conecte-se conosco


Saúde

Conscientização e Prevenção do Câncer de Mama é tema de palestras em Vila Valério

Publicado em

Crédito: Divulgação/PMVV

Conhecimento é o primeiro passo para combater o câncer de mama, e para alertar sobre a prevenção e diagnóstico precoce desse câncer, as Secretarias de Saúde e Assistência Social de Vila Valério, estão promovendo uma série de palestras no município.

Essas palestras servem para conscientizar as mulheres sobre a necessidade de fazer os exames necessários periodicamente, como a mamografia, para detectar a possível doença, e também estimular o público feminino a investigar constantemente suas mamas na busca de alterações suspeitas, através do toque. Em muitos casos, quando identificados precocemente, existem tratamentos eficazes contra esse câncer na fase inicial.

O primeiro evento teve início às 9h de hoje (18), no CRAS, com a palestra da enfermeira Luziani Santana, e contou com a presença de várias mulheres da cidade. Na parte da tarde, no Distrito de Jurama, a palestra ocorreu às 14h na quadra da Escola do Jurama.

Nesta quinta-feira (21), a palestra vai acontecer na quadra do EMEF Kaio Fredy Daré Grigoleto, a partir das 19h.

Na sexta-feira (22), a partir das 13 horas, terá uma tarde especialmente preparada para mulher valeriense, além de informações sobre a saúde da mulher, será servido um café da tarde saboroso e haverá sorteio de mimos para as participantes, na quadra atrás da EEEF Valério.

leia também:  SP aplica 67% das doses de reforço contra Covid-19 do Brasil

Já no dia 27 (quarta-feira), às 14 horas, haverá palestra na quadra do Barra Seca.

No Espírito Santo, em 2020, foram registradas 355 mortes por câncer de mama. E de janeiro a setembro deste ano, foram 188 óbitos em decorrência da doença. O câncer de mama, quando identificado em estágios iniciais (lesões menores que 2 centímetros de diâmetro), apresenta prognóstico mais favorável e a cura pode chegar a 95%. Por isso que quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as chances de obter êxito positivo no tratamento.

Crédito: Divulgação/PMVV

Fonte: Editora Hoje

Saúde

Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron


A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul confirmou nesta sexta-feira (3) um caso de infecção pela nova variante Ômicron. De acordo com a pasta, a mulher, residente em Santa Cruz do Sul, voltou de viagem à África do Sul na semana passada. Ela já havia tomado as duas doses da vacina e apresentou febre. A paciente está em isolamento domiciliar e é acompanhada pela vigilância em saúde do município. Pessoas próximas a ela também serão testadas.

Diante da confirmação da nova variante no estado, a secretaria reforçou a necessidade de as pessoas investirem, cada vez mais, em cuidados básicos, sobretudo o uso de máscara e o distanciamento adequado. A orientação é que quem ainda não se vacinou ou esteja com alguma dose pendente procure as unidades de saúde para atualizar a situação.

Dados da pasta mostram que, até esta sexta-feira, 842 mil pessoas no Rio Grande do Sul estavam com a segunda dose em atraso e 721 mil com a dose de reforço atrasada.

leia também:  SP aplica 67% das doses de reforço contra Covid-19 do Brasil

Outros casos

Além do caso no Rio Grande do Sul, o Ministério da Saúde já confirmou cinco casos de infecção pela variante Ômicron no país, sendo três em São Paulo e dois no Distrito Federal. Os pacientes estão isolados e a maioria está assintomática.

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Saúde

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma