conecte-se conosco


Policial

Empresário é preso em operação de combate à comercialização dos sinais televisivos de forma ilegal

Publicado em


A Polícia Civil (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), apresentou os resultados da Operação 404, deflagrada na última quinta-feira (08). A ação fez parte de uma mobilização nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas e da Polícia Civil do Estado. A operação teve como objetivo tornar indisponíveis os serviços criminosos que violam os direitos autorais das vítimas. As informações foram passadas em entrevista coletiva na tarde dessa terça-feira (13), na Chefatura de Polícia Civil.

Durante as diligências, foi cumprido um mandado de busca e apreensão domiciliar no Estado do Espírito Santo em desfavor de um empresário de 29 anos de idade, no bairro Vale Encantado, em Vila Velha. Na residência foram encontrados vários equipamentos que permitiam o compartilhamento indevido dos sinais televisivos via internet.

De acordo com o titular da DRCC, delegado Brenno Andrade, a operação visa a coibir a comercialização dos sinais de televisões pela internet e a venda ilegal dessas gesticulações. “Concluímos que o empresário era o responsável pela comercialização ilegal desses sinais. O homem tinha dois sites, onde as pessoas poderiam fazer um cadastro prévio, usufruindo o serviço de forma gratuita durante um determinado tempo. Após esse tempo de consumo, as pessoas pagavam de R$ 20 a 40 por mês e tinham acesso a todos os tipos de canais que as operadoras regulares ofertam para os indivíduos que contratavam o serviço”, explicou o delegado.

leia também:  PM apreende arma e drogas durante o fim de semana em Ibatiba

Brenno Andrade informou ainda que foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em nove estados brasileiros. “O empresário preso em Vila Velha nos deu detalhes de que ele foi recrutado por uma pessoa do Estado de São Paulo para fazer esse serviço aqui no Espírito Santo. Nós identificamos essa suposta pessoa que reside em São Paulo, enviamos o contato e as informações dela, tanto para o Ministério da Justiça quanto para a Polícia Civil paulista, para que continuem com as investigações e possam identificar se é mesmo de fato essa pessoa responsável por distribuir de forma ilegal os sinais televisivos”, disse. 

”A operação não só foi realizada no Brasil como também nos Estados Unidos e na Inglaterra. Então, na verdade, foi uma operação internacional com a participação de outros países, com o apoio do departamento da Justiça americana, e com a polícia da Inglaterra, especificamente de Londres. É importante ressaltar a integração das forças policiais para que os resultados das prisões aconteçam de forma exitosa”, acrescentou o titular da DRCC, delegado Brenno Andrade.

leia também:  Operação Sentinela no 13º Batalhão desbarata quadrilha de roubo de carros em São Mateus

O empresário será indiciado pelo crime de violação de propriedade intelectual. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, outras fases dessa operação eventualmente poderão acontecer.

Texto: Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi)


Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna(27) 3137-9024

[email protected]

 Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Matheus Zardini

(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Policial

Comandante do 11º Batalhão é homenageado pela Polícia Militar de Minas Gerais


Na manhã desta sexta-feira (03), o tenente-coronel Rômulo Souza Dias, comandante do 11º BPM/ES, participou da solenidade de homenagens aos destaques da 18º Cia Independente da Polícia Militar de Minas Gerais.

Na ocasião, o tenente-coronel Rômulo, os militares pertencentes a 18º CIA IND/PMMG e demais autoridades foram agraciados com as devidas honrarias em decorrência dos excepcionais serviços prestados a sociedade mantenense.

Com a fala, o tenente-coronel Antônio José de Resende, comandante da 18º CIA IND., estendeu seus agradecimentos ao Oficial da PMES, pela parceria que vem sendo cultivada entre as coirmãs PMES e PMMG. Tendo auferido resultados ainda mais satisfatórios, através deste vínculo.

E para validar os efeitos positivos alcançados em conjunto, o comandante da Unidade Militar da cidade de Mantena homenageou o tenente-coronel Rômulo, e o Subtenente Edi Carlos com o certificado de “Parceiros e Destaques Operacionais” da 18º Cia Independente.

O tenente-coronel Resende pontuou a importância da semovente Kira, a cadela policial pertencente ao 11º BPM/ES, que auxiliou as forças militares mineiras em diversas ocorrências policiais, culminando no êxito de inúmeras apreensões de drogas e armas.

leia também:  Traficante tenta esvaziar pneu de viatura, mas é detido com grande quantidade de maconha em Colatina

O tenente-coronel Rômulo agradeceu a honraria recebida e atribui a eficiência alcançada a todos que comungam no mesmo propósito. E, que por meio das parcerias entre Policias Militares, Polícia Civil, Poder Judiciário, sociedade e demais órgãos, é que conseguiremos cumprir nossa missão constitucional de preservação da ordem pública.

O 11º Batalhão da Polícia Militar do Espírito Santo acredita verdadeiramente na eficiência dos profissionais de segurança pública e crê que juntos somos mais fortes.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da PMES:
Tenente-coronel ANDERSON LOUREIRO BARBOZA
Tels. (27) 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
Tel. (27) 3636-8715
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma