conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Ensino de São Gabriel ganha reforço

Publicado em

A prefeitura de São Gabriel da Palha, através da Secretaria Municipal de Educação recebeu nesta segunda-feira, 19, kits que serão utilizados pelas séries do ensino fundamental do município. O kit é composto por cerca de 411 livros que vão servir de apoio para os professores. O material foi recebido pela Secretária Municipal de Educação, Rosa Maria Caser Venturim e pela Coordenadora do Programa no município, Adoracy Soares de Almeida.

O objetivo dos kits é garantir que as crianças sejam alfabetizadas na idade certa, incentivando a leitura e produção de variados gêneros textuais. A diretriz curricular do PAES prevê que, desde o 1º ano, os alunos leiam e produzam textos orais e escritos. A intenção é que as crianças reconheçam a natureza alfabética do sistema de escrita até o final do primeiro ano para, em seguida, consolidarem, ao longo dos anos iniciais, as habilidades necessárias para a compreensão leitora, a fluência na leitura e produção de textos orais e escritos, com autonomia cada vez maior. 

O material didático será usado durante todo o ano letivo e serão entregues para todos os alunos do primeiro ano do ensino fundamental das escolas da rede municipal e estaduais, um ponto interessante é que no final do ano os kits vão ficar com os alunos. 

leia também:  Alunos da rede municipal de Vila Valério ganham presentes pelo Dia das Crianças

Segundo a coordenadora Adoracy, o material é benéfico para os alunos. “Melhora os empenhos escolares no ensino fundamental”, disse a profissional.

Editora Hoje

Educação - ES1.com.br

Parceria com Ifes oferecerá 840 bolsas em cursos de aperfeiçoamento e de especialização

Vagas são destinadas a professores da rede pública de ensino dos municípios de Baixo Guandu, Marilândia, Colatina e Linhares (ES)

O projeto de Formação de Educadores da Rede Pública desenvolvido pela Fundação Renova, em parceria com o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), disponibilizará cerca de 840 bolsas em cursos de Aperfeiçoamento e de Especialização, e 21 bolsas para o programa de Mestrado e Doutorado para professores da rede pública de ensino. As vagas serão oferecidas a profissionais de Baixo Guandu, Marilândia, Colatina e Linhares, no Espírito Santo.

Os cursos têm como objetivo promover a formação, em nível de pós-graduação, de educadores, sendo eles professores, gestores e representantes comunitários que atuem nas escolas públicas da educação básica dos municípios contemplados. Além de capacitar em diferentes níveis de formação com ações práticas que resultem em produtos educacionais, gerando assim impactos reais para a escola e o município.

Serão disponibilizadas 700 vagas para o curso de Aperfeiçoamento em Metodologias de Educação Ambiental e 140 vagas para o curso de Especialização em Educação Ambiental. A previsão é que as inscrições sejam abertas no segundo semestre de 2022 e os cursos iniciados no primeiro semestre de 2023.

leia também:  Inscritos no Enem podem checar local de provas a partir de hoje

O projeto de Formação de Educadores da Rede Pública receberá um investimento total de cerca de R$10 milhões em recursos que serão repassados pela Fundação Renova.

Bolsas de Mestrado e Doutorado

O convênio também inclui 21 bolsas do programa de mestrado e doutorado do Ifes para pesquisas na área de educação socioambiental. Neste primeiro momento, foram concedidas sete bolsas de mestrado e sete de doutorado, que começaram em abril.

O programa prevê a oferta de outras sete bolsas de mestrado que serão disponibilizadas em 2023. Os primeiros contemplados foram selecionados entre os alunos que já haviam passado pela seleção interna do Ifes, no final de 2021, para os programas de mestrado e doutorado.

Com o programa, os bolsistas passam a integrar o projeto de Formação de Educadores em Educação Ambiental nas Escolas Capixabas do Rio Doce (também chamado de projeto Rio Doce Escolar) e vão desenvolver pesquisas com foco na produção de conhecimentos relacionados à formação de educadores, educação socioambiental e revitalização da Bacia do rio Doce.

leia também:  Tudo pronto para a volta às aulas em Ecoporanga

Fonte: Fundação Renova

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!