conecte-se conosco


Esportes

Fluminense vence Santos e assume quarta posição do Brasileiro

Publicado em

© Lucas Mercon/Fluminense F.C./Direitos Reservados


O Fluminense derrotou o Santos por 3 a 1 neste domingo (25), em um jogo muito movimentado no estádio do Maracanã, e assumiu a quarta posição, com 29 pontos, do Campeonato Brasileiro da Série A. Já a equipe da Vila Belmiro ficou na sexta posição com 27 pontos.

O Tricolor carioca começou a partida ocupando o campo de ataque, pressionando a saída de bola da equipe santista. Com isso, a equipe carioca começou a criar boas oportunidades, e em uma delas, aos 28 minutos, abriu o marcador. O lateral Danilo Barcelos avançou pela esquerda e cruzou, Fred desviou de cabeça e Luccas Claro finalizou com perfeição. Este foi o quinto gol do zagueiro na temporada.

Porém, o Santos não se entregou, e conseguiu o empate aos 35 minutos. O lateral Madson recebeu na ponta direita e cruzou rasteiro para Marinho, que escorou de primeira para vencer Muriel. Na comemoração, o atacante do Peixe fez uma homenagem a Pelé, que completou 80 anos na última sexta (23).

leia também:  Marcos Braz projeta Flamengo com Diego Alves, Diego e Arão em 2019

Vitória no segundo tempo

Após o intervalo o panorama da partida mudou muito pouco. E o Fluminense chegou a seu segundo gol graças a um zagueiro. Logo aos 9 minutos Michel Araújo aproveitou bola que sobrou no alto para cabecear para o meio da área santista, onde Nino acertou de cabeça para vencer o goleiro João Paulo.

A partir daí o Santos passou a forçar o empate, mas não conseguiu, e acabou levando o terceiro já nos acréscimos, quando Marcos Paulo aproveitou rebote dado por João Paulo, após chute de Ganso, e finalizou com liberdade. Fluminense 3, Santos 1, placar final.

O próximo compromisso do Fluminense pelo Brasileiro é no próximo sábado (31), quando visita o Fortaleza no Castelão. No mesmo dia o Santos recebe o Bahia.

Triunfo palmeirense

Na outra partida da 18ª rodada do Brasileiro que começou às 16h deste domingo, o Palmeiras foi até o estádio Olímpico de Goiânia e derrotou o Atlético-GO por 3 a 0.

O Verdão abriu o placar aos 19 minutos do primeiro tempo, quando Wesley partiu sozinho e bateu na saída do goleiro adversário. Os outros dois gols do Palmeiras saíram apenas na etapa final, ambos dos pés Luiz Adriano.

leia também:  Ciclismo: Henrique Avancini vence última prova antes de Copa do Mundo

Com este resultado, o Palmeiras ficou na sétima posição com 25 pontos, enquanto o Atlético-GO é o décimo com 22. O próximo compromisso do Verdão é contra o Atlético-MG no dia 2 de novembro, enquanto o Atlético-GO pega o Coritiba no próximo sábado (31).

Veja a classificação atualizada da Série A do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Esportes

Felipe Santana agradece Chapecoense pela oportunidade de poder jogar


Após mais de dois anos sem entrar em uma partida oficial, na última terça-feira (24), Felipe Santana completou o segundo jogo com a camisa da Associação Chapecoense de Futebol. Junto com a oportunidade de voltar a jogar, chegou a reponsabilidade de substituir a altura os companheiros da posição. Dona da defesa menos vazada da competição, a equipe demonstra empenho de todos dentro das quatro linhas e a qualificação no setor defensivo. Aos 34 anos de idade, com experiência e rodagem no futebol, desde sua chegada o zagueiro buscou contribuir e repassar seus conhecimentos no dia a dia do clube.

Nesta quarta-feira (25) Felipe participou da entrevista coletiva do dia. Comentou sobre a opção de ficar fora das quatro linhas para recuperação física e demonstrou gratidão a Chape, clube que proporcionou o retorno aos gramados. “Foi uma opção que eu escolhi tomar para minha carreira, sabia que ia ser difícil, mas sou extremamente agradecido a Chapecoense pela oportunidade que me deu e fiquei imensamente feliz por fazer parte de um time que vem se reconstruindo não só como nome, mas também como equipe. Me lembro quando cheguei em junho, a equipe estava sendo desacreditada, não estava indo bem no Campeonato Catarinense, precisou de muito trabalho para que revertesse a situação e tornasse essa situação de título. Isso se transpôs para o Campeonato Brasileiro, quando o atleta tem confiança pra jogar as coisas tendem a fluir, nossa equipe readquiriu confiança, começou a prospectar coisas grandes pro campeonato, minha parcela de contribuição entra no momento em que tem uma mentalidade de campeão, mentalidade vencedora, que sempre tive e por sorte quase todos os clubes onde passei fui campeão”.

  Chapecoense vence de virada e abre dez pontos do vice-líder da Série B

leia também:  LeBron prega equilíbrio enquanto Lakers tenta se recuperar nesta terça

Foto: Guilherme Griebeler /ACF
Foto: Guilherme Griebeler /ACF

A felicidade em contribuir com o grupo foi destacada pelo zagueiro. “Fico muito feliz em voltar ajudar, voltar a jogar, claro que tive que respeitar um processo, até porque a zaga da Chapecoense vem fazendo um grande campeonato com a defesa menos vazada”.

Após a derrota para o Cruzeiro, na última rodada da Série B, o Verdão iniciou a preparação para enfrentar o Guarani. Por fim, o zagueiro relata aprendizado para o restante do Campeonato Brasileiro. “Futebol tem essas situações, ocorrem de uma hora pra outra, uma vitória ou uma derrota. O Cruzeiro durou por apenas 12 horas, pra nós é claro que a derrota nos machuca assim como vitória nos deixam feliz, mas faz parte do jogo em nenhum momento queríamos perder essa invencibilidade de 19 jogos. Aprendemos com essa partida, assim como a gente aprendeu também na partida contra o Sampaio Corrêa, onde iniciamos perdendo a partida e corremos atrás. Infelizmente contra o Cruzeiro isso não conseguiu se realizar, mas faz parte do futebol, bola pra frente”.

  Chapecoense e Oeste empatam pela 20ª rodada da Série B

leia também:  Covid-19: CR7 testa positivo e desfalca Portugal na Liga das Nações

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma