conecte-se conosco


Estado - ES1.com.br

Governo do Estado investe no enfrentamento da extrema pobreza no Espírito Santo

Publicado em

Os indicadores de pobreza e de extrema pobreza do Brasil avançaram de maneira significativa nos últimos anos. A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) agravou a crise social e econômica e, consequentemente, o processo de empobrecimento da população brasileira. Diante desse cenário, o Governo do Estado considerou que a ampliação e o fortalecimento da rede de proteção social e os serviços nela incluídos são elementos fundamentais para a diminuição dos impactos da crise, principalmente para as famílias capixabas em situação de vulnerabilidade.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na última pesquisa da Síntese de Indicadores Sociais, divulgada em 2021, o Espírito Santo tem 3,8% de sua população (154 mil pessoas), em situação de extrema pobreza. Ainda que o esse índice esteja abaixo da média nacional (de 5,7%, correspondente a 12 milhões de brasileiros), o Governo Estadual colocou como prioritário os investimentos na política de assistência.

Transferência de renda no combate à extrema pobreza

Nos últimos anos, o Governo do Estado promoveu três grandes ações de combate à fome e à extrema pobreza no Estado: o Cartão ES Solidário, o programa Compra Direta de Alimentos (CDA) e a reformulação do Bolsa Capixaba.

O Cartão ES Solidário é um benefício de transferência de renda, de caráter emergencial, criado para fazer frente ao agravamento da crise causada pela pandemia da Covid-19, que foi quando milhares de famílias capixabas tiveram a renda drasticamente diminuída. O benefício consistiu em oito parcelas mensais de R$ 200,00, disponibilizados a mais de 87.618 famílias capixabas, um investimento total de mais de R$ 140 milhões.

Já o Compra Direta de Alimentos (CDA), é um programa que foca em três objetivos: a valorização da agricultura familiar, a garantia de acesso a alimentos saudáveis pelas populações mais vulneráveis e o aquecimento da economia local. Com recursos estaduais, as prefeituras podem adquirir a produção dos pequenos agricultores familiares de seus territórios. Assim, os agricultores garantem a venda da produção e ainda reinvestem o dinheiro da colheita no próprio município, enquanto os alimentos adquiridos pelas prefeituras são doados às famílias mais vulneráveis do território.

leia também:  ICEPi disponibiliza mais de 280 vagas para profissionais da saúde no Estado

O CDA já doou mais de 91.800 cestas de alimentos em todo o Estado. Atualmente, 66 municípios executam o programa. O novo edital já está aberto e a expectativa é de que todos os 78 municípios capixabas façam parte do programa. Os editais de 2021 e 2022 totalizam um investimento de mais de R$ 11 milhões.

Além do CDA, o Espírito Santo integra o Programa Alimenta Brasil (PAB), de caráter federal, que também adquire alimentos de pequenos agricultores para serem distribuídos para famílias em situação de extrema pobreza. No Estado, o PAB já distribuiu mais de 31.580, totalizando, com o CDA, 123.380 cestas de alimentos nos últimos três anos.

Por sua vez, o Bolsa Capixaba é o maior programa de transferência de renda do Estado. Criado em 2011, de caráter continuado, o programa foi reformulado em novembro de 2021, já que com a extinção do Bolsa Família e a criação do Auxílio Brasil, muitas famílias capixabas ficaram de fora do novo benefício federal.

Desde de janeiro de 2022, após uma reformulação, o Bolsa Capixaba atendeu mais de 29.262 famílias, com recursos Estaduais no valor de mais de R$ 15 milhões. A previsão do investimento médio mensal é de R$ 6 milhões. O programa atende as famílias que, além de não receberem o Auxílio Brasil, estão com o Cadastro Único atualizado e têm uma renda familiar per capita de até R$ 155,00.

leia também:  Banestes registra lucro líquido de R$ 251 milhões no resultado anual de 2021

É importante ressaltar que o marcador de extrema pobreza utilizado pelo Governo do Estado é acima do parâmetro utilizado pelo Governo Federal (R$ 100,00) e até mesmo do utilizado pelo IBGE, que é de R$ 150,00. Dessa forma, todas as famílias no Espírito Santo que estão visíveis no Cadastro Único (com cadastro atualizado nos últimos 24 meses) estão recebendo o Auxílio Brasil ou o Bolsa Capixaba. Ou seja, com base neste parâmetro, é possível dizer que não há famílias em situação de extrema pobreza no Estado.

A secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo, ressaltou que o Governo do Estado entende à política de proteção social como fundamental. “É uma administração atenta e sensível às demandas do âmbito da assistência”, pontuou.

“Nesse cenário de crise aguda em que vivemos, mesmo diante dos desinvestimentos federais no âmbito da proteção social, os recursos estaduais não só foram mantidos como foram ampliados. Focamos em ações estruturantes e, mesmo com tantos desafios, temos obtido bons resultados, cumprindo nosso compromisso de buscar incansavelmente a melhoria da qualidade de vida da população capixaba”, acrescentou Cyntia Grillo.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Setades
Samyra Lobino
(27) 3636-6803
[email protected]

Fonte: Governo ES

Estado - ES1.com.br

Governo entrega veículos de transporte sanitário aos municípios das regiões Sul e Serrana

O governador do Estado, Renato Casagrande, entregou, nesta sexta-feira (27), dez novos veículos de transporte sanitário que vão atender os municípios das regiões Sul e Serrana, beneficiando mais de 217 mil habitantes. Os objetivos são garantir o acesso de todos os capixabas ao Sistema Único de Saúde (SUS) e contribuir para o fortalecimento dos serviços de saúde prestados. 

Entre os municípios contemplados estão: Domingos Martins, Afonso Cláudio, Venda Nova do Imigrante, Marechal Floriano, Conceição do Castelo, Brejetuba, Castelo, Vargem Alta, Laranja da Terra e Iconha.

Ao lado dos prefeitos dos municípios contemplados, o governador falou sobre o trabalho desenvolvido pelo Estado. “Desde o início do nosso mandato estamos fortalecendo o Sistema Único de Saúde (SUS). A descentralização dos serviços de saúde é uma forma de fortalecimento. Contudo, alguns serviços ainda dependem de deslocamento, por isso esses veículos são essenciais para transportar os pacientes com mais segurança e conforto”, observou.

Foram adquiridos 89 automóveis pelo Governo do Estado, com capacidade para 16 passageiros cada, totalizando o investimento de R$ 23,4 milhões A distribuição teve início na última semana e será realizada de forma gradativa, sendo dois veículos de transporte sanitário para os municípios com população superior a 75 mil habitantes e um automóvel para os com população inferior a 75 mil habitantes.

leia também:  Sesa orienta municípios capixabas para estratégias de testagem contra Covid-19

Para o subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, esse é um momento muito importante para toda população. Ele acredita que os veículos permitirão maior acessibilidade aos serviços assistenciais das regiões. “Essas vans são essenciais em todo território capixaba, possibilitando o acesso mais adequado e seguro. Em breve, todos os 78 municípios terão os veículos à disposição para atender da melhor forma os cidadãos capixabas”, ressaltou.

Entrega de câmaras de refrigeração

Ainda durante a solenidade realizada em Venda Nova do Imigrante, o governador Renato Casagrande anunciou a entrega de oito câmaras de refrigeração, com capacidade de 280 litros cada, para os municípios de Domingos Martins, Afonso Cláudio, Marechal Floriano, Brejetuba, Castelo e Laranja da Terra.

A aquisição das câmaras de refrigeração foi realizada por meio de incentivo financeiro, encaminhado pelo Ministério da Saúde, totalizando R$ 544 mil. Os objetivos são aprimorar e equipar as salas de vacinação de cada território.

Também estiveram presentes os superintendentes da regional de Saúde Metropolitana e Sul, Cybeli Pandini e Márcio Clayton, respectivamente.

leia também:  Banestes registra lucro líquido de R$ 251 milhões no resultado anual de 2021

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Thaísa Côrtes / Ana Cláudia dos Santos / Daniel Borges / Mike Figueiredo
[email protected]

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

NOVO GIF SICOOB
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma