conecte-se conosco


Estado

Hemoes registra queda de três mil doadores de sangue em quatro meses

Publicado em

De março a junho deste ano, auge da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo, o Centro Estadual de Hemoterapia e Hematologia Marcos Daniel Santos (Hemoes) registou a captação de 13.385 doações de sangue nos seis pontos de coleta da rede estadual. No mesmo período de 2019, foram 16.322. São quase três mil doadores que deixaram de comparecer às unidades de coleta.

Segundo informou a diretora do Hemoes, Marcela Gonçalves Murad, as unidades registram estoques de todos os tipos de sangue abaixo do limite aceitável nessa pandemia, que pode ter como consequência a falta de hemocomponentes. “Desde o início da pandemia, mais precisamente do isolamento social, temos trabalhado com estoque crítico. Não há substituto para o sangue, por isso, precisamos que a população colabore com doações regulares para manter os estoques em níveis adequados”, disse.

O atendimento em todas as unidades é feito, preferencialmente, por meio de agendamento. A medida visa a reduzir a circulação de pessoas nos locais para evitar aglomeração, reduzindo a possibilidade de transmissão do novo Coronavírus.

leia também:  Clientes do Bandes podem acompanhar andamento do financiamento on-line

Quem pode doar

Antes de efetivamente doar sangue, os voluntários passam por uma triagem para avaliar sua condição de saúde e verificar se estão aptos a realizar a doação. Quem tem entre 16 e 69 anos pode se candidatar como voluntário. Para os mais velhos, uma ressalva: só pode doar quem tiver feito a primeira doação até os 60 anos. Já os menores de 18 anos precisam de autorização de um responsável legal.

O interessado em doar sangue deve ir até uma unidade do Hemoes, apresentar um documento oficial com foto e responder a um questionário. Caso tenha almoçado, deve aguardar três horas após a refeição para fazer a doação.

Neste período de pandemia, pessoas que tiveram diagnóstico positivo para o novo Coronavírus podem realizar a doação após 30 dias sem apresentar sintomas. Já as pessoas que estiverem com sintomas gripais não devem comparecer para doação.

Agende sua doação hoje mesmo:

-Hemocentro de Vitória

Endereço: Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe | Telefone: 3636-7920

leia também:  Espírito Santo é referência em transparência nos dados do novo Coronavírus

-Unidade de Coleta de Sangue da Serra

Endereço: Avenida Eudes Scherrer Souza, s/nº (anexo ao Hospital Estadual Dório Silva) | Telefone: (27) 3218-9429

-Hemocentro de Linhares

Endereço: Av. João Felipe Calmom, 174-298 – Centro | Telefone: (27) 3264-6000

-Hemocentro de Colatina

Endereço: R. Cassiano Castelo, 276 – Centro | Telefone: (27) 3717-2800

-Hemocentro de São Mateus

Endereço: Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington | Telefone: (27) 3767-7954

 

Fonte: Governo ES

Estado

Governo do Espírito Santo divulga 17º Mapa de Risco Covid-19


.

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta (07), o 17º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (10) e o domingo (16). Ao todo, 12 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo, outros 54 estão em Risco Moderado e 12 em Risco Alto.

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, levando em consideração o coeficiente de incidência da doença. No dia 04 de maio, o Mapa de Risco passou a contar a taxa de ocupação dos leitos de UTI. No dia 18 de maio, a Matriz de Risco Ampliada entrou na terceira fase com a inserção da taxa de letalidade, do índice de isolamento social e a porcentagem da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco. A nova Matriz de Risco Ajustada entrou em vigor no último dia 13, permitindo que todas as cidades capixabas fossem classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

leia também:  Inscrições abertas para Programa Parlamento Jovem Brasileiro 2020

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO ALTO: Águia Branca, Anchieta, Bom Jesus do Norte, Colatina, Ecoporanga, Ibiraçu, Mimoso do Sul, Mucurici, Piúma, Presidente Kennedy, São Mateus e Sooretama.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Apiacá, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Brejetuba, Boa Esperança, Cariacica, Castelo, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Fundão, Governador Lindenberg, Guarapari, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Montanha, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Teresa, Santa Leopoldina, São Gabriel da Palha, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Roque do Canaã, Serra, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Cachoeiro de Itapemirim, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Itarana, Itaguaçu, Iúna, Jaguaré, Marilândia, Muqui, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá e Vila Pavão.

leia também:  Crédito fundiário: em oito meses cerca de 162 famílias foram contempladas

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma