conecte-se conosco


Saúde

Estado do Rio tem queda de 27% no número de mortos por covid-19

Publicado em

© Reuters/Pilar Olivares/Direitos Reservados


O estado do Rio de Janeiro teve uma  redução de 27% no número de óbitos provocados pela covid-19. As internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), que atualmente é causada predominantemente pela covid-19, caíram 18% na comparação entre as semanas epidemiológicas 28 (de 11 a 17 de julho) com a 26 (27 de junho a 03 de julho) de 2021. 

As taxas de ocupação de leitos para covid-19 no estado estão em patamares estáveis: 56% para leitos de UTI e 38% para leitos de enfermaria. Com os indicadores reduzidos, o estado segue, pela terceira semana consecutiva, com a classificação de bandeira amarela, ou seja, de baixo risco de contrair a doença.

Os dados são da 41ª. edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgado hoje (30) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, “apesar de um bom resultado neste levantamento técnico, é importante que todos mantenham os cuidados já conhecidos, como distanciamento social, uso de máscara e de álcool gel. Com o avanço da vacinação, conseguiremos minimizar os impactos causados pela covid”, analisou.

leia também:  Fiocruz entregará menos doses da vacina contra covid-19 em abril

Segundo o mapa, das nove regiões do estado, sete estão em bandeira amarela. Apenas a Metropolitana I e a Noroeste permanecem com bandeira laranja (risco moderado de transmissão). As demais — Médio Paraíba, Serrana, Baixada Litorânea, Norte, Centro-Sul, Baía da Ilha Grande e Metropolitana II — estão com bandeira amarela.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

A secretaria informou ainda que “os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar na tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região”.

Em seis meses de vacinação, o estado do Rio ultrapassou a marca de 10 milhões de doses aplicadas contra a covid-19. Mais de 50% da população adulta do estado recebeu a primeira dose contra o novo coronavírus e pouco mais de 20% receberam a segunda dose ou a dose única.

leia também:  CTNBio aprova terapia genética contra cegueira

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Saúde

Covid-19: Brasil registra 210 óbitos e 14,4 mil infecções em 24h


O Brasil registrou 14.423 casos de covid-19 e 210 mortes causadas pela doença em 24 horas, segundo o boletim da situação epidemiológica divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Ministério da Saúde.

Com os novos diagnósticos de covid-19 confirmados, o total de pessoas contaminadas desde o início da pandemia chegou a 21.366.395. 

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde atualiza os números da pandemia no Brasil. Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde atualiza os números da pandemia no Brasil.

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde atualiza os números da pandemia no Brasil. – Ministério da Saúde

Ainda há 410.551 casos em acompanhamento. O nome é dado a casos ativos de pessoas que tiveram o diagnóstico confirmado e estão sendo atendidas por equipes de saúde ou se recuperando em casa.

Há 3.090 falecimentos por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em investigação. Isso porque em muitos casos a análise sobre a causa continua mesmo após o óbito.

Com as novas mortes, a soma de pessoas que perderam a vida para a doença alcançou 594.653 pessoas. 

Segundo o boletim, 20.361.191 pessoas se recuperaram da doença.

Os dados em geral são menores aos sábados, domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação do sistema pelas secretarias estaduais de Saúde. Já às terças-feiras os resultados tendem a ser maiores pela regularização dos registros acumulados durante o fim de semana.

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (149.127), Rio de Janeiro (65.661), Minas Gerais (54.373), Paraná (38.929) e Rio Grande do Sul (34.752). Os que menos registraram mortes foram Acre (1.836), Amapá (1.977), Roraima (1.993), Tocantins (3.777) e Sergipe (6.008).  

Vacinação

Dados mais recentes do Ministério da Saúde mostram que 232,2 milhões de doses da vacina contra a covid-19 foram aplicadas em todo o Brasil, sendo 144,9 milhões como primeira dose e 87,3 milhões como segunda dose (ou dose única). 

Em 24 horas, foram aplicadas 537.043 milhões de doses. Segundo a pasta, foram distribuídas 284,6 milhões de doses da vacina contra a covid-19 para todo o país.

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Saúde

leia também:  Vila Valério: atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde voltam a ser realizados para o público em geral
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

INFORMATIVO

Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma