conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Encceja Nacional 2018 será aplicado no dia 5 de agosto

Publicado em

Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) Nacional será aplicado no dia 5 de agosto em todo o país para as pessoas que buscam os diplomas dos ensinos fundamental e médio. O edital com as regras do exame foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 14.
O exame oferece certificação para as pessoas que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada para cada nível de ensino. Até 2016, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) também tinha essa função, mas desde o ano passado os objetivos das provas foram desagregados.
As inscrições serão realizadas das 10h do dia 16 de abril até as 23h59 do dia 27 de abril, pelo site do programa (http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja).
A participação no exame é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos com no mínimo 15 anos completos na data de realização da prova, para o ensino fundamental, e jovens e adultos com no mínimo 18 anos completos na data de realização do exame, para o ensino médio.

leia também:  Sedu divulga nova chamada para o cargo de Auxiliar de Secretaria Escolar

Como funciona o Encceja

O Encceja é realizado todos os anos pelo Inep para estudantes jovens e adultos que não concluíram as etapas da educação básica na idade regular. Ele tem várias modalidades e oferece dois tipos de habilitação: a do ensino fundamental e a do ensino médio. Semelhante ao Enem, ele tem quatro provas objetivas e uma redação, mas é aplicado em um único dia, de manhã e à tarde.

Ensino fundamental

Turno matutino: 9h às 13h

Prova I: ciências naturais

Prova II: matemática

Turno vespertino: 15h30 às 20h30

Prova III: língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação

Prova IV: história e geografia

Ensino médio

Turno matutino: 9h às 13h

Prova I: ciências da natureza e suas tecnologias

Prova II: matemática e suas tecnologias

Turno vespertino: 15h30 às 20h30

Prova III: linguagens e códigos e duas tecnologias e redação

Prova IV: ciências humanas e suas tecnologias

No dia do exame, os portões de acesso serão abertos às 8h e fechados às 8h45 para as provas do período matutino, e abertos às 14h30 e fechados às 15h15 para as provas aplicadas no turno vespertino, de acordo com o horário de Brasília.
Os gabaritos das provas objetivas serão dibulgados até o 10º dia útila seguinte ao dia da realização do exame, de acordo com o edital.
Além de ser realizado no formato conhecido como Encceja Nacional, para qualquer adulto que cumpra os requisitos, o Encceja também é aplicado para pessoas privadas de liberdade e para brasileiros no exterior. Estas datas ainda não foram divulgadas.

leia também:  Secretaria da Educação promove programa de criação de novas ideias

G1

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Vereadores Francisquenses denunciam problemas no transporte escolar do município

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!