conecte-se conosco


Política Estadual

ENTREVISTA: “Me coloquei à disposição para ajudar o nosso município a se fortalecer”, afirma a vice-prefeita eleita de Vila Valério, Sônia Mielke

Publicado em

Sônia Mielke, vice-prefeita eleita em Vila Valério. Foto: Reprodução/Facebook

Filiada ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), Sônia Mielke Onofre, foi eleita vice-prefeita com 44,96% votos válidos (4.354 votos) e vai administrar ao lado do prefeito eleito Davi Ramos, a cidade de Vila Valério pelos próximos quatro anos.

Filha de Ulrich Justo Mielke (Eurico) e Elsa Tesch Mielke, casada com Jamir Onofre e mãe de Igor e Lara. Vive a política desde cedo em sua casa por meio do seu pai e de seu irmão Maca Mielke, com os quais, segundo ela, aprendeu muito sobre o assunto.

Integrou, no ano de 1986, o Conselho de Desenvolvimento de Vila Valério, no cargo de secretária, e atuou também como voluntária de várias atividades da Legião Brasileira de Assistência (LBA).

Em 1989 assumiu o cargo de auxiliar de assistente social como concursada. Em abril de 1991, foram iniciadas as atividades do Projeto Viva, que atendia crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. Permaneceu lá como diretora até junho de 2007.

“De lá para cá já participei de serviços nas secretarias de Educação, Esportes e Cultura, Saúde e Assistência Social. De 2017 até 2020 exerci meu cargo de assistente administrativo na Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Esportes e Lazer”, contou.

leia também:  Cirurgia reparadora em mulheres é objeto de PL

“Agora me coloquei à disposição para ajudar o nosso município a se fortalecer. Não abrirei mão de projetos inovadores na Saúde e na Educação, mas pretendo olhar com carinho para todas as áreas, especialmente a Agricultura, que é um dos principais motores do crescimento de Vila Valério. Acredito que podemos alçar voos mais altos, colocando os nossos produtores para serem reconhecidos no Estado e regiões pela qualidade de produção”, completou Sônia Mielke.

Em entrevista à Editora Hoje, a vice-prefeita eleita falou sobre planos para o mandato e deixou sua mensagem para a população valeriense. Confira:

Editora Hoje – Qual papel a senhora almeja na Administração Municipal enquanto vice-prefeita?

Sônia Mielke – O papel que eu almejo na administração municipal como vice-prefeita é de ser uma mulher do povo, trabalhar e tirar aquele estigma de que vice-prefeito ou vice-prefeita nada faz. E eu pretendo ser atuante e auxiliar o Davi no máximo que eu puder dentro da administração pública.

Editora Hoje – Quais as características e pensamentos lhe aproximam atualmente na parceria com o prefeito?

Sônia Mielke – As características de pensamentos que me aproximaram nessa parceria com Davi, é que ele é humano e humilde, ele ouve a população, ele tem essa característica de povo, assim como eu também tenho, pois eu gosto de estar atuando junto com a população e ele tem muito esse lado humano. Acredito que essa parceria veio somar muito para Vila Valério.

leia também:  Higienização de alimentos e contaminação cruzada

Editora Hoje – A senhora tem alguma bandeira política que defenderá durante este mandato?

Sônia Mielke – A bandeira política que eu vou defender é de ver Vila Valério melhor. Eu não consigo destacar uma só, porque a população necessita de um bom atendimento da gestão pública, por isso a minha principal bandeira é o povo valeriense no geral. Mas sabemos que a agricultura tem um papel fundamental em nossa cidade, pois ela move todo o município e com isso todas as áreas vão avançando junto.

Editora Hoje – O que as pessoas podem esperar do seu trabalho como vice-prefeita?

Sônia Mielke – Podem esperar desta vice mulher de garra, de coragem, guerreira, batalhadora e que busca aquilo que quer.  Quero o melhor para Vila Valério, serei uma fiel escudeira do prefeito, que vai estar junto batalhando por melhorias do nosso município, esse é o meu papel particular como funcionária pública, e agora como vice-prefeita.

Fonte: Editora Hoje

Política Estadual

Assumção quer tratamento precoce contra Covid


O Projeto de Lei (PL) 567/2020 obriga estabelecimentos de saúde do estado a disponibilizarem aos profissionais que atuam direta ou indiretamente com pacientes o tratamento precoce para a Covid-19.

A medida determina que hospitais, clínicas, postos de saúde, cooperativas e demais unidades das redes pública e privada do estado ofereçam gratuitamente o tratamento, desde que recomendado pelo médico ou solicitado pelo funcionário, seja ele dos quadros da unidade ou terceirizado. Neste caso, o paciente deverá ser informado sobre os efeitos colaterais que podem decorrer do tratamento.

Na justificativa, o autor da matéria, deputado Capitão Assumção (Patri), menciona o Parecer 04/2020, emitido pelo  Conselho Federal de Medicina (CFM), em 23 de abril, sobre a possibilidade de prescrição da cloroquina e de hidroxicloroquina para pacientes com Covid-19 a partir de sintomas leves até quadros mais graves.

Assumção ainda cita a Nota Informativa 17/2020 do Ministério da Saúde, que trata das orientações para administração precoce de medicamentos para pacientes com diagnóstico da doença causada pelo novo coronavírus de acordo com os sinais ou sintomas. Tal nota ratifica o uso da cloroquina e suas variantes a partir dos primeiros sintomas da doença.

leia também:  Embaixador de Luxemburgo é recebido no Palácio Anchieta durante visita ao Espírito Santo

O deputado autor do PL lembra que os profissionais da saúde estão em constante exposição à Covid-19 e precisam de atenção precoce no combate ao vírus. “A vontade do paciente e a autonomia do médico devem ser levados em conta, pois é uma doença em que o tempo é fator primordial”, observa Assumção.

Se virar lei o PL prevê penalidades para o não cumprimento do estabelecido. As sanções variam de advertência a multas, que podem chegar a mais de R$ 1 milhão, valor que pode ser duplicado em caso de reincidência.

Tramitação

A matéria foi lida em Plenário no dia 1º de dezembro e passará pelas comissões de Justiça, Saúde e Finanças antes da votação pelos deputados.
 

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma