conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Fies vai divulgar o resultado nesta segunda-feira

Publicado em

Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai divulgar o resultado da edição do primeiro semestre nesta segunda-feira, 05. Para o P-Fies (modalidade do programa financiada por bancos), a lista de aprovados sairá em 12 de março. Segundo o Ministério da Educação, não há horário definido para a publicação da lista de aprovados.
O programa oferece créditos para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas.
Os aprovados terão entre esta terça, 06, e a quinta-feira, 08, para fazer a complementação da inscrição no FiesSeleção.

Pelo menos 400 mil inscritos

Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação na tarde desta sexta-feira, 02, às 12h o sistema registrava 443.362 inscrições concluidas. O prazo para participar terminou às 23h59 de sexta.

Modalidades do Fies

O novo Fies tem duas modalidades:

Fies: Candidatos cuja renda familiar per capita seja de até 3 salários mínimos. Nesse tipo de financiamento, o pagamento será feito com juros zero.
Caso o estudante se encaixe nessa faixa de renda, só poderá participar do P-Fies se não houver vaga para o curso desejado na primeira modalidade.

leia também:  Enem: bom uso do português será diferencial na redação, diz professor

P-Fies: Candidatos cuja renda familiar per capita esteja entre 3 e 5 salários mínimos. Nessa modalidade, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito (banco).

Pagamento

Os candidatos aprovados no Fies, que tenham renda familiar per capita de até 3 salários mínimos, deverão pagar durante o curso, mensalmente, uma taxa de coparticipação.
Após a conclusão da graduação, o estudante quitará a dívida de acordo com sua realidade financeira. A parcela a ser paga por mês dependerá de sua renda.

Requisitos

Para disputar as vagas, é necessário cumprir dois requisitos:

– ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero).

– possuir renda familiar mensal bruta per capita de: a) até 3 (três) salários mínimos, na modalidade de financiamento do Fies; b) de 3 (três) a 5 (cinco) salários mínimos, na modalidade de financiamento do P-Fies (quando o agente financeiro é o banco).

leia também:  Educação de Pancas recebe destaque nacional

G1

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Enem: bom uso do português será diferencial na redação, diz professor

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2