conecte-se conosco


Estado

Hemoes receberá Certificado ISO 9001/2015 por excelência de trabalhos realizados

Publicado em


O Centro Estadual de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (Hemoes), localizado em Vitória, receberá, em dezembro próximo, o Certificado da ISO 9001/2015, que reconhece as atividades desenvolvidas pelo órgão. O reconhecimento qualifica a gestão e o atendimento aos doadores de sangue e medula óssea no Estado.

O recebimento da certificação representa o reconhecimento internacional do sistema de gestão da qualidade da unidade e permite a mensuração do progresso em direção à melhoria contínua de desempenho do hemocentro como, por exemplo, a forma de desenvolvimento da captação de doadores, exames laboratoriais do doador e receptor de sangue, estocagem, transporte e distribuição de hemocomponentes e hemoderivados do sangue.  

A coordenadora geral do Hemoes, Marcela Gonçalves Murad, destaca a importância do reconhecimento e desenvolvimento do trabalho no Centro para o alcance desse certificado. “A implantação do sistema de gestão dos processos com foco no cliente, demonstra o compromisso que temos com a qualidade dos serviços prestados. Prezamos pela satisfação e pelo bem-estar do cliente”, disse.

Marcela Murad ressalta a participação e o envolvimento de todos os profissionais e colaboradores da instituição, além da construção da estrutura padrão, conforme a norma internacional, como fatores que permitiram o alto nível de satisfação e segurança dos serviços prestados no Hemoes à população capixaba.

leia também:  Iema divulga resultados e convocação para comprovação de títulos do Processo Seletivo 01/2019

“Temos processos extremamente seguros, servidores capacitados, dedicados e comprometidos com o trabalho, parque tecnológico com equipamentos modernos integrados às rotinas de trabalho. A certificação é o reconhecimento, é a confirmação da realização desses padrões de excelência. É gratificante saber que estamos evoluindo, que nossa gestão está no caminho certo, contribuindo e implantando melhorias na saúde pública do Estado”, pontua.

A instituição, que é referência da Secretaria da Saúde (Sesa) em atendimento ao cidadão doador de sangue e seus hemocomponentes, assim como seus hemoderivados, atua há 22 anos, sempre com o compromisso de prezar pela sustentabilidade qualidade e segurança do paciente.

Serviços

O Hemoes oferece serviços de triagem sorológica, imunohematologica e demais exames laboratoriais, coleta, identificação, processamento, estocagem, transporte e distribuição de hemocomponentes e hemoderivados com finalidade terapêutica ou de pesquisa.

Também realiza procedimentos hemoterápicos especiais como: aféreses, doações autólogas e outras que venham de desenvolvimento científico e tecnológicos, desde de que validados pelas normas técnicas ou regulamentos do Ministério da Saúde.

No Hemocento são feitos o cadastro e a coleta de amostras de sangue de candidatos à doação de medula óssea.

Proteção e orientação ao doador inapto e seu encaminhamento a unidades que promovam sua reabilitação ou promovam suporte clínico, terapêutico e laboratorial necessário ao seu bem-estar físico e emocional, além de assistência hematológica a pacientes também são funções do Hemoes.   

leia também:  Governo do Estado autoriza início de obras rodoviárias em Linhares

 

ISO 9001/2015

Criada para normatizar diversos segmentos de serviços, a ISO 9001 visa a empregar padrões de qualidade de atendimentos e serviços em nível internacional. No Brasil, segue padrões das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e é fiscalizada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

A ISO 9001/2015 é utilizada pelas empresas por sua relevância e abrangência. Essa norma trata do sistema de gestão de qualidade a ser implantado pelas empresas. É a partir dela que as empresas se fundamentam para otimizar os processos de funcionamento.

Obter a recomendação de certificação na norma ISO 9001/2015, demonstra que o Hemoes está em conformidade dos processos e procedimentos de trabalho implementados visando à melhoria contínua de desempenho; o foco no cliente, bem como, o cumprimento das exigências legais, técnicas e sanitárias para assegurar produtos e serviços dentro dos padrões de qualidade exigidos.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais/ Ana Cláudia dos Santos
[email protected]

Fonte: Governo ES

Estado

SEP participa do 83º Fórum do Conseplan


O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, participou, nessa quinta-feira (02) e sexta-feira (03), em Curitiba, no Paraná, do 83º Fórum do Conselho Nacional de Secretários de Planejamento (Conseplan). No encontro, foram realizados debates ligados à gestão pública orçamentária e financeira dos Estados. O evento acontece de forma presencial depois de quase dois anos, seguindo os protocolos de segurança e combate à Covid-19.

Duboc destacou a importância da participação da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP) como representante do Espírito Santo, especialmente no debate com a subsecretária de Relações Financeiras Intergovernamentais do Ministério da Economia, Pricilla Santana, em que foram abordadas alterações das faixas dos indicadores de endividamento e poupança corrente dos entes subnacionais.

Nota A

Um dos vice-presidentes regionais do Conseplan, Duboc explica que esses indicadores fiscais são relacionados à avaliação de Capacidade de Pagamento dos Estados e Municípios da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), em relação à qual o Espírito Santo conquistou, em 2021, mais uma vez, Nota A, fato que se repete desde 2012, na primeira gestão do governador Renato Casagrande.

leia também:  Projeto 'Dança na Roda' tem inscrições abertas

A Capag avalia endividamento, poupança corrente e liquidez. O primeiro indicador é calculado pela relação entre a dívida consolidada e a receita corrente líquida. O segundo, definido pela relação entre a despesa corrente e a receita corrente ajustada. Já a liquidez é calculada pela relação entre as obrigações financeiras e a disponibilidade de caixa bruta. Em todos os três indicadores, o Espírito Santo recebeu a nota máxima, conforme boletim divulgado em setembro deste ano, pela STN.

Reunidos sob a coordenação do presidente do Conseplan, Valdemar Bernardo Jorge, que é secretário de Planejamento do Paraná, os gestores discutiram temas que, para Álvaro Duboc são prioritários, como “Benefícios de Natureza Tributária no contexto da Emenda Constitucional 109/21”, “Metodologia de avaliação e monitoramento fiscal e financeiro dos entes subnacionais” e “Experiências de cooperação regionais, nacionais e subnacionais do Eurosocial. Também foi debatido caso do Brasil Eurosocial x Conseplan”, além do “Piso Nacional da Educação”.

Entre os palestrantes participaram, além de Pricilla Maria Santana, o diretor de Programas do Ministério da Economia, Bruno Pessanha Negris; o subsecretário de Planejamento da Infraestrutura Subnacional do Ministério da Economia, Fábio Hideki Ono; a presidente do Grupo de Gestores das Finanças Estaduais (Gefin), Célia Maria Silva Carvalho; e o auditor Fiscal da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul, Cezar Dal Bosco.

leia também:  Governo do Estado autoriza início de obras rodoviárias em Linhares

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da SEP
Claudia Feliz
(27) 3636-4258 / 99507-4071
[email protected]

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma