conecte-se conosco


Economia - ES1.com.br

Em evento com investidores da BOVESPA, Hartung afirma não apoiar políticos extremistas

Publicado em

O governador Paulo Hartung ministrou palestra, nesta segunda-feira (19), para empresários investidores da Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA). O encontro foi promovido pela XP Investimentos e realizado na sede da corretora, na capital paulista.  A XP é considerada uma das maiores instituições financeiras do país. Durante o evento, Paulo Hartung afirmou que tem atuado no fortalecimento do centro da política nacional e analisou que o impeachment e a crise na economia fizeram crescer a aprovação de políticos extremistas que, atualmente, não defendem a melhor agenda para o Brasil. O governador capixaba defende a organização das contas públicas, o uso de ferramentas gerencias e reformas modernizadoras. Ainda durante o encontro, Hartung respondeu questionamentos e apresentou o modelo de gestão capixaba.

Paulo Hartung destacou que, atualmente, um dos maiores problemas do país é o desencontro entre a sociedade e as instituições políticas. O governador afirmou que o desafio está em dialogar com a sociedade, que pede mudanças no atual cenário político, porém, tem demonstrado preferência aos políticos extremos e suas soluções fáceis.

“A agenda que defendemos é boa. Com equilíbrio fiscal e modernização da economia para que possa ser competitiva neste mundo integrado que vivenciamos. O desafio é fazer essa agenda dialogar com as famílias brasileiras”, analisou.

leia também:  Deputado Da Vitória comemora aprovação do Programa de socorro ao setor de eventos

Paulo Hartung avaliou que o país está avançando na mudança do cenário para realização das reformas necessárias para o país recuperar a competitividade. “A ambiência melhorou muito. Ao menos estamos conseguindo estabelecer o debate de questões importantes, o que é bom”, disse.

 

XP Investimentos

A XP Investimentos é um tipo de corretora que permite que seus clientes tenham acesso a investimentos oferecidos por diferentes instituições financeiras, como fundos imobiliários, de renda fixa ou variável, ações nas Bolsa de Valores, entre outros. No caso dos bancos, só é permitido vender ao cliente produtos exclusivos de cada instituição.

 

Modelo econômico capixaba

Em palestra, que durou aproximadamente uma hora, o governador Paulo Hartung apresentou o modelo capixaba. “Feliz em poder levar a experiência capixaba, mais uma vez, para um evento técnico de importância nacional. Trocar informações e compartilhar conhecimento é uma boa ferramenta para ajudar a planejar um futuro para nossa nação”, analisou o governador.

 

Secom-ES

Economia - ES1.com.br

Brasil e Argentina concluem acordo de homologação de veículos

O Brasil e a Argentina concluíram a negociação de um acordo para reconhecerem mutuamente as normas de segurança de veículos, anunciaram hoje (30) à noite os ministérios da Economia, da Infraestrutura e das Relações Exteriores. O acordo será assinado em julho por autoridades dos dois países.

Por meio da homologação veicular, os órgãos máximos de trânsito atestam a conformidade dos veículos a normas de segurança e autorizam a circulação no país. Com o acordo, o Brasil reconhecerá a aprovação de um modelo de veículo produzido na Argentina, com o país vizinho fazendo o mesmo com os veículos montados no Brasil.

O acordo, informou o comunicado, facilitará o comércio de veículos entre Brasil e Argentina, reduzindo custos e prazos. “O reconhecimento mútuo de homologações veiculares favorece o desenvolvimento do setor automotivo nos dois países e o incremento dos fluxos de comércio, além de conferir mais previsibilidade e segurança jurídica para os investimentos”, destacou a nota.

Com a homologação, o governo brasileiro reconhecerá a Licença para Configuração de Modelo emitida pelo Ministério de Desenvolvimento Produtivo da Argentina. O país vizinho reconhecerá o Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito, emitido pela Secretaria Nacional de Trânsito, do Ministério da Infraestrutura brasileiro.

leia também:  Petrobras conclui construção de poço em tempo recorde: 35 dias

Num primeiro momento, o acordo cobrirá cerca de 80% dos itens de segurança de veículos leves de passageiro e leves de carga (categorias M1 e N1, respectivamente). Está prevista a ampliação de itens e a inclusão de novas categorias de veículos, como ônibus e caminhões. Os dois governos pretendem estender o acordo às autopeças.

“O acordo vai ao encontro dos interesses dos setores produtivos dos dois países, que já destacaram em outras oportunidades os benefícios de uma aproximação ainda maior entre Brasil e Argentina, destacando-se a criação de oportunidade para ganhos de competitividade e a otimização de custos e investimento, num setor que possui uma participação significativa no comércio bilateral”, concluiu a nota conjunta.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Economia

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!