para o novo coronavírus, comprados pela empresa Vale, já chegaram ao Brasil. A remessa vinda da China desembarcou no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na tarde de ontem (30) e foi encaminhada para o centro de logística do Ministério da Saúde na capital paulista.

A Vale fechou a compra de 5 milhões de kits para a verificação de infecção por covid-19. O teste, produzido pela empresa chinesa Wondfo, tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele detecta anticorpos e permite que se tenha um resultado em apenas 15 minutos.

Segundo a mineradora, a doação é uma forma de ajudar o governo brasileiro no combate à disseminação da doença no país. A Vale está usando sua rede de logística na Ásia para trazer insumos ao Brasil. As 4,5 milhões de unidades restantes serão entregues à empresa pelo fornecedor ao longo do mês de abril.

A logística de distribuição dos kits no Brasil será feita pelo governo federal e o Ministério da Infraestrutura é o responsável por garantir a oferta de linhas aéreas essenciais para o despacho do material. A pasta também deve atuar em suporte quando houver lacunas na distribuição. “O ministro Tarcísio [Freitas] está em contato com os estados através do Conselho Nacional de Secretários de Transportes (Consetrans) e conta com a possibilidade de usar aeronaves e veículos oficiais, além do apoio das Forças Armadas”, informou o ministério.

leia também:  COVID-19: Céia Ferreira publica decreto que regulamenta o funcionamento das indústrias de São Gabriel

Em publicação no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro destacou o trabalho da equipe. “Chega o primeiro lote de kits de exame rápido. Quinhentos mil itens de um total de 5 milhões doados pela Vale. A distribuição do material desta etapa está a caminho dos 26 estados de todo Brasil e DF”, escreveu.

Hospital das Clínicas de Porto Alegre

Bolsonaro também anunciou a chegada de novos equipamentos de Terapia Intensiva no Hospital das Clínicas de Porto Alegre (HCPA), custeado com recursos do Ministério da Educação (MEC). De acordo com o presidente, mais recursos serão distribuídos para expansão dos leitos de 40 hospitais universitários.

No dia 13 de março, o governo editou medida provisória que destina R$ 5 bilhões para combater a crise provocada pelo coronavírus (Covid-19). Do montante, além dos recursos para o HCPA, os hospitais universitários receberão R$ 204 milhões.

leia também:  Conheça o chá que promete eliminar gordura corporal e até prevenir o câncer

O hospital de Porto Alegre passará a contar com 105 leitos em um novo Centro de Terapia Intensiva (CTI). A unidade atual tem 53 leitos. Ele é integrante da rede de hospitais universitários do MEC e vinculada academicamente à Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

De acordo com o ministério, a obra física do novo CTI foi entregue em outubro de 2019. Com o surgimento da pandemia de covid-19, o MEC liberou, no início de março, emergencialmente, R$ 57 milhões para que o hospital comprasse os equipamentos e pagasse as despesas de custeio para colocar a unidade em funcionamento.

O CTI será implementado de forma gradual e, até sexta-feira (3), dez novos leitos de terapia intensiva dedicados, exclusivamente, a pacientes portadores de covid-19 devem ser instalados. Além disso, o MEC analisa o pedido de 775 vagas para profissionais assistenciais e de apoio para atuarem na unidade.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS DA SEMANA

error: O conteúdo está protegido !!