conecte-se conosco


Estado - ES1.com.br

Detran|ES divulga lista de suplentes do CNH Social nesta terça-feira (1°)

Publicado em


O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) divulga, nesta terça-feira (1°), a lista única de suplentes da primeira fase do programa CNH Social 2021. Esta é mais uma chance para os candidatos inscritos que não foram selecionados na primeira lista. A relação dos selecionados será publicada ao meio-dia no site www.detran.es.gov.br.

Ao todo, 373 candidatos suplentes serão convocados e poderão obter a primeira habilitação, adicionar ou mudar categoria de forma totalmente gratuita. Eles devem respeitar os prazos de matrícula e das demais etapas do processo de habilitação.

“Com a convocação da lista de suplentes, conseguiremos preencher as vagas remanescentes com vistas ao aumento da efetividade do programa CNH Social. Isso é importante, porque abre oportunidade para beneficiar mais candidatos e possibilita aproveitar ao máximo as vagas disponibilizadas no programa. Assim como a inscrição, a matrícula é on-line e todo o processo respeita as medidas de segurança, sem colocar em risco candidatos, credenciados, examinadores e servidores. Os selecionados devem ficar atentos aos prazos para que possam concluir o benefício e obter a CNH”, salienta o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.

As vagas disponibilizadas na lista de suplentes são aquelas que não foram preenchidas pelos candidatos selecionados na primeira lista devido ao não cumprimento dos prazos estabelecidos para o andamento do processo de habilitação e foram desclassificados.

leia também:  Incaper lança sistema eletrônico de avaliação de sustentabilidade da cafeicultura

Matrícula

Os candidatos selecionados deverão obedecer aos prazos de abertura e conclusão das etapas do processo de Habilitação. A partir da publicação da lista de suplentes, nesta terça-feira (1°), o candidato terá 15 dias para realizar a matrícula on-line no site www.detran.es.gov.br, na aba ‘CNH Social’. O interessado deverá preencher os requisitos solicitados para ter acesso à informação de em qual Centro de Formação de Condutor (CFC) realizará a abertura do seu processo de habilitação, junto ao Sistema RENACH, bem como os documentos necessários que deverá providenciar.

O candidato que não respeitar os prazos estabelecidos será desclassificado e perderá o benefício.

Seleção 

A 1ª fase do programa CNH Social 2021 disponibilizou 3 mil vagas e atraiu 59.064 interessados em obter de forma totalmente gratuita a Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) ou para a adição de categoria A ou B.

A seleção dos candidatos é feita de forma eletrônica, de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa, que consideram, com base nos dados informados pelo cidadão no Cadastro Único, a menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Entre os candidatos que se declararam Pessoa com Deficiência (PCD), poderão ser contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

leia também:  Maio Amarelo tem início no Estado com ações digitais e campanha para trânsito mais seguro e gentil

Serão abertas, ainda neste ano, mais 2.500 vagas na 2ª fase do programa e outras 2.500, na 3ª fase, totalizando 8 mil carteiras de motorista e um investimento de R$ 11 milhões em 2021.

O programa CNH Social é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio do Detran|ES, para que as pessoas de baixa renda possam ter formação e serem sensibilizadas sobre a importância da proteção da vida no trânsito, além de capacitação a partir da obtenção de uma carteira de motorista, com vistas ao mercado de trabalho.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Detran|ES
Rhayan Esteves / Fabricia Borges / Fátima Negrelli / Zu Coelho
(27) 3137-2627 / 99943-7060
[email protected]

Fonte: Governo ES

Estado - ES1.com.br

Governador assina autorização para realização do 4º edital do Funsaf


O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, na tarde desta quarta-feira (26), a autorização para o prosseguimento dos trâmites para realização do 4º edital do Fundo Social da Agricultura Familiar. A assinatura aconteceu durante o 1º Encontro Estadual do Fundo Social da Agricultura Familiar (Funsaf), realizado no Palácio Anchieta, em Vitória.

Durante o evento, promovido pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), foram relembradas as entregas feitas pelo primeiro e segundo edital do Funsaf e apresentadas as 54 instituições beneficiadas pelo terceiro edital, ainda vigente. Também foi exibido durante a cerimônia um vídeo feito por um dos beneficiados pela medida.

“Criamos esse Fundo em nossa gestão passada, mas acabou sendo desativado no governo seguinte. Em 2019, o Funsaf foi reativado por nós. Quando se pensa em desenvolvimento, é preciso olhar também para o apoio aos pequenos produtores, para que sobrevivam e possam gerar emprego, renda e riqueza. A agricultura familiar depende da presença dos entes públicos que dão orientação e subsídio às atividades. É justamente o que fazemos por meio do Fundo, que fortalece as organizações da agricultura familiar. É fundamental ter políticas para esse setor econômico. Nas minhas andanças pelo Estado, dá gosto de ver como a agricultura familiar está potencializada”, comentou o governador Casagrande.

leia também:  Incaper lança sistema eletrônico de avaliação de sustentabilidade da cafeicultura

O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, lembrou que, de forma democrática, o Funsaf possibilita acesso aos recursos financeiros para as associações, cooperativas e organizações de apoio à agricultura familiar do Espírito Santo. “Por meio dele, as contratações de projetos ocorrem via editais públicos, dando mais transparência ao uso dos recursos públicos destinados às ações de fortalecimento dos arranjos produtivos da agricultura familiar”, ressaltou.

Foram R$ 12.920.797,49 investidos nos selecionados, por meio dos editais do Funsaf até o momento. O fundo foi criado em 2014, para apoiar financeiramente os projetos que contribuam para o desenvolvimento econômico e social dos agricultores capixabas.

“As cooperativas agrícolas são fundamentais para o desenvolvimento do agronegócio no Estado, ao contribuírem para a competitividade dos produtores rurais. O Funsaf tem atuado de forma a fortalecer este papel e dar oportunidade para que o homem do campo tenha o apoio para a compra de maquinário, melhorando, assim, as condições de trabalho e garantindo o aumento da produtividade. É o papel social do Bandes participar de iniciativas dessa natureza, que contribuem para o desenvolvimento socioeconômico e a geração de renda no meio rural”, apontou Munir Abud de Oliveira, diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espirito Santo (Bandes), instituição que operacionaliza o Funsaf.

leia também:  EJA: Sedu divulga resultado da Chamada Pública

Também estiveram presentes no evento, os prefeitos Hilário Roepke (Santa Maria de Jetibá), Vander Patrício (Itarana), Arnóbio Pinheiro (Pinheiros), André Sampaio (Montanha), Abraão Lincon (Água Doce do Norte) e Florisvaldo Kester (Laranja da Terra, em exercício); os deputados estaduais Marcos Garcia e Luciano Machado; além dos diretores-presidentes de autarquias, Antônio Machado (Incaper) e Mario Louzada (Idaf).

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Seag
Vanessa Capucho
(27) 3636-3700 / 98860-6838
[email protected] 

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma