conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Educação: R$ 51 milhões serão investidos para melhorias nas escolas estaduais

Publicado em

O Governo do Estado está investindo cada vez mais na ampliação de vagas de tempo integral, por meio do programa Escola Viva, mas também está garantindo ações para proporcionar uma educação com mais qualidade para todos os jovens capixabas por meio dos programas Jovem de Futuro e Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes). Nesta quarta-feira (21), foi anunciada a liberação de R$ 51 milhões para investimento na Educação. Com esses recursos, serão priorizadas obras nas unidades escolares, ampliação de rede de internet, entre outras ações.

O anúncio foi durante a solenidade de entrega da condecoração da Ordem Nacional do Mérito Educativo, em que o governador Paulo Hartung repassou à Secretaria de Estado da Educação (Sedu) a faixa concedida pelo Ministério da Educação (MEC) pelos excepcionais serviços prestados nessa importante área, homenageando todos servidores, colaboradores e parceiros, que ajudam a melhorar a qualidade da educação capixaba.

Durante a solenidade, o governador Paulo Hartung explicou por que, ao ser condecorado, repassou ao secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, a faixa que representa a condecoração da Ordem Nacional do Mérito Educativo que foi entregue pelo presidente Michel Temer e pelo ministro da Educação, José Mendonça Filho, no início deste mês, em Brasília. O governador disse ainda que a meta é tornar o Espírito Santo referência no ensino público do país.

“Essa faixa não tem que ir para a casa do governador. Tem que ir para a casa dela, que é aqui na Secretaria de Educação. Parabenizo os servidores e prestadores que trabalham aqui, pois representam os 20 mil funcionários que atuam em todo Estado que têm nos auxiliado a avançar progressivamente. Devemos fazer essa evolução para aqueles que pagam as contas e sustentam a máquina pública e muitas vezes não têm condições igualitárias na ‘largada da vida’”, destacou.

Obras de construção, ampliação e manutenção nas escolas

Para garantir o bom funcionamento da rede estadual de ensino e proporcionar a melhoria da aprendizagem dos estudantes, o governador Paulo Hartung assinou o Decreto para liberação de R$ 51 milhões para investimento em obras de construção, ampliação e manutenção, além da ampliação da rede de internet, entre outras ações.

leia também:  História do Brasil é tema de seminário em escola de Alegre

“Vamos priorizar obras de construção, ampliação e manutenção em escolas de Norte a Sul do Estado. Esse é um investimento significativo para garantir boas condições de aprendizagem aos estudantes capixabas. A escola desenvolve um papel primordial na vida dos nossos jovens, que é transmitir o conhecimento e ensinar o valor da convivência.”, ressaltou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Com parte dos recursos, serão priorizadas grandes obras de reconstrução e ampliação realizadas pelo Instituto de Obras Públicas do Espírito Santo (Iopes). Serão investimentos para 12 escolas estaduais, são elas: Escola Viva João XXIII, de Barra de São Francisco, Major Alfredo Pedro Rabaioli, de Vitória, Teotônio Brandão Vilela, João Crisóstomo Belesa, Escola Viva Profª Maria Penedo, Escola Viva Prof. José Leão Nunes e Prof. Augusto Luciano, de Cariacica, Nelson Vieira Pimentel, Viana, Escola Viva Novo Horizonte, Serra, Marcondes de Souza, Muqui, Ormanda Gonçalves, Vila Velha e Dr. Silva Mello, Guarapari.

Além disso, 90 unidades já estão no planejamento, e outras ainda serão inseridas, para receber melhorias por meio do Programa de Manutenção Predial e Melhoria do Espaço Físico das Escolas da Rede Estadual de Ensino.

As escolas estaduais de todo o Estado vão receber obras de ampliação e também serviços de manutenção como intervenções em: banheiros e cozinha, instalações hidrossanitárias (água e esgoto), instalações elétricas, cobertura (telhado), quadras, esquadrias, muros, divisórios e calçadas, além da conservação de ambientes.

O decreto com a destinação dos recursos será publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (22).

Internet nas escolas

Para ampliar o uso das tecnologias digitais nas escolas da rede estadual, com a liberação dos recursos, será realizada a ampliação da Rede de Internet Metro.Gvix, que vai contemplar até o final do ano todas as escolas de Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha. Dessas, 61 já receberam, que são dos municípios de Vitória e Cariacica. Com os recursos, serão também atendidas 75 escolas dos municípios de Vila Velha e Serra.

leia também:  Dia do Estudante: universitários gabrielenses contam que o sonho de concluir sua graduação na universidade não acabou

Para o secretário Haroldo Rocha, “o uso da tecnologia é extremamente importante para engajar os jovens na busca pelo conhecimento. Todas as escolas possuem internet, mas precisamos promover cada vez mais uma internet de qualidade”, destacou.

Mais polos de preparação para o Enem

Para o apoio presencial do Pré-Enem [email protected], neste ano, foram ofertadas 2.060 vagas, em 38 polos, distribuídos em 37 municípios do Estado. E para ampliar a oferta para os estudantes do interior, serão investidos recursos para implantação de mais novos três polos nos municípios de Santa Maria de Jetibá, Guaçuí e Marilândia.

O processo seletivo do Pré-Enem [email protected] foi aberto para estudantes do 3º ano do Ensino Médio da rede pública estadual e regulamentado por edital específico. Os estudantes iniciam as atividades ainda neste mês de março, com aulas presenciais e atividades on-line, por meio de plataformas, que vão auxiliar os estudos e na preparação para o Enem 2018.

Condecoração da Ordem Nacional do Mérito Educativo

No último dia 07 de março, o governador Paulo Hartung foi indicado pelo Ministério da Educação (MEC) para receber a condecoração da Ordem Nacional do Mérito Educativo. Apenas três governadores foram homenageados com medalha da Ordem, que é a mais alta horaria pública da área.

 Nesta quarta-feira (21), o governador repassou a faixa que simboliza a condecoração à Sedu em homenagem a todos os profissionais e parceiros e, principalmente, aos professores que ajudam a melhorar a qualidade da educação capixaba.

 A Ordem Nacional do Mérito Educativo foi criada pelo Decreto nº 38.162 de 28 de outubro de 1955 e modificada pelo Decreto nº 4.797 de 31 de julho de 2003, para agraciar personalidades nacionais e estrangeiras que se destacaram por excepcionais serviços prestados à Educação.

Secom-ES

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  História do Brasil é tema de seminário em escola de Alegre

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2