conecte-se conosco


Saúde - ES1.com.br

Fabricante muda estrutura do açúcar para reduzir uso do ingrediente em doces

Publicado em

A Nestlé recorreu à ciência para responder a uma demanda dos consumidores: a redução na quantidade de açúcar nos doces. Nesta segunda-feira, a fabricante anunciou o lançamento do Milkybar Wowsomes, o primeiro produto da companhia a usar um tipo de “açúcar reestruturado”, que permitiu a redução no uso do ingrediente na receita em 30%.
Segundo a companhia, o açúcar reestruturado é aerado, poroso, diferente do açúcar tradicional, que é em cristal. Dessa forma, o ingrediente se dissolve mais rapidamente na boca, fazendo com que o mesmo sabor seja alcançado com uma quantidade menor do ingrediente. O novo açúcar é produzido a partir da secagem com ar quente de uma mistura de açúcar, leite em pó e água. O leite estabiliza o açúcar e evita que ele se torne um caramelo.
O novo açúcar está sendo produzido numa fábrica da Nestlé em Dalston, no Reino Unido. O Milkybar Wowsomes é o primeiro produto a utilizá-lo. Inicialmente, o chocolate será oferecido apenas no Reino Unido e na Irlanda.
No ano passado, a Public Health England (PHE, a agência de saúde pública da Inglaterra) determinou que as fabricantes de doces deveriam reduzir, voluntariamente, a quantidade de açúcar nos produtos em 20% até 2020, incluindo um corte de 5% nos primeiros 12 meses.
“Este anúncio mostra que a inovação pode exercer um papel para transformar os produtos cotidianos mais saudáveis”, disse a nutricionista chefe da PHE, Alison Tedstone, em entrevista ao “Guardian”. “Nós esperamos que isso encoraje outras companhias a explorarem o uso da tecnologia para a produção de produtos mais saudáveis que alcancem a meta do governo de 20% até 2020.”
A Nestlé iniciou seu programa de redução de açúcar em 2000, com um compromisso público para reduzir o uso do ingrediente em 10% entre 2014 e 2016. Segundo Stefano Agostini, diretor executivo da Nestlé do Reino Unido, a empresa cortou 2,6 bilhões de colheres de chá de açúcar, ou 60 bilhões de calorias, das comidas e bebidas nos últimos três anos.
“Nós estamos demonstrando como podemos, e iremos, contribuir para um futuro mais saudável e que assumimos nossas responsabilidade de saúde pública”, afirmou Agostini.

leia também:  Brasil tem 65,4 mil mortes causadas pela covid-19

O Globo

Saúde - ES1.com.br

DF anuncia quarta dose contra covid-19 para maiores de 35 anos

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou, no início da noite de hoje (30), que a quarta dose da vacina contra a covid-19 estará disponível amanhã (1º) para a população maior de 35 anos. Além da idade mínima, é necessário ter tomado outra dose de reforço há pelo menos quatro meses. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, todas as regiões administrativas contam com postos de vacinação, totalizando 112 salas de vacinação, entre eles, 17 noturnos. A lista de unidades de Saúde pode ser consultada no site do órgão. 

Para conseguir vacinar, o cidadão deve apresentar documento de identidade com foto e o cartão de vacinação. O uso de máscara é obrigatório. 

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

leia também:  Saúde em foco: conheça os alimentos ricos em antioxidantes que retardam o envelhecimento
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!