conecte-se conosco


Estado

Dez dicas valiosas para conservação e descarte correto de medicamentos

Publicado em


.

Em casa é comum as pessoas terem medicamentos para cuidar de pequenas emergências, ou até mesmo, outros que sobram depois de serem prescritos por um médico. Quem tem esse hábito precisa se atentar quanto ao armazenamento e o descarte correto desses medicamentos. 

O alerta é da coordenadora de Farmácia que atua pela Pró-Saúde, no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, Edna Ormi Galazi. Ela explica que tais medidas visam à conservação dos medicamentos e garantem a segurança e a eficácia dos tratamentos. 

“É indispensável conservar os medicamentos em um local onde as propriedades deles sejam mantidas, evitando áreas quentes, como cozinha, banheiro e sobre a geladeira, onde é comum que a temperatura esteja alta”, orienta. 

Segundo a coordenadora, os remédios que não proporcionam nenhum efeito para o tratamento, como os vencidos, precisam ser descartados de maneira correta, para que não atinjam o meio ambiente. “Remédios não podem ser descartados em lixo comum. Várias farmácias e Unidades Básicas de Saúde realizam coleta dos medicamentos sem custo para quem deseja descartá-los”, afirma Edna Galazi.

 

Confira 10 dicas selecionadas para o cuidado com os medicamentos: 

leia também:  Ceasa prorroga o prazo do cadastro de usuários

1 – Evite a automedicação. O recomendado é sempre buscar ajuda médica;

2 – Procure não deixar o medicamento no interior do carro por muito tempo;

3 – O ideal é deixar a prescrição médica junto do medicamento, para tomar a dosagem e no horário certo;

4 – Fique atento ao prazo de validade;

5 – Não reaproveitar frascos usados para colocar outros líquidos;

6 – Mantenha o local de armazenamento sempre limpo. Escolha locais protegido de luz direta, calor e umidade. Evite armazenar em locais quentes como cozinha, banheiro e sobre geladeira;

7 – Nunca reaproveite sobras de medicamentos, em especial, os antibióticos;

8 – Mantenha os remédios longe das crianças e não descarte em lixo comum, na rua ou nos rios;

9 – Nunca utilizar medicamentos vencidos. Além de não ter o efeito esperado, ele pode agravar os possíveis efeitos colaterais que a maioria tem;

10 – Qualquer mudança no medicamento: cor, mancha ou cheiro, o recomendado é consultar um farmacêutico.

 

Sobre a Pró-Saúde 

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros – a maioria no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

leia também:  Governo do Estado dá início à vacinação de idosos de 80 a 84 anos nesta quinta-feira (25)

 

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa 

Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes 

(27) 3347-5642 / 3347-5643 

[email protected] 

 

Assessoria de Comunicação – Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) 

(27) 3194-0122 

[email protected] 

Fonte: Governo ES

Estado

Programa Agenda Mulher celebra parceria para empoderamento digital de mulheres


O Governo do Estado, por meio da Vice-Governadoria e da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), firmou, nesta terça-feira (20), uma parceria com a Recorde para promover o empoderamento digital de mulheres no Espírito Santo. A partir de um acordo de cooperação com o programa Agenda Mulher, as capixabas poderão realizar, no ambiente de aprendizagem totalmente virtual da Recode, cursos gratuitos voltados para programação, gestão de projetos e carreira.

“Tem sido muito bonito ver como, cada vez mais, a pauta por equidade de gênero tem estado presente em nossas discussões cotidianas, com mais meninas e mulheres compartilhando e construindo ações para ampliar a participação e valorização feminina nos espaços de poder e da produção”, afirmou a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes.

A parceria com a Recode, segundo a vice-governadora, garante o aprendizado no momento de agravamento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “Em plena pandemia, esse acordo vem reforçar a importância do empoderamento digital colocando mais mulheres na realidade virtual, na inteligência artificial como forma de estimular o empreendedorismo e reduzir as desigualdades sociais”, disse.

leia também:  Primeiro financiamento via Fungetur com Fundo de Aval Bandes é liberado nessa segunda (06)

Para o presidente da Recode, Rodrigo Baggio, o momento é o alvorecer da Quarta Revolução Industrial e uma nova realidade trazida pela pandemia. “O empoderamento digital é fundamental para as pessoas hoje na nossa sociedade. A recapacitação e as habilidades digitais se tornam cada vez mais necessárias. É por isso que a Recode se une à Vice-Governadoria e à Secretaria de Direitos Humanos do Espírito Santo para criar de forma pioneira um programa de empoderamento digital para mulheres no Estado”, destacou.

Jaqueline Moraes também comemorou a parceria. “Nossa parceria visa a fomentar o empreendedorismo feminino de mulheres e organizações sociais. Durante o ano, nós fomos procuradas por mulheres que acabaram perdendo uma oportunidade de trabalho por falta de qualificação. Então, neste momento de pandemia, a nossa ideia é fazer com que as mulheres que estejam em casa consigam realizar esses cursos de forma on-line”, ressaltou.

Já a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, reforçou que é fundamental oferecer aos jovens o caminho do aprendizado. “É muito importante que nossa juventude tenha oportunidade de aprender e se qualificar na área de tecnologia. Além disso, bons cursos com certificados ajudam muito na formação do currículo. Com as trilhas formativas gratuitas, vamos avançando na garantia de direitos para nossos e nossas jovens”, pontuou.

leia também:  Mais de 200 lotes de veículos, sucatas e bens móveis estão disponíveis em leilão

Cursos gratuitos e com certificados

A iniciativa do Governo do Estado é voltada para o público capixaba a partir de 14 anos que deseja aprender mais sobre tecnologia, aumentando suas oportunidades. As pessoas interessadas em participar podem acessar o site www.recode.org.br/governoespiritosanto e obter os detalhes sobre o projeto. Todos os cursos são gratuitos e emitem certificado reconhecido pelo mercado. As aulas podem ser feitas pelo computador ou por dispositivos móveis.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria
Íris Carolina Miguez
(27) 3636-1432 / 9971-2819
[email protected]

Assessoria de Comunicação da SEDH
Juliana Borges
(27) 3636-1334
[email protected]

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma