conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Denarc descobre plantação com cerca de mil pés de maconha em Viana

Publicado em


A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio do Departamento Especializado em Narcóticos (Denarc), localizou uma plantação com cerca de mil pés de maconha na localidade de Araçatiba, zona rural de Viana. Os policiais chegaram ao local na tarde dessa segunda-feira (22), após receberem denúncias anônimas informando que dois indivíduos haviam invadido uma propriedade para promover o cultivo do entorpecente.  

Quando a equipe chegou, se deparou com dois indivíduos cuidando do cultivo ilegal. Os dois se embrenharam na mata, com o objetivo de fugir, mas um deles, de 44 anos, foi alcançado e detido.

“Questionado, ele alegou que veio da Bahia com a proposta de trabalho em uma lavoura de quiabo, mas ao chegar descobriu que o cultivo era de maconha. Ele afirmou que não tinha recursos financeiros para sair do local e acabou permanecendo, com a promessa de que, ajudando no plantio da maconha, receberia outra oportunidade de trabalho honesto posteriormente”, relatou o adjunto do Denarc, delegado Eduardo Teixeira Coelho.

A plantação de, aproximadamente, mil pés de maconha estava em fase inicial, com mudas de pequeno porte. Os policiais apuraram que o local estava sendo preparado para aumentar a área de cultivo.  A investigação segue em andamento, para identificar o suspeito que fugiu, bem como o dono da propriedade.

O detido foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, sendo posteriormente encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV). A Perícia da Polícia Civil foi acionada, coletou amostras das plantas e o cultivo foi incinerado no local, conforme permite a lei.

Texto: Camila Ferreira

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27)99231-5157
[email protected]

leia também:  Deic e Desarme realizam operação e prendem suspeito de tráfico de armas em Guarapari

Policial - ES1.com.br

DHPM prende suspeita de matar mulher e ferir outra em Vila Velha


A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), prendeu em flagrante uma mulher de 23 anos, suspeita de ser a autora dos disparos que vitimaram outras duas mulheres, na manhã dessa quinta-feira (13), no bairro Aribiri, em Vila Velha. A suspeita foi presa também nessa quinta-feira (13), na Rodoviária de Vitória, no momento que tentava fugir para a Bahia.

As diligências que culminaram na prisão contaram com a participação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha, Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Delegacia Regional (DR) de Colatina e tiveram início assim que a Polícia Civil tomou conhecimento do crime. Na manhã dessa quinta-feira (13), duas mulheres foram vítimas de disparos de arma de fogo, sendo que uma delas foi a óbito ainda no local do fato e a outra foi socorrida.

Por volta das 21h30, a autora dos disparos foi localizada e presa. Segundo os levantamentos da DHPM, o crime foi motivado por desacertos relacionados ao tráfico de drogas na região, pois as vítimas estavam comercializando entorpecentes e tinham que prestar contas à autora, que atua como uma espécie de gerente do tráfico. No entanto, ao contabilizar, elas constataram que faltava droga e não havia dinheiro suficiente para fazer o pagamento.

“Durante o dia todo, o agente colheu informações de que a autora estava sendo ameaçada pelo tráfico local e não poderia retornar ao bairro, pois ela cometeu o homicídio sem ‘consentimento’ e ainda tinha sumido com a arma do crime. Nós descobrimos que ela ia tentar fuga para a Bahia. Contamos com o apoio da PRF para montar pontos de bloqueio, bem como minha equipe se deslocou ao interior do Estado. Contudo, ela foi presa à noite, quando tentava embarcar em um ônibus para Eunápolis (BA)”, relatou a titular da DHPM, delegada Raffaella Aguiar.

Ainda na manhã do crime, outra suspeita, de 40 anos, foi presa e conduzida à DHPM. “Durante todo o dia, foram realizadas diligências no intuito de obter indícios palpáveis quanto ao envolvimento dela nos crimes. Entretanto, não foi possível neste primeiro momento. Porém, ficou constatado o envolvimento dela com o tráfico, o que gerou a autuação em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas”, informou a delegada. 

As duas mulheres foram encaminhadas ao Sistema Prisional. As investigações continuam, a fim de apurar as circunstâncias e a autoria dos crimes em sua totalidade.

Texto: Camila Ferreira

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157 

leia também:  Alvo da Operação Sicário é preso no Centro de Vitória em ação conjunta da PCES e GMV
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma