conecte-se conosco


Saúde

Covid: Mais de 559 mil pessoas não tomaram a 2ª dose da vacina em SP

Publicado em

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


A prefeitura de São Paulo estima que 559.676 pessoas ainda não tomaram a segunda dose de vacina contra a covid-19 na cidade. O dado foi divulgado hoje (4) pela Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o secretário da Saúde, Edson Aparecido, esse número inclui até mesmo as pessoas que atrasaram a dose em um dia.

A prefeitura alerta a população de que é necessário completar o esquema vacinal, ou seja, tomar as duas doses caso tenha tomado Pfizer/BioNTech, AstraZeneca/Oxford/Fiocruz ou CoronaVac/Sinovac/Butantan como primeira dose. Completar o esquema vacinal é essencial para garantir proteção completa contra as formas graves da covid-19 e, principalmente, garantir mais proteção contra a variante Delta, que foi identificada inicialmente na Índia.

“A tendência é ir diminuindo o processo de vacinação dos atrasados. O esforço é permanente. O processo de vacinação é de conscientização”, disse o secretário.

Para que as pessoas completem o seu esquema vacinal, a prefeitura vai promover um dia especial para vacinação de segunda dose no dia 16 de outubro.

A relação dos postos de vacinação na cidade de São Paulo pode ser consultada no site Vacina Sampa.

leia também:  Especialistas alertam para epidemias de Zika e Chikungunya no verão

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Saúde

Ministério lança campanha de combate ao mosquito da dengue


O Ministério da Saúde lançou hoje (30) a campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Até 31 de dezembro, serão divulgados na TV e nas redes sociais vídeos educativos para evitar a proliferação das doenças. 

A campanha deste ano é intitulada “Combata o mosquito todo dia, coloque na sua rotina” e tem objetivo de mobilizar a população para retirar água acumulada de calhas, garrafas, sacos de lixo, pneus e outros recipientes que podem se tornar criadouros do mosquito. 

Durante coletiva de lançamento da campanha, o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, conclamou a população a estar vigilante no combate ao Aedes aegypti.

“É a você cidadão brasileiro que a gente dirige a palavra e pede para que redobremos os nossos cuidados para que possamos combater o mosquito todo dia e coloquemos esse combate na nossa rotina. Neste momento, precisamos de seu apoio para combatermos o mosquito, erradicarmos e termos controle das doenças”, afirmou. 

De acordo com levantamento apresentado pela pasta, 12 estados tiveram aumento dos casos de dengue em relação ao ano passado. No Amapá, os casos passaram de 53 para 241 neste ano. Em Alagoas, foram registrados 2,2 mil casos ano passado e 6,3 mil em 2021. No Rio Grande do Sul, são 9,9 mil casos registrados neste ano. Em 2020, foram 3,9 mil. 

leia também:  Covid-19: Janssen adia entrega de 3 milhões de vacinas

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma