conecte-se conosco


Saúde

Covid-19: 105 mil idosos não tomaram dose de reforço da vacina

Publicado em

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


Ao menos 105 mil idosos a partir de 75 anos que completaram o esquema vacinal contra a covid-19 ainda não retornaram aos postos de saúde para receber a dose de reforço, que começou a ser aplicada no dia 13 de setembro.

De acordo com o painel da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na faixa etária a partir de 80 anos, um total de 8.941 não se vacinaram e 9.622 tomaram apenas a primeira dose. O esquema completo com as duas doses foi aplicada em 55.394 pessoas e 146.309 já tomaram a dose de reforço.

Entre as pessoas de 75 a 79 anos, a estimativa é que 100% do público-alvo tenha tomado ao menos a primeira dose, sendo que 13.725 tomaram apenas a primeira dose, 49.954 tomaram as duas doses regulares e 96.414 já tomaram a dose de reforço.

Na faixa de 70 a 74 anos, a estimativa é que 8.721 pessoas não se vacinaram contra a covid-19, 4.971 receberam apenas a primeira dose, 117.125 estão com as duas doses do imunizante e 99.340 já tomaram a dose de reforço.

leia também:  Ministério da Saúde libera R$ 1 bi para custeio de leitos de UTI

Pelo escalonamento por idade, podem voltar hoje (13) aos postos para receber a dose de reforço as pessoas com 70 anos ou mais. Até sábado (16), a SMS conclui o reforço nos idosos de 67 anos.

Os trabalhadores da saúde que tomaram a segunda dose em fevereiro também podem se vacinar a partir de hoje, assim como as pessoas com alto grau de imunossupressão que tomaram a segunda dose na cidade do Rio de Janeiro até 31 de março.

O painel da SMS indica que 85,8% da população total do município receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19 e 58,5% estão com o esquema completo. Dentro do público-alvo, a partir dos 12 anos, 99,2% receberam a primeira dose e 68,3% já tomaram as duas doses ou a dose única.

Hoje, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) entrega 308.880 doses da vacina da Pfizer aos 92 municípios do estado, destinadas à segunda aplicação do esquema vacinal.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Saúde

Capital paulista mantém vacinação contra covid-19 no fim de semana


A capital paulista mantém neste fim de semana o processo de imunização contra a covid-19, e o público elegível poderá se vacinar nas 82 AMA/UBS Integradas, das 7h às 19h, ou em 21 megapostos, das 8h às 17h, no sábado (23).

No domingo (24), a vacinação ocorrerá em sete parques da cidade, nas farmácias parceiras da Avenida Paulista e no megaposto da Galeria Prestes Maia, com entrada pela Praça do Patriarca.

Atualmente, a vacinação na cidade ocorre para a primeira e segunda doses e dose adicional. No último caso, a imunização é para idosos acima de 60 anos e trabalhadores da área de saúde com mais de 18 anos, que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses, exceto grávidas e puérperas.

A vacinação continua liberada para pessoas com mais de 18 anos que tenham alto grau de imunossupressão e que tenham tomado a última dose do esquema vacinal há pelo menos 28 dias. A dose adicional também está liberada para os profissionais da Guarda Civil Metropolitana, sepultadores residentes na cidade e fiscais das subprefeituras, com a vacina CoronaVac.

leia também:  Quedas acidentais lotam hospitais, segundo Ministério da Saúde

A lista de postos para vacinação contra a covid-19 pode ser consultada na página Vacina Sampa, da prefeitura paulistana).

Vacinação no domingo

Neste domingo, postos de vacinação funcionarão na Galeria Prestes Maia, que fica na Praça do Patriarca, 2, das 8h às 17h, e nas farmácias parceiras na Avenida Paulista: Av. Paulista, 2.371 e 266, das 8h às 16h.

Haverá também vacinação, das 8h às 17h, nos parques Buenos Aires (centro); Guarapiranga (zona sul); do Carmo (zona leste); Villa-Lobos (zona oeste); da Juventude (zona norte); Recreativo Ceret e Parque da Independência (região sudeste).

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma