conecte-se conosco


Saúde

Covid-19: DF começa a vacinar pessoas a partir dos 30 anos na terça

Publicado em

© Marcelo Camargo/Agência Brasil


Na próxima terça-feira (3), o Distrito Federal (DF) começa a vacinar contra a covid-19 pessoas com idade a partir de 30 anos . A nova faixa etária foi anunciada pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, em sua conta no Twitter. Ibaneis informou também que o DF receberá neste sábado (31) 159 mil doses de vacinas.

O governo do Distrito Federal ainda não detalhou, porém, como será feita a imunização da nova faixa etária, nem em quantos postos ela ocorrerá.

No sábado e no domingo (1º), haverá um mutirão para aplicar a segunda dose dos imunizantes CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca naqueles que já receberam a primeira. Poderão comparecer as pessoas orientadas a tomar a segunda dose entre os dias 2 e 6 de agosto. Os pontos de vacinação foram disponibilizados no site da Secretaria de Saúde.

leia também:  Covid-19: Ministério da Saúde alerta sobre golpes ligados a vacinação

Ibaneis Rocha informou ainda que o governo distrital está avaliando a possibilidade de iniciar a imunização de adolescentes na faixa entre 12 e 17 anos.

Até esta sexta-feira (30), 1,3 milhão de pessoas tinham recebido a primeira dose de vacinas contra a covid-19, o equivalente a 44,3% da população do Distrito Federal. A segunda dose, ou a dose única, já tinha sido aplicada em 562 mil moradores da cidade, o correspondente a 18,43% da população.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

Saúde

Covid-19: Rio tem o menor número de internações desde 2020


O número de pessoas internadas por covid-19 na rede municipal de saúde do Rio de Janeiro caiu para o menor patamar desde o dia 6 de abril do ano passado. Hoje (27), o Rio tem 438 pacientes internados nos hospitais municipais. No auge da pandemia, esse total superou 1,5 mil pessoas. 

Os dados foram divulgados nas redes sociais pelo secretário municipal da Saúde, Daniel Soranz, que comemorou a queda. De acordo com o secretário, “os efeitos da vacinação na redução dos casos graves por covid-19 são incontestáveis. Hoje o Rio tem a menor quantidade de internados desde o dia 6 de abril de 2020”.

Soranz disse, ainda, que a taxa de ocupação de leitos na cidade está em 47%. “A vacinação em massa foi a responsável pela redução nos índices de internação por covid-19 e por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”, explicou..

Vacinação

Nesta terça-feira (28) será aplicada nos postos de vacinação do município do Rio de Janeiro  a dose de reforço para idosos com 82 anos ou mais. A idade para esta dose va reduzindo com o passar da semana, até que no sábado (2) serão vacinadas pessoas com 78 anos. Também serão imunizadas pessoas com alto grau de imunossupressão com 40 anos ou mais e pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose, na cidade do Rio, até o dia 28 de fevereiro último.

leia também:  Vacinação contra COVID-19: idosos passam a receber dose de reforço em São Gabriel

As unidades seguem aplicando a segunda dose, conforme a data estipulada no comprovante de vacinação. O intervalo mínimo entre a aplicação da segunda dose ou dose única e a dose de reforço é de três meses para idosos e 28 dias para pessoas com alto grau de imunossupressão.

Documentos

Quem vai receber a vacina deve apresentar identificação original com foto, número do CPF e a caderneta de vacinação. Para a segunda dose, é importante levar também o comprovante da primeira aplicação. Pessoas com alto grau de imunossupressão devem apresentar comprovante de vacinação, documento de identificação e laudo médico digital do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) com data inferior aos últimos 60 dias.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

INFORMATIVO

Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma