conecte-se conosco


Saúde

Covid-19: Rio faz repescagem de vacinação para quem tem 35 anos

Publicado em

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


A cidade do Rio de Janeiro faz hoje (22) e amanhã (23) repescagem de vacinação contra covid-19 para quem tem 35 anos ou mais. O calendário original previa, nesta semana, repescagens apenas na quarta-feira (21) e no sábado (24), mas a prefeitura resolveu adicionar mais dois dias em razão da baixa cobertura vacinal nesta faixa etária.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, quem tem mais de 35 anos deve procurar os pontos de vacinação preferencialmente à tarde. Quem tem 35 anos pode ir aos postos em qualquer horário.

A secretaria informou, ainda, que até o momento 70% dos adultos do Rio já receberam pelo menos a primeira dose.

Entre os idosos, 90% já foram imunizados com o esquema vacinal completo (que inclui duas doses para Coronavac, AstraZeneca e Pfizer e uma dose para Janssen).

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Saúde

leia também:  Covid-19: Anvisa aprova importação de 2 milhões de doses de vacina

Saúde

Rio tem ainda 76 mil pessoas acima dos 40 anos não vacinadas


A cidade do Rio de Janeiro tem ainda 76 mil pessoas acima dos 40 anos que não foram vacinadas contra a covid-19, de acordo com dados do Painel Rio Covid-19, da prefeitura. Na próxima semana, a cidade vacina pessoas com idade entre 27 e 32 anos. Até este sábado (31), 75% da população alvo, com 18 anos ou mais, recebeu pelo menos a primeira dose da vacina e 33,5% completaram o esquema vacinal com duas doses ou dose única. 

Entre os idosos, com 60 anos ou mais, 23,7 mil ainda não tomaram a vacina. Outros 96,6 mil tomaram a primeira dose, mas ainda não tomaram a segunda dose da vacina, completando o esquema de vacinação. 

Em nota à Agência Brasil, a Secretaria Municipal de Saúde diz que permanece monitorando o passivo para segunda dose, bem como as coberturas e reforça a importância das pessoas retornarem para completar seu esquema vacinal. Estudos apontam maior proteção contra a covid-19 após o número total de doses recomendadas por cada vacina.

leia também:  Covid-19: 40 milhões de pessoas estão totalmente imunizadas no país

A pasta destaca que embora o calendário já os tenha contemplado, nem todos os idosos se vacinaram no dia da sua idade, o que interfere no calendário da segunda dose, uma vez que as vacinas possuem intervalos diferentes recomendados entre a primeira e a segunda dose. 

A secretaria informa ainda que 91,4% dos idosos já estão completamente imunizados. Todas as faixas etárias de idosos alcançaram a meta de no mínimo 90% da população da faixa completamente imunizada, exceto na faixa etária de 60 a 64 anos, que já apresenta 86% e ainda possui um número significativo de idosos dessa faixa dentro do prazo para a segunda dose.  

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma