conecte-se conosco


Regional - ES1.com.br

Dia de Cooperar envolve a comunidade no bairro Asa Branca em São Gabriel da Palha

O evento reuniu as cooperativas Coopcam, Cooabriel, Coopesg e Sicoob Norte/ES com apoio do Sistema OCB/ES para um dia super animado

Publicado em

Foto: divulgaçaõ

O Dia de Cooperar (Dia C) em São Gabriel da Palha foi realizado na manhã do último domingo, 3. Este ano o evento foi realizado no bairro Asa Branca, através de uma ação de intercooperação abraçando o “Projeto Corrente da Esperança” e foi realizado pelas cooperativas Coopcam, Cooabriel, Coopesg e Sicoob Norte/ES com apoio do Sistema OCB/ES.

O Dia C é o programa de responsabilidade social das cooperativas brasileiras que realizam projetos de transformação nas comunidades por meio do trabalho voluntário.

O evento começou com missa na igreja da comunidade São Judas Tadeu com o Padre Fernando, logo após o dia foi celebrado com muitas atividades, dentre elas: pula-pula, algodão-doce, pipoca, picolé, mágica, apresentações culturais, corte de cabelo, pintura no rosto, aferição de pressão e glicose.

“O Dia C tem uma importância crucial para sociedade tanto para São Gabriel da Palha quanto para o Estado e Brasil, desde a sua primeira implementação em Minas Gerais. A importância do Dia C é de juntos olharmos para a sociedade, e propor que possamos ajudar a sociedade naquilo que compete a gente, principalmente exercendo o sétimo princípio do cooperativismo que é a preocupação pela sociedade”, disse o presidente da Coopcam, Advaldo Antonio Zotelli.

“Dia C deixa um ensinamento para a sociedade de que atitudes simples podem mudar o mundo. A união das cooperativas pode fazer a diferença, assim como qualquer outro segmento onde se possa ajudar a sociedade. Temos que deixar o ensinamento de que se nós cooperamos, se cada um doar um pouco do seu tempo para projetos como o Corrente da Esperança, podemos fazer um mundo melhor. O Dia C também deixa esse legado de que não só cooperativas podem se unir e prestar serviços para a sociedade, mas também as empresas, que já fazem doações, mas também encima de projetos. É pegar o Dia C e transformar ele em outros exemplos e outros projetos. Atitudes simples podem mudar o mundo e pequenas atitudes que realizamos hoje são grandes para as crianças. Presenciamos na quadra do Asa Branca no domingo como é simples você fazer o bem e como é bom você fazer o bem a quem precisa”, finalizou o presidente da Coopcam.

leia também:  Escola Ilda Ferreira envolve comunidade escolar na produção de grandes trabalhos culturais

“O Dia C é um dia muito importante para cooperativismo. Uma das mais importantes lições do cooperativo, é que, grandes e importantes ações podem ser realizadas com a união de forças.  Sabemos que todos os dias, são ocasiões para cooperar para uma sociedade melhor, mas escolhemos esse dia, conhecido como Dia Internacional do Cooperativismo, para demonstrar na prática, o que a união pode fazer. Assim, atendendo ao princípio do interesse pela sociedade, celebramos nesse dia, ações que objetivam o bem-estar da coletividade. Agradeço ao jornal Hoje Notícias pela parceria e por sempre se fazer presente nas nossas ações. À toda equipe do jornal, muito obrigada”, disse a presidente da Coopesg, Drayze Rigo Teodoro Piske.

“O grande objetivo do Dia C é apresentar a essência do cooperativismo para as localidades em que nós estamos inseridos. Na prática, é uma forma de mostrar como a união de pessoas pode fazer a diferença na vida de muitos. Quando realizamos atividades envolvendo as comunidades, contribuímos para mudanças significativas por meio de gestos simples e feitos de forma voluntária”, disse o presidente do Sicoob ES, Bento Venturim.

leia também:  Auto Posto Santana completa primeiro ano de história em Vila Valério

“Entendo que o Dia C é uma demonstração que pequenos gestos e ações podem transformar uma comunidade. Demonstra também que juntos, somos mais fortes.  Acredito que para a sociedade, o dia C contribui para absorção e interpretação dos príncipios cooperativistas. Com o dia C, ganha a sociedade e ganha o cooperativismo”, disse o presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello.

“O Dia de Cooperar é muito importante, promove alegria, interação, colaboração e principalmente ajuda as pessoas a perceberem o quanto a união é necessária, porque unindo forças podemos promover mudanças positivas na sociedade. Nós do Corrente da Esperança estamos imensamente agradecidos por termos sidos escolhidos para neste ano receber este ‘abraço’ das cooperativas”, disse Ilza Gonçalves Terra, coordenadora do Projeto Corrente da Esperança.

Ações desenvolvidas – Projeto Corrente da Esperança

Ação 1

Primeira fase
• Pintura externa
• Pintura interna – Paredes
• Pintura interna – Piso
• Pintura das traves
• Rede das traves

Segunda fase
• Banheiros
• Tela de proteção (fundo da quadra)
• Arquibancada

 

Ação 2 – Aquisição de novos tatames (64 placas)

Ação 3 – Aquisição de 150 unidades de uniformes para os alunos do Projeto Corrente da Esperança

Ação 4 – Instalação de acesso à internet (Plena Telecom)

Ação 5 – Professor de Violão

Ação 6 – Reforço escolar (Coopesg)

Ação 7 – Apoio nas competições de futsal (Inscrições/Alimentação dos atletas)

Ação 8 – Palestra de Educação Financeira

Ação 9 – Implantação de sala de informática /Doação de computadores – 10 computadores completos (CPU, Monitor, mouse e teclado)

Ação 10 – Instalação de piso

Fonte: Editora Hoje

Regional - ES1.com.br

Escola Ilda Ferreira envolve comunidade escolar na produção de grandes trabalhos culturais

A escola Ilda Ferreira mobilizou a comunidade escolar durante essa semana com dois grandes trabalhos desenvolvidos por professores e alunos.

Foi a II Exposição de Humanidades (Área de Humanas) e I Mostra Cultural – Centenário da Semana de Arte Moderna no Brasil.

A II Exposição de Humanidades, abordou temas como: As Riquezas do Espírito Santo; Guerras Mundiais e as Correntes migratórias que se instalaram no nosso Estado; A Globalização e a Evolução tecnológica do campo e da cidade; A evolução da sociedade campesina e urbana; A Industrialização e as Fontes de energia; Brasil e os países da Copa Mundial. Teve também a apresentação do Grupo de Dança Italiana da Ilda Ferreira: “La Fiore de Café Brasiliano” com a Música (Tarantela Italiana) e o grupo de “Talentos da Ilda” com alguns talentos musicais dos alunos.

Foto: Divulgação

A Semana de Arte Moderna foi um marco histórico cultural-artístico que mudou os rumos da arte no país, defendendo a liberdade de expressão e alinhando o país com o futuro que impacta até hoje a cultura brasileira ao completar 100 anos.

leia também:  Escola Ilda Ferreira envolve comunidade escolar na produção de grandes trabalhos culturais

A Mostra Cultural contou com apresentações musicais, declamação de poemas e apresentações de cordel dramatizadas. E quem circulou pela Mostra, pôde apreciar a exposição de desenhos e quadros retratando as obras produzidas pelos alunos.

Segundo os professores Webley, Schayanne e Maria José, da área de Línguagens, “a Mostra Cultural é resultado de um projeto de valorização realizado em sala de aula, com o objetivo de incentivar a produção cultural e artística dos estudantes.”

Professores Maria José, Schayanne e Webley. Foto: Divulgação

Confira fotos:

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!