conecte-se conosco


Estado - ES1.com.br

Governo do Estado lança 2ª edição do Programa Centelha no Espírito Santo

Publicado em

Foto: Rodrigo Araujo/Governo-ES


Mais investimento para impulsionar o empreendedorismo inovador do Espírito Santo. Foi pensando nisso que o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), lançou, na tarde desta quarta-feira (12), a 2ª edição do Programa Centelha no Estado. O lançamento ocorreu em solenidade no Palácio Anchieta, em Vitória, com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande, de empreendedores e autoridades capixabas.

O edital da 2ª edição do Centelha ES investe R$ 4,3 milhões na seleção de 50 projetos de negócios inovadores, sendo R$ 2 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), R$ 1,3 milhão em bolsas de Fomento Tecnológico e Extensão, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e mais R$ 1 milhão da Fapes. Cada projeto contemplado na chamada pública vai receber o apoio financeiro de até R$ 86 mil para desenvolver ideias em negócios de sucesso.

“O Centelha é um importante programa de tecnologia que existe hoje no País, mostrando como as atitudes podem mudar o mundo. A atitude da pessoa de escrever uma ideia, que pode se transformar em um bom projeto e depois numa empresa. Melhorando assim a vida das pessoas e gerando emprego e renda. Ficamos muito felizes que o Centelha I teve mais de três mil ideias registradas, sendo um recorde nacional. Isso mostra que o ambiente de inovação está presente na população capixaba. Inovar não é tarefa apenas de um governo ou de instituição, mas sim de todos que se envolvem neste trabalho. Queremos um Estado cada vez mais competitivo, justo, sustentável, inovador e com desenvolvimento regionalizado”, afirmou o governador Casagrande.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, lembrou que, desde 2019, o Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha) vem estimulando a criação de empreendimentos inovadores, já com cases de sucesso no Espírito Santo. “Nesta edição, 50 novos empreendimentos serão contemplados e terão à disposição uma série de benefícios, como recursos financeiros para desenvolver seu negócio, além de capacitações e suporte para alavancar o empreendimento. Além disso, acesso a instituições de ciência, tecnologia e inovação e a incubadoras”, disse.

leia também:  Prefeitura de Colatina assina contrato de financiamento do Procidades nesta sexta-feira (05)

Hoffmann destacou ainda o potencial inovador das empresas capixabas, que registram forte interesse e participação no programa. “No Centelha I, o Espírito Santo foi case nacional e registrou 3.556 inscritos, mais que o dobro do que Santa Catarina, que ficou em segundo lugar com 1.500 inscrições”, pontuou.

“É importante ressaltar que esse é um Governo cujo o governador aposta na inovação como uma forma de desenvolvimento econômico do Espírito Santo. Isso sempre ficou claro desde o início da gestão. Nós já tivemos o Centelha I, em 2019, e foi um grande sucesso. Nós fomos o Estado que mais teve submissões de projetos no País e, inclusive, teve uma ampliação, na época, do investimento aprovado pelo Governo do Estado depois de tamanho sucesso. Foi uma demonstração clara do quanto a sociedade capixaba é criativa e só precisa de um incentivo, de um impulso para empreender”, ressaltou a diretora-presidente da Fapes, Cristina Engel.

Para ela, o nome do programa é significativo para o Estado. “O Centelha é exatamente o que o nome diz: uma faísca, uma centelha, um impulso para apostar na sua ideia. E isso não são todos os governos que estão dispostos a fazer. Com o lançamento desse edital, queremos desengavetar e alavancar ideias, e que as pessoas acreditem na inovação como uma forma de desenvolvimento pessoal e também no desenvolvimento do Espírito Santo”, frisou.

leia também:  Incaper e Embrapa realizam evento sobre tecnologias para produção sustentável do leite

Os interessados podem submeter uma proposta do dia 12 de janeiro a 11 de março de 2022. Nesta primeira fase do edital, 200 projetos serão selecionados. Desse total, 50 chegarão à terceira e última fase da chamada pública. As submissões podem ser feitas no site: www.programacentelha.com.br/es  

Quem pode?

Podem participar pessoas físicas ou empresas com faturamento anual bruto de até R$ 4,8 milhões, com até 12 meses da criação, contados a partir do lançamento do edital.

Quais benefícios?

Os empreendedores que participarem terão à disposição um conjunto de benefícios, entre eles recursos financeiros, por meio de subvenção econômica, para desenvolverem seu negócio, além de capacitações e suporte para alavancar o empreendimento. Contarão ainda com acesso a instituições de ciência, tecnologia e inovação e a incubadoras. A iniciativa oferece recursos financeiros de até R$ 86 mil para os 50 projetos contemplados, ao final das três fases.

O que é o Programa Centelha?

O Programa Centelha visa a estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no País.  A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI. No Espírito Santo, é executada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Raphael Marques
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sectides
Ana Luiza Freitas / Gabriela Galvão / Larissa Linhalis
(27) 3636-9707 / 6753 / 1822 / 99949-8105 / 99942-9537 / 98102-0236
[email protected]

Assessoria de Comunicação da Fapes
Samantha Nepomuceno
(27) 3636-1867
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

Estado - ES1.com.br

CRJ Colatina abre seleção para contratar nove profissionais que vão compor equipe de trabalho


O Centro de Referência das Juventudes (CRJ) Colatina abriu seleção para contratar nove profissionais que vão compor a equipe de trabalho. Confira aqui o edital. As inscrições podem ser feitas até o dia 04 de fevereiro.

As oportunidades são para porteiro, auxiliar de serviços gerais, assistente administrativo (duas vagas), assistente pedagógico, assistente social, psicólogo (a), terapeuta ocupacional e duas vagas para educadores sociais. Os salários vão de R$ 1.500 a R$ 2.900, com vale-alimentação e vale-transporte. A carga horária depende do cargo, variando de 30 a 40 horas semanais.  

Os interessados (as) devem enviar o currículo para [email protected]. É importante que, no assunto do e-mail, conste o nome do cargo que o candidato (a) pretende concorrer. O currículo deve estar obrigatoriamente anexado à mensagem, em formato PDF ou DOC, com o nome do (a) participante.

A primeira fase da seleção será composta por avaliação de currículo. Em seguida, os aprovados passam por entrevista eliminatória. O regime de contrato será regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

O resultado final da seleção será divulgado no Site JuventudES, no dia 14 de março deste ano.

leia também:  Conselhos de Transparência e de Controle fazem balanço de avanços no ano e iniciam planejamento para 2022

CRJ

A previsão é de que o CRJ Colatina seja inaugurado neste ano. Será um espaço moderno e acolhedor para jovens de 15 a 24 anos. No equipamento, as juventudes vão poder fazer gratuitamente cursos, oficinas, usar espaços para trabalho, laboratórios criativos, construir planos de trabalho e de vida, além de fazer passeios fora do território, entre outros.

Os CRJs estão sendo implantados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), em dez municípios atendidos pelo Programa Estado Presente em Defesa da Vida. São eles: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari, Linhares, São Mateus, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim e Aracruz.

“Já começamos a atuar em outras cidades, como Serra e Vila Velha. Estamos em processo de mobilização em Cachoeiro, Aracruz e em Linhares. No total, serão 14 CRJs em todo Estado para que as nossas juventudes tenham mais oportunidades. Eles são o maior investimento já feito às juventudes no Espírito Santo”, ressaltou o secretário de Estado de Direitos Humanos em exercício, Geovanni Lima.

O CRJ Colatina é fruto de uma parceria com a Organização da Sociedade Civil (OSC) Instituto de Promoção Humana, Aprendizagem e Cultura (Instituto Promover – IPHAC). O Instituto Promover é quem realiza o processo seletivo para contratação de profissionais e vai fazer a gestão do CRJ, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos.

leia também:  Equipe da Apoie SRE Guaçuí realiza fórum ‘Acolher é transformar vidas’

Estado Presente

O Programa Estado Presente em Defesa da Vida é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, que conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a implementação de ações de prevenção e combate à violência. O objetivo é contribuir para a redução dos elevados índices de crimes violentos (homicídios e roubos) entre jovens de 15 a 24 anos, nas regiões de maior vulnerabilidade social e, historicamente, mais atingidas pela violência.

 

Cronograma:

Prazo de envio de currículos: até as 18h de 04/02/2022
Seleção por meio da análise curricular: de 07/02/2022 a 18/02/2022
Publicação do resultado da análise curricular: 21/02/2022
Entrevistas individuais: de 22/02/2022 a 11/03/2022
Divulgação do resultado final: 14/03/2022

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã no ES
Danielly Campos
(27) 3636-1330 e (27) 99231-5186
[email protected]

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma